SAP-SP pode realizar Novo Concurso Público em 2017


  

Certame deve ofertar 23 vagas com salários de até R$ 3.300.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou na segunda semana do ano, (terça-feira, dia 10) que realizará em 2017 outro concurso público, além daquele prometido desde os primeiros seis meses de 2016 no qual até recentemente não houve liberação de nenhum edital para as pessoas que concorreriam a cerca de 1700 vagas. O novo processo seletivo atual é para a instituição conhecida como SAP/SP, que disponibilizará aproximadamente 23 vagas que posteriormente serão divididas em três funções na área da saúde. Sabe-se que o salário inicial chega a cerca de R$ 3.300.

Dos aprovados, 3 vão desempenhar a função de agente de assistência à saúde, com o salário inicial de aproximadamente R$2.200. Outros 8 vão atender como cirurgião dentista, ganhando cerca de R$ 3.300. Por fim, outros 12 seguirão a carreira de enfermeiro, com o salário por cerca de R$ 2.900. Para ocuparem esses postos de emprego é necessário o diploma de nível superior. Os aprovados na categoria cirurgião dentista terão que trabalhar cerca de 20h semanais, os demais cerca de 30h.

O edital de abertura de inscrições segue sem data correta de emissão, isso porque o projeto depende primeiramente da autorização do governo e só depois pode-se escolher a banca que realizará a prova de seleção.

Para o cargo de agente técnico de assistência à saúde, existe outra autorização com o objetivo de complementar a autorização que o governador soltou em 2016, contando assim com quase 47 novos postos para o cargo.




No concurso anterior, que ocorreu em 2011, ofereceram cerca de 33 vagas para enfermeiros e 22 vagas para cirurgião dentista, sendo os organizadores da banca a Fundação Vunesp. A prova para concorrentes dessa área é constituída de 40 perguntas de múltipla escolha além, claro, de assuntos específicos que variam de acordo com cada curso.

O enfermeiro possui o papel fundamental de recuperar, bem como preservar a saúde dos presos e desempenhar as demais atividades clássicas do cargo.

Já o dentista tem a função de cuidar da saúde bucal dos detentos por meio de exames e prevenção de doenças e maus hábitos que ao longo do tempo podem prejudicar a boca dos pacientes, diminuindo dessa forma a sua qualidade de vida dentro do presídio.

Sirlene Montes



Compre aqui apostila para este concurso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *