Persistência nos estudos para Concursos Públicos


  

Quem está se dedicando a concursos públicos não deve desanimar. A conquista da aprovação virá com muita persistência e foco, sempre almejando o objetivo final.

Muitas pessoas sonham com salários estáveis, emprego rentável, e por isso estudam para concursos públicos. Em tempos de crise financeira, essa tem sido a alternativa para muitas pessoas na busca pela solução ao desemprego. E sendo assim a concorrência fica ainda mais acirrada. Mas se você não passou, ou mesmo que tenha passado, ainda não foi chamado, não desanime. Com estudo e persistência sua hora vai chegar.

Principalmente com a chegada do final de ano, parece que o país para, e os candidatos que muito se dedicam começam ficar angustiados por que a tão sonhada aprovação não chega. Horas de dedicação serão sim superadas e recompensadas.

É importante manter o foco, e lembrar que não devemos desperdiçar tudo que já foi investido, tempo, dinheiro, sono, lazer, tudo tem que ser colocado na ponta do lápis. Não é segredo para ninguém que tal aprovação, com tanta concorrência, não viria de repente.




Não desanime, pense que agora você está mais próximo da aprovação, a cada dia que passa, a cada noite que passou em cima dos livros, a cada concurso, suas experiências e seu conhecimento aumentam e te deixam um degrau mais alto nessa escada.

Repense os motivos que lhe motivaram a estudar tanto, a vida difícil, salários atrasados ou a falta deles, o momento não vai melhorar se abandonar a meta da aprovação. Respire fundo e não desista. Tudo bem, aproveite uns dias no fim de ano para aliviar a tensão, relaxar não só o corpo, mas também a mente. Não estamos falando de uma linda viagem ou gastos absurdos. Veja um filme, caminhe na praça, curta a família. Apenas uma ou duas semanas, e depois foco, muito foco na conquista que com certeza virá.

E não se esqueça, a maratona de concursos é vencida por quem batalha para chegar até o final, só ganha medalha, mesmo de participação, apenas aqueles que cruzam a linha de chegada, e não importa quantas corridas ele tenha tentado.

Por Vivian Schetini



Compre aqui apostila para este concurso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *