Concurso FEA-USP 2016 – Vagas para Professor na área de Economia

Inscrições podem ser feitas até o dia 28 de março de 2016 e o salário será de R$ 14 mil.

A Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo está publicando novamente o extrato de edital de Concurso Público com suas devidas atualizações e retificações.

O período de inscrições foi modificado, onde agora passa a ter seu período iniciado na segunda-feira, dia 28 de setembro de 2015 e terminando no dia 28 de março do próximo ano (2016), compreendendo assim um total de 6 (seis) meses, com exceção de datas de feriados e também em período de recesso acadêmico.

Os candidatos que pretendem concorrer a uma vaga deste edital deverão realizar os pedidos de participação, os quais precisam ser efetuados na Assistência Técnica Acadêmica da Faculdade de Economia e Administração (FEA), a qual se localiza na Avenida Professor Luciano Gualberto, número 908, na Cidade Universitária "Armando Salles de Oliveira", prédio FEA – 1, Ala A, na sala 106, das 9 horas ao meio dia e das 14 horas às 17 horas.

Este processo de seleção tem como objetivo final realizar a contratação de um total de quatro Professores Titulares, no regime de dedicação integral à docência e à pesquisa, que poderão perceber uma remuneração de R$ 14.938,99.

As oportunidades deste edital são para o Departamento de Economia e estão distribuídas da seguinte forma: Métodos Quantitativos Aplicados à Economia; História do Pensamento Econômico e Metodologia Econômica; Microeconomia; Macroeconomia e Economia Monetária; Economia Financeira; Economia Internacional; Economia do Setor Público; Economia do Trabalho e Demografia Econômica; Economia Social; Economia e Direito; História Econômica; Economia Industrial; Desenvolvimento Econômico; Economia Agrícola, Economia dos Recursos Naturais, Economia do Meio Ambiente; Sistemas Econômicos; e por fim, Economia Regional e Urbana.

O processo de seleção irá consistir em avaliação de títulos, prova pública de arguição e prova oral de erudição.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA

USP promove Novos Concursos Públicos para Professor Titular

Selecionados irão trabalhar na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Salários chegam a R$ 14 mil.

Por meio de três processos de seleção, deverão ser contratados Professores Titulares para a Universidade de São Paulo (USP). Os selecionados irão trabalhar na Faculdade de Medicina da Cidade Ribeirão Preto.

No primeiro extrato de edital, de número 7/2015, será disponibilizado um total de duas vagas destinadas ao Departamento de Clínica Médica. Já pelo segundo extrato de edital, de número 8/2015, a vaga disponível é destinado para o Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento, docente para disciplina de Psiquiatria.

E finalmente, o extrato de edital de número 9/2015, irá disponibilizar apenas uma vaga, destinada para o Departamento de Puericultura e Pediatria, no Conjunto das Disciplinas de Semiologia e Saúde da Criança e do Adolescente (RCG0383) e Pediatria (RCG0383), além de Estágio em Pediatria I (RCG0512) e também Estágio em Pediatria II (RCG0606).

Os candidatos que forem selecionados e que posteriormente forem contratados pela Universidade de São Paulo farão jus a uma remuneração de até R$ 14.938,99, para que o futuro servidor realize o cumprimento de jornadas de trabalho que serão no formato de dedicação integral à docência e à pesquisa.

Os concorrentes que obtiverem o perfil para a vaga e interesse em participar de alguns destes 3 (três) processos de seleção, deverão realizar suas inscrições, que já se encontram abertas até o dia 29 de março do ano que vem (2016), na Assistência Técnica da Acadêmica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, localizada na Avenida Bandeirantes, número 3.900, no Bloco Administrativo, andar térreo, Anexo A. O atendimento acontece entre às 8:30 h até às 11:30 h e das 13:30 h até às 17 horas.

Estes 3 (três) processos de seleção citados acima serão compostos por julgamento de títulos, além de contar também com prova pública oral de erudição e também prova pública de arguição.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA