Prefeitura de São Luís (MA) 2016 – Inscrições Abertas

Inscrições para o concurso podem ser feitas até o dia 5 de fevereiro de 2016.

A capital do estado do Maranhão, a cidade de São Luís, através de sua Prefeitura, anunciou que estará promovendo um concurso público cuja principal finalidade é contratar 20 profissionais para integrarem o quadro de servidores efetivos municipais na função de Procurador do Município.

De acordo com a legislação municipal, a remuneração para a função de Procurador do Município é de R$ 9.981,60, sendo que para candidatura nesse concurso é necessário possuir diploma de Bacharel em Direito.

Além de possuir Bacharelado em Direito, os interessados em se candidatar no concurso também deverão possuir inscrição na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Os interessados em efetivar a inscrição e confirmar a sua presença no dia em que será realizado o processo de seleção deverá acessar o endereço eletrônico da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br), sendo que o prazo para o recebimento de inscrições ficou estabelecido para ser entre os dia 04 de janeiro de 2016 e dia 05 de fevereiro de 2016.

Ficou definido no edital que será feita uma cobrança logo após a inscrição, que será referente à taxa de participação, que será cobrada no valor único de R$ 200.

As etapas de seleção dos candidatos ficou estabelecida para ser feita da seguinte forma: prova objetiva contendo questões de múltipla escolha (sobre direito civil, direito tributário, direito constitucional, direito administrativo, direito financeiro e orçamentário, entre outras disciplinas), prova dissertativa I e II, Prova Oral e Avaliação de Títulos apresentados, sendo que essa última etapa terá somente a capacidade de classificar os candidatos de acordo com titulação.

Em relação à data de realização da primeira etapa, que é a prova objetiva, a data definida será o dia 13 de março de 2016, no período matutino.

A validade do concurso será de dois anos, tempo que poderá ser prorrogado por igual período, medida que poderá ser tomada uma única vez.

Por Rodrigo da Silva Monteiro