Concursos Públicos – Quais são os tipos de provas aplicadas?

As mais conhecidas dos concurseiros são a prova objetiva e a discursiva, mas também encontramos testes como oral, prático, psicológico e físico.

Muitas pessoas que sonham com uma vaga efetiva em um órgão público reclamam da falta de opção na hora de fazer o processo seletivo de diversos concursos, pois a maioria é composto por prova objetiva de múltipla escolha.

Os que os candidatos relatam que através desse tipo de avaliação não é possível constatar quais são os melhores profissionais para as vagas, logo, que muitos podem chutar e acertar algumas questões.  

Devido a isso, uma pergunta que fica na mente de todos é: “Existem concursos públicos sem questões de múltipla escolha?”.

Saiba que existem diversas formas de fazer a seleção dos novos profissionais que vão preencher as vagas de um concurso, e isso varia de acordo com a área de atuação, grau de escolaridade, empresa que vai realizar escolher as pessoas, entre outras coisas relacionadas.

Alguns modelos de provas que as empresas usam no processo seletivo são:

Prova objetiva: É a prova de múltipla escolha, a que vem sido reclamado. Nessa prova os candidatos precisam sempre escolher a opção correta, onde será computado o número de acertos e de erros.

Prova discursiva: Os candidatos precisam elaborar uma dissertação sobre a resposta que acreditam estar correta.

Prova Oral: É necessário passar por uma bancada de professores ou especialistas, que farão perguntas para analisar o conhecimento de cada um.

Prova prática: Esse é o tipo de avaliação que vai avaliar se o profissional sabe realmente exercer a função de interesse. Professores por exemplo, deverão ter que criar um modelo de aula.

Prova Psicológica: Aqui ocandidato passa por provas de raciocínio logico, de atenção e controle emocional.  

Prova física: Nesse caso os profissionais terão que passar por avaliações que devem analisar o seu condicionamento físico. Algumas vagas que exigem essa etapa são para a função de professor de educação física, carteiro, policial e etc.   

Vale destacar que a grande maioria das pessoas que procura fazer concurso público sonham com a estabilidade, salario atrativo, possibilidade de crescimento e realização de carreira.

Como são propostas cada vez mais atrativas, existe a tendência de que o número de concorrentes aumente a cada dia, por isso, algumas pessoas acham que o processo de seleção precisa ser mais rigoroso e com mais etapas.

E você o que acha? Qual o melhor tipo de avaliação para os concursos públicos?

Yasmin Fernandes Robles

O que fazer na véspera das provas de Concursos Públicos

O recomendado é apenas revisar os pontos principais de cada disciplina e procurar relaxar na véspera das provas de Concursos Públicos.

O que você faz na véspera da prova de Concursos Públicos? Gosta de estudar até o último minuto ou prefere descansar a fim de aliviar a ansiedade e a tensão? Cada candidato é único, mas o recomendado é apenas revisar os pontos principais de cada disciplina e procurar relaxar, a fim de descansar o cérebro para o grande dia.

Que tal ficar por dentro de algumas dicas?

Encare o dia da prova como um dia comum. Procure se desligar do estudado na véspera e aproveite para ficar ao lado das pessoas que ama e torcem por você. Se quiser estudar, que seja apenas o básico a fim de relembrar pontos importantes. Desta forma, você pode aproveitar para fazer uma saída leve como um cinema, teatro, entre outros. Porém, não exagere ou consuma bebidas com álcool, ok?

O que você mais gosta de fazer? Aproveite para focar em atividades que te dão prazer. Neste sentido, você pode até aproveitar para praticar esporte. Entretanto, se não tem o hábito de fazer atividade física, deixe para começar depois da prova. Ao iniciar uma modalidade esportiva você pode ter lesões, por exemplo.

Você sente muita vontade de estudar? Então, foque apenas nos pontos principais, mas com consciência de que fez o seu melhor até agora. Assim, não se cobre muito, porque você fez a sua parte.

Que tal reunir com os seus amigos antes da prova? Esta é uma maneira para revisar os pontos de cada disciplina. Cada um pode falar um pouco do que sabe e esclarecer as possíveis dúvidas na reta final.

Você pode aproveitar a véspera para se concentrar ou meditar, ou seja, ficar sozinho consigo mesmo. Reflita sobre as suas atitudes das provas anteriores e o que deve ser mudado nesta. Mantenha pensamentos positivos, para que a sua energia possa fluir de uma forma leve, para o dia o qual se preparou durante este tempo.

Boa sorte e sucesso na sua prova!

Por Babi

Como controlar a ansiedade nas provas de concursos públicos

Manter o controle e dominar a ansiedade é essencial para fazer uma boa prova de Concurso Público.

Grande parte dos candidatos a uma vaga em um concurso público já sofreram, ou ainda sofrem com um empecilho assustador: a temida ansiedade pré-prova. Caso você não saiba como controlá-la e sofre com os sintomas clássicos, como mãos suadas, dores de barriga, e tremedeira, fique calmo que vamos ajudá-lo. Abaixo, vamos dar algumas dicas de como manter o controle e dominar a ansiedade, não deixando que ela controle sua vida, especialmente em um momento tão importante, que poderá guiar seu futuro.

– Durante a semana da prova:

Faltando apenas uma semana para o dia da prova, não adianta entrar em pânico e querer estudar tudo aquilo que não teve tempo nos meses anteriores. Na semana da prova é importante revisar o conteúdo e fixar informações que você não conseguiu antes. Também aproveite para se organizar e ver quanto tempo poderá usar em cada matéria durante o exame. E, ainda, faça exercícios físicos para espairecer, afinal, não é porque falta apenas uma semana que você deverá alterar toda sua rotina.

– Na véspera da prova:

Faltando apenas um dia para o concurso, relaxe. Tire o dia para descansar e, no máximo, organize tudo aquilo que vai levar para poder fazer a prova, como documentos necessários e também algo para comer. Não se desespere e queira estudar tudo, afinal, você teve tempo de fazer isso antes.

– Antes e durante a prova:

Acorde cedo, mesmo que a prova seja realizada apenas no turno da tarde. Vista roupas confortáveis, faça uma refeição leve, de preferência sem nada muito gorduroso, e chegue cedo ao local da prova para poder escolher onde sentar.

Assim que o fiscal anunciar o início da prova, tente se controlar, afinal, é o momento crucial e, se caso você ter uma crise de ansiedade, não conseguirá fazer a prova. Neste momento é importante manter a calma, expirando e inspirando lentamente.

Passada a adrenalina inicial, tente ficar calmo e, caso tenha o famoso “branco”, momento em que esquece tudo o que estudou, não se desespere: respire fundo e, se não funcionar, vá ao banheiro. Com certeza, isso ajudará você a se recuperar.

Leia sempre calmamente todas as questões da prova e, se for objetiva e souber a resposta, já marque. Se não souber, passe para a próxima. É importante não perder tempo. Se a prova for discursiva, comece a dissertar logo após ler todas as questões.

Finalizada a prova, é hora de marcar no cartão-resposta, que requer tempo e atenção, afinal, qualquer erro poderá anular a questão.

Por fim, a melhor dica para controlar a ansiedade é tentar manter a calma e ficar confortável. Não pense nos concorrentes, pense apenas em você mesmo. É um desafio que você está enfrentando e, portanto, só você poderá vencê-lo. Estude e se prepare com antecedência e, na hora da prova, tudo dará certo.

Por Andréa Corneli Ortis

Dicas para quem vai realizar concurso público em outra cidade

Resolveu encarar uma prova em outro estado? Saber como planejar uma viagem para fazer concurso é fundamental, e faz a diferença para a sua aprovação. Que tal ficar por dentro de algumas dicas?

Os hotéis, principalmente, nas capitais, costumam ficar lotados em épocas de concurso, por isso, busque reservar com antecedência. Escolha por estabelecimentos que sejam centrais e com fácil acesso aos meios de transporte da cidade. Se a grana estiver curta e o candidato quiser economizar, uma boa opção para hospedar é o hostel.

Por meio da internet ou de moradores da cidade, procure conhecer as linhas de ônibus, que vão até o seu local de prova. Além disso, verifique a possibilidade de ir de táxi ou outros meios de transporte como o metrô. Saia com antecedência, e não se esqueça de que é comum engarrafamento em dias de prova de concurso público. Portanto, programe-se para chegar ao horário e não correr o risco de perder o certame, que tanto estudou.

Caso seja possível, visite o local de prova no dia anterior. Assim, você conhece a região e fica mais tranquilo para chegar. Ao fazer o planejamento, anote tudo sobre a sua viagem e vá contabilizando uma estimativa para os possíveis gastos. Assim, tudo ficará organizado e melhor, sobretudo a parte financeira. Leve sempre um dinheiro extra, para alguma emergência ou imprevisto, que pode surgir.

Você vai viajar de avião? Então compre com antecedência as passagens aéreas. É possível encontrar passagens com preços mais acessíveis, portanto, programe-se. Se for viajar de ônibus, não deixe para comprar na última hora, porque elas podem se esgotar, também.

Desta forma, faça uma planilha com os custos da sua viagem, e tenha tudo anotado e de fácil acesso. Depois, é só viajar e dar o melhor de si para alcançar a aprovação no certame.

Gostou das dicas? Muito sucesso na sua prova e boa viagem!

Por Babi

Concurso do Dataprev em Porto Velho (RO) teve problemas na aplicação das provas

As coisas não foram como o esperado para os consurseiros que fizeram a prova do Dataprev no domingo, dia 4 de dezembro, em Porto Velho/RO. Os candidatos afirmaram que oito malotes em que estavam as provas não foram entregues na Escola Estadual Marechal Castelo Branco, sendo que o local era o único ponto em que seriam aplicadas as provas em todo o estado de Rondônia. Outro motivo alegado pelos participantes é que não foi exigido que os celulares fossem recolhidos, apenas desligados e guardados na bolsa.

Devido ao desentendimento, os concurseiros fizeram um grande tumulto no pátio da escola e a Polícia teve de ser chamada para acalmar os candidatos.  Eles foram orientados a registrar um BO – Boletim de Ocorrência junto à Polícia Federal e depois acionar o Ministério Público para analisar o caso.

Alguns candidatos informaram que nem ao menos viram os malotes ou as provas. “Eu estava na sala 105, e lá não chegou nenhum envelope contento provas”, lamenta o estudante Bruno Vargas que tentou fazer a prova no fim de semana sem sucesso. Outro estudante, Sérgio Costa afirmou que não foi dada nenhuma explicação acerca do ocorrido e que as pessoas que se apresentaram como fiscais não possuíam nenhuma identificação, como crachás.

Ainda há relatos que a coordenadora responsável se contradisse em diferentes momentos. Primeiro ela disse que as provas teriam sido impressas em uma gráfica na cidade e que chegariam à escola em tempo para a realização da prova. Em outro momento a coordenadora culpou o atraso do avião e nos Correios que traria as provas. Logo em seguida e mulher se trancou em uma sala com medo de represálias dos candidatos.

A organizadora do certame, o Instituto Quadrix afirmou que a coordenadora não poderia ter dado nenhuma declaração. Até o momento não foram esclarecidos os motivos para o ocorrido, mesmo o instituto sendo procurado por diferentes jornais.

Por Ana Rosa Martins Rocha

Dicas para estudar Português para concursos públicos

Começar a maratona de estudos para passar numa prova de concurso público exige muita dedicação e concentração do candidato. Quando se fala em conquistar uma vaga em órgãos públicos subentende-se que o caminho a trilhar será longo e que a pessoa precisará passar horas e horas estudando as disciplinas que serão cobradas na hora da prova.

A proximidade da data de aplicação das provas faz com que as pessoas intensifiquem os seus estudos e foquem especialmente nos conteúdos das disciplinas específicas. Pois bem, este pode estar o primeiro passo rumo ao fracasso. Objetiva-se com este texto que você comece a dar à língua portuguesa a devida importância que ela merece.  

Poucas pessoas pensam na interpretação de texto como uma grande aliada no momento da realização das provas, dificilmente alguma pessoa não tenha errado uma questão por deixar passar uma vírgula ou ler tão rápido que acabou esquecendo de apurar os detalhes do enunciado. O estudo da língua portuguesa não se restringe apenas em escrever as palavras de modo correto, ela é bem mais que isso, ela é também interpretação e saber escrever um texto.  

Uma boa dica é ler muito, leia livros interessantes, se desejar leia revistas focadas na sua profissão ou áreas de interesse, além de ficar bem informado, você melhorara bastante o seu vocabulário. 

Outra dica é dedicar um pouco do seu tempo preciso para compreender a temida gramática de concursos. Há excelentes obras nas livrarias, com certeza irão lhe ajudar a entender o que são pronomes, artigos, verbos, quando usar crase, o uso dos "porques", enfim, procure um livro que lhe agrade ou que tenha sido recomendado no edital do concurso e tente absorver todas as informações contidas nele. Um assunto muito discutido nas provas é a regência verbal, normalmente ao falar fazemos uso incorreto das preposições, por isso é importante que o candidato revise esse assunto antes das provas.  

Não fique só na leitura de tópicos de português! Exercite. Procure fazer provas anteriores do concurso de interesse e de outros similares, assim a sua chance de sucesso aumenta. 

Por Melina Menezes

Concurso ANTAQ 2014 teve o Edital de convocação divulgado para a realização das provas

Foi divulgado o edital de convocação para as provas objetivas e discursivas da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ). A convocação foi publicada no Diário Oficial da União na última terça feira, dia 16 de setembro, e já pode ser vista no site da organizadora do concurso, que é a banca Cespe/UnB. Os interessados podem acessar o site por meio do endereço www.cespe.unb.br.

As provas da Agência serão aplicadas no próximo domingo dia 28 de setembro e terão a duração de quatro horas e meia. O mesmo tempo vai contemplar as provas de nível médio e também superior. Para os cargos de nível médio o exame vai começar às 15h e para o cargo de nível superior, às 08h.

Os candidatos devem ficar atentos porque o cartão de confirmação com os horários e locais da prova serão disponibilizados a partir da segunda-feira, no dia 22 de setembro. O número de inscritos para o certame ainda não tem data certa de divulgação. O local de prova vai poder ser conferido no próprio site da organizadora.

Os participantes devem chegar ao local de prova com antecedência de, pelo menos, uma hora. Além disso, para a realização do certame é necessário levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, comprovante de inscrição e também documento de identidade original.

Os candidatos não devem usar aparelho eletrônico, relógios de qualquer espécie, óculos escuros, entre outros itens que podem ser vistos no edital. É fundamental que o participante planeje como vai chegar ao lugar da prova com tranquilidade e calma. Ou seja, saia de casa com tempo e lembre-se de que em dias de provas o trânsito costuma ficar mais intenso, ônibus podem estar cheios ou demorar, entre outros fatores.

Antes de sair de casa, confira se todos os documentos estão na bolsa e não se esqueça de levar alimentos leves e beber muita água para manter a hidratação. 

Por Babi