Concurso Procon-GO 2017 – Banca Organizadora é Definida

Concurso oferecerá 15 vagas para o cargo de Fiscal das Relações de Consumo.

Um dos órgãos mais atuantes no Brasil e que trabalha diretamente com a defesa dos direitos do consumidor, o Procon, anunciou que fechou contrato com a banca organizadora de seu próximo processo seletivo que deverá se dar por meio de concurso público.

A realização do concurso será para o estado de Goiás e os residentes daquela cidade ou localidades próximas deverão estar atentos para o anúncio das datas previstas para a realização das provas.

Segundo a Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor (PROCON), a responsável pela realização do concurso será o Instituto Quadrix, conforme o anúncio feito no último dia 30 de junho.

Com esta notícia, segue-se então os trabalhos para que o edital possa ser fechado o mais rápido possível e divulgado para que os interessados possam se preparar e se programarem para efetivar a sua inscrição.

De antemão, os interessados devem ir se preparando e não esperar somente pela divulgação do mesmo.

No anúncio que contou com a presença do governador do estado, Marconi Perillo, a superintendente do órgão, Darlene Costa, anunciou que o concurso a ser organizado deverá disponibilizar 15 vagas para o cargo de fiscal das relações de consumo. A remuneração inicial deverá ser de R$ 3.200,00 e poderão concorrer ao cargo somente candidatos que possuam nível superior em qualquer área.

Durante a ocasião, o próprio governador anunciou que melhorias já estão sendo implementadas no órgão para que já sejam disponibilizadas para os novo servidores que deverão integrar o quadro de servidores como horas extras e auxílio alimentação.

Segundo a própria dirigente do órgão, o concurso a ser realizado é de extrema importância para a sociedade em geral, visto que o Procon, nos últimos tempos, tem sido bastante procurado pelos consumidores em geral. A demanda é cada vez mais crescente e os atuais servidores são em número insuficiente para atender a todas as denúncias que chegam ao mesmo.

De acordo com os dados publicados pelo Disque Denúncia, a procura pelo Procon cresceu em torno de 56% em 2016, em relação ao ano anterior. No total, foram mais de 68.000 casos registrados, com um índice de satisfação em torno de 99% de todas as pessoas que foram atendidas pelo órgão.

Emmanoel Gomes

Concurso Procon-GO 2017 – Edital em Breve

Certame deverá ofertar vagas para o cargo de Fiscal.

O Procon de Goiás deve autorizar em breve um concurso público para vagas de fiscal de relação de consumo. A princípio, cerca de 30 vagas serão ofertadas, para salário de R$ 1.500, correspondente a 40 horas por semana.

Essas informações constam no Diário Oficial, basta acessar: http://www.agecom.go.gov.br/PDF/2016/09/28/007.pdf. O edital ainda não foi publicado e a previsão é de que esteja disponível ainda neste primeiro semestre de 2017.

O concurso foi anunciado pelo governador do Estado, Marconi Perillo (do PSDB). A partir de agora, a medida ainda precisa ser aprovada pelo poder legislativo de Goiás e, em seguida, se iniciarão os preparativos pertinentes à seleção e escolha da empresa que gerenciará o concurso.

Se preparar antes do edital?

A especialista em concursos Lia Salgado cita em sua coluna no G1 que antes da publicação do edital dos concursos, as pessoas já podem se dedicar a disciplinas como português e raciocínio lógico (temas bastante abordados em boa parte dos concursos).

No caso, as disciplinas mais específicas relativas ao cargo podem ser estudadas quando o edital for publicado. Contudo, no caso do concurso em Goiás, o candidato já pode se informar a respeito de questões mais genéricas e pode, inclusive, estudar um pouco sobre o Código de Defesa do Consumidor. O conteúdo está disponível em: http://www.idec.org.br/consultas/codigo-de-defesa-do-consumidor.

Em todo o caso, quem almeja uma vaga de fiscal no Procon goiano também pode acessar o portal do órgão e ficar por dentro de parte das ações realizadas, possivelmente, essas questões tendem a ser tratadas nos temas específicos da prova. Para outras informações, a dica é acessar o portal: http://www.procon.go.gov.br/.

Simulados e videoaulas

Hoje existe muito conteúdo na web focado em preparação para concursos públicos, como simulados online e videoaulas. Mas será que esses recursos ajudam no processo de estudo?

Especialista na área citam que esses mecanismos podem auxiliar na preparação. O acesso a questões de simulados, referentes – inclusive – a provas de processos anteriores, ajudam o candidato a se familiarizar com os tipos de questões. Uma dica é buscar por simulados feitos pela empresa escolhida para desenvolver a prova. Dessa forma, é possível ter certa noção do tipo de avaliação adotada pela empresa nos concursos anteriores.

Quanto às videoaulas, há estudos que comprovam a eficácia desse recurso para o ensino. Nesse formato, é como se a pessoa estivesse em sala de aula – mas numa classe particular – sendo possível pausar, voltar ou avançar o conteúdo, assim que necessário. Alguns canais no YouTube ainda trazem a oportunidade do aluno tirar alguma dúvida através dos comentários ou outras formas de contato, como por e-mail, por exemplo.

Por Letícia Veloso

Procon-DF – Concurso Previsto para 2017

Certame irá ofertar 39 vagas de emprego para as carreiras de Analista, Fiscal e Técnico.

A previsão é que o processo público de seleção para o Procon, o Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal, conte com 39 oportunidades que estão distribuídas nas carreiras de analista, fiscal e técnico.

O Instituto de Defesa do Consumidor, o Procon do Distrito Federal provavelmente realizará um novo processo de seleção no ano de 2017. Isso se deve pelo fato das diretrizes orçamentárias para o ano de 2017 visar ao preenchimento de 39 oportunidades efetivas e até agora a instituição não conta com nenhuma seleção vigente.

De todas as vagas, 6 delas são destinadas para a função de técnico de defesa do consumidor, 18 são para o cargo de fiscal de defesa do consumidor e as outras 15 voltadas para analista de defesa do consumidor.

A vaga para técnico exige formação em nível médio ou em curso técnico, conforme a área a ser preenchida pelo candidato. Enquanto as outras carreiras são destinadas para profissionais que possuem nível superior em várias áreas de formação.

As remunerações iniciais pagas pelo órgão são de R$ 3.919,13 para os cargos de técnico e de R$ 5.293,30 para fiscais e analistas.

As atribuições dos fiscais do Procon:

Aos fiscais de defesa do consumidor do Procon/DF é requerido coordenar, planejar, avaliar, executar e supervisionar atividades de fiscalização relacionadas às normas referentes a defesa do consumidor, executar atividades variadas de interesse do setor e participar de programas que visam o desenvolvimento e que envolvam conteúdos relacionados à área de atuação.

Último concurso público realizado pelo Procon do Distrito Federal:

No Distrito Federal, o Instituto de Defesa do Consumidor realizou no ano de 2011 um concurso público ofertando 200 vagas, além de formação de cadastro reserva de servidores para analista, fiscal e técnico. Naquele momento, a empresa organizadora foi o Iades, o Instituto Americano de Desenvolvimento.

A seletiva teve em sua composição uma avaliação objetiva para todos os inscritos. Além de análise de títulos para fiscal e analista e avaliações discursivas. O teste objetivo teve 60 questões, onde 30 delas eram de voltados aos conhecimentos básicos e as outras 30 voltadas aos conhecimentos específicos.

Por Filipe Silva