Concurso SEEC-RN 2015 abre 1.400 vagas de emprego

Certame abre vagas para os cargos de Professor e Especialista em Educação.

A Secretaria de Educação e Cultura do Rio Grande do Norte (SEEC/RN) e a Secretaria da Administração e Recursos Humanos (SEARH) lançaram o edital n° 001/2015 de concurso público, voltado para a educação do estado, com o objetivo de prover de 1.400 vagas para os cargos efetivos de Professor e Especialista em Educação, além do cadastrado de reserva, reforçando o quadro de funcionários da SEEC.

O Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional – IDECAN – é o órgão responsável pelo certame. A mesma será incumbida de aplicar as provas práticas e também a avaliação de títulos.

Para o candidato que concorre a uma vaga ao cargo de Especialista em Educação voltado para área de Suporte Pedagógico necessita ter formação em Ensino Superior no curso de Pedagogia. A maior parte das vagas é voltada para Professores com Licenciatura Plena, que estejam qualificados para lecionar nas seguintes áreas: Educação Física, Arte, Ciências Biológicas, Arte – Música Geografia, Física, Filosofia, Língua Espanhola, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, História, Matemática, Pedagogia, Pedagogia – Ed. Especial, Química, Ensino Religioso, Sociologia e Libras – Educação Especial / Intérprete / Tradutor / Professor.

Os candidatos aprovados farão jus ao vencimento básico de R$ 2.013,39, desempenhando atividades numa carga horária de 30 horas semanais.

As inscrições podem ser realizadas através da internet no site do próprio IDECAN – www.idecan.org.br, a partir das 14h do dia 9 de novembro até 7 de dezembro de 2015. A taxa é única no valor de R$ 65,00.

Para os que optarem se inscrever presencialmente, deverão realiza-la no mesmo prazo, sendo realizadas das 8h às 17h (com exceção do primeiro dia que iniciará as inscrições às 14h, lembrado que não atendem aos sábados, domingos e feriados).

As informações referentes ao local, data e horário de prova deverão ser consultadas no site da banca do concurso. As provas objetivas serão realizadas em diversas cidades e estão prevista para o dia 10 de janeiro de 2016.

Para mais informações acesse o www.idecan.org.br/getConc.aspx?key=nE5hrgz38qI=.

Por Filipe da Silva

Concurso CFP 2015 abre 500 vagas

Certame oferece vagas para Nível Médio, Técnico e Superior de ensino em Brasília (DF).

Foi publicado o edital para o Conselho Federal de Psicologia visando ao preenchimento de 500 vagas. O certame contempla oportunidades para nível médio, técnico e superior, para Brasília. As vagas são para a formação de cadastro reserva.

Em relação a nível médio, há vagas para a função de Técnico Administrativo nas áreas de Administração, Contábil, Web Designer, entre outras. A remuneração inicial é de R$ 4.075,85. Para alguns cargos é exigido nível técnico na área, além do médio.

Para nível superior, o concurso conta com 200 vagas para o cargo de Analista Técnico nas funções de Ciências Sociais e Humanas, Psicologia, além de desenvolvimento e suporte na área de Tecnologia da Informação. A remuneração inicial tem o valor de R$ 7.225,26.

O concurso será organizado pelo Instituto Quadrix e as inscrições ficam abertas até o dia 13 de dezembro. Que tal aproveitar essa chance? O valor da taxa de inscrição é de R$ 50,00 para nível médio e R$ 70,00 para nível superior.

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas que estão marcadas para a data provável de 24 de janeiro – nível superior – e 31 de janeiro – nível médio/técnico. As avaliações serão aplicadas em Brasília. Além da prova objetiva, também terá avaliação de título e discursiva para superior. O edital pode ser conferido e as inscrições podem ser feitas por meio do link: www.quadrix.org.br/concursosemandamento.aspx.

Você não mora em Brasília e pretende fazer este concurso?

Reserve o hotel com antecedência. Épocas de concurso, por exemplo, costumam encher a cidade. Não deixe para a última hora.

Você vai viajar de avião? Programe-se para comprar as passagens com antecedência. Além de encontrar preços melhores, você pode ter a sorte e achar alguma promoção. Não compre na semana da prova ou na véspera. Pesquise e lembre-se de que fins de semana as passagens, geralmente, são mais baratas.

Conheça o local da sua prova. Saiba ônibus, metrôs e tenha telefone de táxi, para qualquer imprevisto. Chegue com antecedência para fazer a prova.

Sucesso e boa sorte!

Por Babi

Concurso DPU 2015 terá as inscrições reabertas

Período de inscrições será de 9 a 22 de novembro. Certame oferece 143 vagas de emprego em diversos cargos.

Foi determinada pela Defensoria Pública da União a reabertura do concurso público do referido órgão para a carreira Técnico-Administrativa. O certame aqui destacado tem como principal objetivo o preenchimento de 143 vagas para lotação imediata além de outras vagas para formação de cadastro de reserva.  Os cargos disponíveis são: Sociólogo, Arquivista, Contador, Agente Administrativo, Psicólogo, Analista Técnico-Administrativo, Economista, Técnico em Assuntos Educacionais dentre outros cargos.

Caso esteja interessado nesta oportunidade, saiba que o período de inscrições terá o seu início em 9 de novembro e término em 22 de novembro. O procedimento de inscrição deve ser feito por meio eletrônico. Dessa forma, os candidatos devem acessar o site oficial da Cespe/UnB (www.cespe.unb.br/concursos/dpu_15_administrativo), instituição responsável pela organização e execução do certame. Cargos de nível médio exigem taxa de inscrição de R$ 70,00 enquanto que o valor de R$ 100,00 é para cargos de nível superior.

É importante destacar que as provas objetivas bem como a perícia média serão realizadas nas 26 capitais do país além de Brasília, Distrito Federal. A perícia médica é uma etapa exclusiva para os candidatos que se declararem portadores de deficiência no ato da inscrição.

A data provável de aplicação das provas objetivas é 24 de janeiro de 2016. A duração da prova varia de acordo com o cargo desejado.

Os futuros aprovados terão direito a remuneração inicial que varia entre R$ 3.817,98 e R$ 6.348,27 que é referente a uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Para aqueles que não sabem, o concurso aqui destacado havia sido suspenso em maio deste ano. A assessoria da Defensoria Pública da União destacou que o motivo dessa suspensão foi justamente o fato de o Ministério do Planejamento ter retirado as vagas que estavam redistribuídas. Entretanto, a DPU iniciou um processo na justiça contra tal medida e tal pedido foi deferido. Com isso, o certame seguiu com a mesma quantidade de vagas prevista anteriormente.

Por Bruno Henrique