Concurso para Procurador do MPT 2017 – Edital em Breve

Edital do concurso deverá ser divulgado no final do mês de maio de 2017. Salários chegam a R$ 29 mil.

Para aqueles que desejam ter uma sólida carreira pública, salários bastante recheados, aposentadoria precoce e outras regalias proporcionadas pelo governo brasileiro, esse artigo vai te encher os olhos. O Conselho Superior do Ministério Público do Trabalho (MPT) aprovou uma nova resolução que faz a regulamentação do concurso para o cargo de Procurador do Trabalho. O edital tem previsão de ser publicado ainda esse mês e as provas da primeira etapa do aguardado certame estão previstas para serem realizadas no segundo semestre de 2017.

A nova resolução vai reservar 20% das vagas para pessoas da raça negra e 20% para portadores de deficiência física, como um incentivo a exclusão social e discriminação no ambiente de trabalho.

As vagas serão destinadas ao cadastro de reserva e os aprovados serão convocados dentro da validade do certame. O número de vagas ainda não foi definido, mas estima-se que deverão ser 7.600 inscritos e o valor da taxa de inscrição será no valor de R$ 240,00.

Os requisitos para concorrer alguma das vagas de procurador são as seguintes: formação no curso direito e experiência jurídica de três anos, no mínimo, após a conclusão do curso.

O salário inicial é o grande atrativo e pode chegar a R$ 28.950,00 mensais mais benefícios trabalhistas. O servidor federal será responsável pela promoção das ações de acordo com a Constituição Federal e pelas leis do trabalho, fazer propostas a todas as ações de defesa de direito dos trabalhadores e causas relacionadas a todas atividades trabalhistas.

Os candidatos serão submetidos a provas objetivas e práticas, além de um teste subjetivo. As disciplinas cobradas serão relacionadas a várias áreas do direito como constitucional, civil, processual, jurídico, entre outros. A urgência do concurso torna-se necessária, pois existe um déficit de procuradores do trabalho no Brasil, de uma forma geral. Recomenda-se que os candidatos comecem a estudar o quanto antes, pois o certame será bastante disputado devido aos altos salários e pela tão sonhada estabilidade em um órgão público extremamente conceituado. Fique atento ao edital que poderá ser publicado em breve e boa sorte para todos os concurseiros.

Rodrigo Souza de Jesus

Concurso MPT 2017 – Nova Comissão é Formada

Vagas são para Procurador e edital deverá ser publicado em breve.

No dia 1º de fevereiro de 2017, foi recebida a autorização por parte do Conselho Superior, para ser realizado o 20º concurso público para quem se interessa pela carreira de procurador no Ministério Público do Trabalho (MPT). Dessa forma, a preparação segue de vento em popa.

Ficando com a responsabilidade para organizar todos os trâmites pertinentes, seguem os nomes envolvidos nos processo para o concurso, contando com dois advogados indicados pela OAB:

  • Maurício Godinho Delgado – tendo a função de ministro do Tribunal Superior do Trabalho (jurista);
  • Ronaldo Curado Fleury – com a função de procurador-geral do Trabalho;
  • Pedro Lino de Carvalho Junior – tendo a função de procurador do Trabalho;
  • Eneas Bazzo Torres – sendo o subprocurador-geral do Trabalho.

Os suplentes organizadores da comissão:

  • Lorena Vasconcelos Porto – sendo a procuradora do Trabalho;
  • Rodrigo de Lacerda Carelli – sendo o procurador do Trabalho (jurista);
  • Marcelo Freire Sampaio Costa – sendo o procurador do Trabalho;
  • Junia Bonfante Raymundo – sendo a procuradora regional do Trabalho.

Além disso, o Orçamento Federal já estipula que a realização do concurso ocorra ainda esse ano. Não existe o número oficial de vagas disponibilizadas no documento, porém, o valor da taxa de inscrição será de R$ 240 e estipula-se que o número de inscritos alcance mais de 7.500 pessoas.

Para a vaga de procurador, o requisito é bacharelado completo na área de direito, com o mínimo de 3 anos de experiência em área jurídica logo após a conclusão do término da faculdade. O salário base é de R$28.947,55.

As funções do procurador correspondem a promoção de ações correspondentes a Constituição Federal, além das leis trabalhistas. É representar a defesa dos que necessitam de representação, sendo em causas de menor tamanho, a indivíduos incapazes.

O último concurso promovido pelo MPT ocorreu em 2015, onde foram oferecidas 9 vagas, sendo distribuídas pelas cidades de Água Boa/MT, Pelotas/RS, Recife/PE, São Paulo/SP, Goiânia/GO, Brasília/DF, Corumbá/MS, Itaguaí/RJ, Vitória/ES e Pelotas/RS.

O processo seletivo se dividiu na época em teste subjetivo, prova objetiva e avaliação prática. O próprio MPT ficou responsável pela organização e realização do concurso.

O concurso do MPT é um dos mais aguardados do Brasil e onde existem um dos maiores números de concorrentes por vaga.

Yamí de Araújo Couto

Concurso Público MPT 2017 – Vagas para Procurador

Cargo irá oferecer salários de até R$ 28 mil.

Na última segunda-feira foi publicada no Diário Oficial da União a aprovação do Edital do concurso para ingresso na carreira do Ministério Público do Trabalho. O salário inicial é de R$ 28.947,55 e o concurso terá, segundo informações extraoficiais, formação de cadastro de reserva, ou seja, os candidatos aprovados no concurso serão chamados caso haja abertura de novas vagas, dentro do prazo de validade do concurso.

A informações do número de vagas que serão abertas no primeiro momento e os estados que serão contemplados não foram divulgada no Diário Oficial da União, porém, já se sabe que a taxa de inscrição será de R$ 240 e que a previsão é de que mais de sete mil candidatos se inscrevam no concurso.

Para ocupar o cargo de Procurador do MPT, o candidato deverá ter diploma de bacharelado em Direito e deverá cumprir experiência profissional da área jurídica, por pelo menos três anos, após a conclusão do Ensino Superior. Ainda não há data, mas o concurso será realizado em 2017, já que está previsto na Lei Orçamentária Anual.

Os conteúdos presente nas provas serão:

  • Direito Internacional e Comunitário
  • Direito Penal
  • Direito Previdenciário da Seguridade Social
  • Direito Administrativo
  • Direito Processual Civil
  • Direito Civil e de Empresa
  • Direito Processual do Trabalho
  • Direito Individual do Trabalho
  • Direito Coletivo do Trabalho
  • Direito Constitucional
  • Direitos Humanos
  • Regime Jurídico do Ministério Público

No ano de 2015, o Ministério Público do Trabalho promoveu um concurso semelhante. Nele, foram abertas apenas nove vagas nos seguintes municípios: Água Boa (Mato Grosso), Brasília (Distrito Federal), Corumbá (Mato Grosso do Sul), Itaguaí (Rio de Janeiro), Goiânia (Goiás), Pelotas (Rio Grande do Sul), Recife (Pernambuco), São Paulo e Vitória (Espírito Santo).

A avaliação consistiu em: prova objetiva, teste objetivo e avaliação prática.

A banca de avaliação do concurso foi composta pelo próprio Ministério Público do Trabalho . Na ocasião, houve mais de seis mil candidatos inscritos. O edital deste concurso realizado em 2015 pode ser consultado em http://portal.mpt.mp.br.

Entre as principais atribuições do Procurador do Ministério Público do Trabalho estão a proposição de ações à defesa dos direitos e interesse dos índios, incapazes e menores, decorrentes das relações trabalhistas e promoção de ações atribuídas pela Constituição Federal e pelas leis trabalhistas.

Renato Senna Maia

Concurso para Procurador do MPT 2017 – Edital no Primeiro Semestre

Oportunidades podem ser concorridas por profissionais com graduação em Direito e experiência na área jurídica. Salários podem chega a R$ 28 mil.

No ano retrasado, 2015, o Conselho Superior do Ministério Público fez a promoção de um certame a fim de eleger candidatos aptos para ocupar 9 vagas para o cargo de procurador de trabalho, em diversas cidades do Brasil, tais como São Paulo, em São Paulo; Recife, em Pernambuco; Brasília, no Distrito Federal; Goiânia, em Goiás; Vitória, no Espírito Santo; Itaguaí, no Rio de Janeiro; Pelotas, no Rio Grande do Sul; Corumbá, no Mato Grosso do Sul; e Água Boa, no Mato Grosso.

A lei complementar de número 75, de 1993, nos artigos 83, 84 e 85, rege que a função do procurador de trabalho é o indivíduo incubido de fazer a promoção de ações cujas atribuições sejam feitas pelas leis trabalhistas, via Constituição Federal, propondo atividades precisas, a fim de representar e defender os interesses e direitos de incapazes, índios e menores, atrelados aos assuntos trabalhistas. Os elegidos foram avaliados, sendo a organização do concurso feita pelo próprio MPT. através de prova objetiva, teste psicológico e teste prático.

Concurso 2017

Em 1 de fevereiro, o MPT fará a reunião para que seja feito o tratamento da autorização do vigésimo concurso público de testes e títulos para iniciar uma carreira do MInistério Público do Trabalho.

Pagando quase 29 mil reais, o concurso é atraente para os já formados em Direito. O concurso 2017 para Procurador está previsto também na Lei Orçamentária Anual, a dita LOA. Não existem detalhes no documento que informem o número de oportunidades que serão abertas, entretanto, possui informações sobre a taxa de inscrição e também o número de inscritos. Com o número de inscritos estimado em 7.589, a taxa de inscrição tem o valor de R$240,00.

Os pré requisitos básicos para exercer a função de procurador é o bacharelado completo em direito e experiência mínima de 3 anos na área jurídica, sendo esta com contagem inicial após a conclusão do curso de direito. O salário é de R$ 28.947,55, inicialmente.

É possível ter acesso às bases do conteúdo da prova, pesquisando a Resolução que o Ministério Público lançou a respeito.

Carolina De Marco Brandenbergher

Concurso MPT 2015 tem vagas abertas para Procurador do Trabalho

Foi publicado o edital para o Ministério Público do Trabalho com 9 vagas para o cargo de Procurador do Trabalho. A oportunidade abrange vários estados do país, além do Distrito Federal. As oportunidades são para Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Bahia, Pernambuco, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Goiás e Distrito Federal.

As inscrições para este certame começam no dia 2 de fevereiro e o prazo segue aberto até 12 de março. A taxa é de R$ 220,00. Os candidatos devem ficar atentos e não deixar para a última hora. Os interessados serão avaliados por meio de provas objetivas que estão previstas para a data provável de 17 de maio.

As provas subjetivas serão aplicadas no dia 5 de julho e a prática no dia 12 do mesmo mês. Para ter acesso ao edital e mais informações deste certame acesse portal.mpt.gov.br.

Os candidatos devem fazer um planejamento semanal de estudo com as disciplinas do cargo. O cronograma precisa ser completo e muito bem organizado. O sucesso da aprovação está ligado ao esforço, dedicação e empenho do candidato para conquistar a vaga. Além disso, ele deve estudar com qualidade, ou seja, não se preocupar apenas com o tempo disponível que tem para estudo, mas, principalmente, aproveitar o tempo (mesmo que pouco) para estudar com qualidade.

Durante o estudo, o candidato deve manter a concentração e esquecer os problemas externos. A capacidade de aprendizagem está ligada à concentração. Por isso, a pessoa deve ter foco. Além disso, é preciso fazer revisão das aulas, resumos para manter o conteúdo na memória e muitos exercícios, para conhecer a banca organizadora do concurso.

Tendo muito foco, empenho e acreditando no seu potencial, a pessoa vai conseguir a tão sonhada aprovação no concurso público. Caso ela não passe neste certame, deve continuar insistindo e lutando pelo seu sonho.

Boa sorte e sucesso! 

Por Babi

Concurso MPT 2015 tem vagas abertas para Procurador do Trabalho

Publicado o edital para o cargo Procurador de Trabalho noMinistério Público do Trabalho (MPT). Inicialmente serão oferecidas 9 vagas, que serão distribuídas entre as seguintes regiões:  Itaguaí/RJ, São Paulo/SP, Pelotas/RS, Recife/PE, Brasília/DF, Vitória/ES, Goiânia/GO, Água Boa/MT e Corumbá/MS. Para concorrer é preciso ter formação em Direito e também 3 anos de atividade jurídica. A remuneração inicial para o cargo corresponde a mais de R$ 24.000,00.

Você atende aos pré-requisitos exigidos pela vaga? Então não deixe essa oportunidade passar. As inscrições para o concurso começam no dia 2 de fevereiro e o prazo segue aberto até o dia 12 de março. O valor da taxa de inscrição é de R$ 220,00.

As provas estão marcadas para a data provável de 17 de maio, e também tem uma avaliação subjetiva prevista para 5 de julho, um exame prático marcado para 12 de julho. Outras etapas deste concurso serão a inscrição definitiva que está marcada para o período de 12 a 30 de outubro e a prova oral prevista para os dias 24 a 27 de novembro.

O resultado final do concurso para o cargo Procurador do Trabalho está previsto para o dia 5 de fevereiro de 2016. Para ficar por dentro do edital e ter acesso a todas as informações deste certame é só clicar aqui.

Se for fazer o concurso, lembre-se de que é preciso ter dedicação, foco e garra. Faça um planejamento com as matérias pertinentes ao cargo e estude durante todo o tempo disponível, que possui. Estabeleça metas diárias para cumprir e manter a motivação durante a caminhada.

Separe os materiais, faça um cronograma e dedique-se ao máximo que puder para este cargo, porque ele é um dos mais cobiçados. Tendo foco, determinação e acreditando no seu potencial, você é capaz de conquistar a tão almejada classificação.

Boa sorte e sucesso na jornada de estudo! 

Por Babi