Concurso Público MPU 2016 – Procurador da República

Seleção conta com 82 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 28 de agosto de 2016.

O Ministério Público da União, por meio do edital de abertura nº 14, deu início oficialmente ao certame da instituição em 2016. O anúncio oficial foi realizado através do site do Diário Oficial da União, nesta segunda-feira, 29 de agosto. Trata-se do 29º concurso do MPU que tem por objetivo o preenchimento de vagas para o cargo de Procurador da República. Ao todo são oferecidas 82 vagas neste concurso. Informações sobre salários não foram divulgadas. Confira outras informações na continuação desta matéria.

Um detalhe bastante importante é que 10% das vagas serão reservadas para candidatos que se declararem deficientes no ato da inscrição. Além disso, os interessados em participar do certame devem possuir graduação em Direito e, no mínimo, três anos de experiência em atividade jurídica, sendo esses pré-requisitos fundamentais do concurso.

O período de inscrições se dará entre 30 de agosto e 28 de setembro de 2016. Os interessados devem acessar inicialmente o site oficial do MPF para que possam preencher o formulário de pré-inscrição. Após isso, o candidato deverá imprimir a guia de recolhimento, GRU, e efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 250,00. Daí, durante o período de inscrições os candidatos devem se dirigir a uma das Procuradorias da República nos Estados e no Distrito Federal para que possa finalizar sua inscrição.

O processo seletivo deste certame será composto por nada menos que cinco provas escritas. Uma delas será objetiva e possui uma abrangência geral. As demais quatro provas são subjetivas e em relação a cada um dos grupos de disciplinas que constam no edital. Cada disciplina ainda possui prova oral. Por fim, os candidatos classificados ainda irão passar por prova de avaliação de títulos.

Segundo o edital de abertura, a prova objetiva escrita de caráter geral deve ser aplicada em 27 de novembro de 2016. Já as provas escritas subjetivas só devem ser aplicadas em abril de 2017.

Todos os detalhes sobre este concurso podem ser encontrados no edital de abertura do certame. O mesmo se encontra disponível no site oficial do MPF, na página do 29º concurso para Procuradores da República do MPU. A leitura deste documento é de extrema importância para os interessados em participar deste processo seletivo.

Por Bruno Henrique

Concurso MP-SP 2016 está previsto para ser realizado em breve

Vagas serão abertas para o cargo de Auxiliar de Promotoria III.

O ano de 2016 não terminou e eis que surgem inúmeras oportunidades para o ingresso no serviço público, como o caso do Concurso para o Ministério Público do estado de São Paulo, ou simplesmente pela sigla MP/SP.

Foram levantados dados junto ao órgão é pouco provável que o Instituto Zambini deixe de realizar a organização desse concurso, tanto que as expectativas é que nos próximos dias teremos a publicação do edital que visa à contratação do cargo de Auxiliar de Promotoria III com a chance de ingresso de 17 novos profissionais.

Quais são os requisitos? Quais os benefícios?

Essa vaga trata especificamente de realizar as atividades de Motorista onde para participar deve apresentar o Ensino Fundamental Completo e ainda a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) na categoria “D” e “E”, sendo que as atividades serão realizadas durante 40 horas por semana e em troca o servidor vai receber uma remuneração no valor de R$ 3.931,39.

Qual a necessidade de possuir uma classificação nessas categorias?

A necessidade se deve ao fato que o motorista realiza o transporte tanto de passageiros quanto de cargas e deve com isso ficar atento a obedecer os horários, os itinerários e ainda as regras que compõe o sistema de trânsito brasileiro, fora que vai ainda executar com atenção a verificação diária de todas as condições do veículo no qual vai realizar todos os processos de transporte, mais o recebimento de passageiros em diversos locais, sendo pré-determinado, o transporte e a entrega de inúmeras cargas, o preenchimento dos boletins, dos relatórios e das fichas que estão ligadas com o controle tanto dos veículos quanto das cargas, zelar diretamente pela guarda, pela conservação e também pela limpeza desses mesmos veículos, fora demais tarefas.

Aqueles que possuem outros tipos de habilitações podem participar desse processo?

Sim, pois se você possuir de 1 ou senão 2 anos na categoria “B” ou até mesmo 1 ano na categoria “C”, pode ir no Poupatempo para realizar a mudança, lembrando que isso é somente durante o período de seleção.

O que devo estudar para ter uma base para conseguir participar do concurso do MP-SP?

Pode acessar o edital anterior no endereço http://www2.ibfc.org.br/concurso/mpsp-1111/ onde vai constar que na Prova Objetiva contou com 15 questões sobre a Língua Portuguesa, 10 questões sobre conhecimentos de Matemática e 20 questões sobre Conhecimentos Específicos, além de uma Avaliação Prática de Direção diretamente na segunda fase do processo seletivo.

Por Fernanda de Godoi

Reabertura do Concurso do MP-SP 2016

Oportunidades são para São Paulo, Campinas, Bauru e Ribeirão Preto. Salários chegam a R$ 12 mil.

O Ministério Público de São Paulo está reabrindo vagas para o concurso público nº 02/2015. Os interessados deverão possuir ensino médio ou superior completo, que dependerá do cargo escolhido. Os salários são satisfatórios e podem chegar até 12 mil reais mensais. Confira abaixo as vagas a serem preenchidas e área de atuação:

Biólogo: O biólogo deverá auxiliar nos testes de controle de pragas, bioinformática e biologia marinha. O candidato para essa vaga deverá contar com bacharelado em biologia.

Pedagogo: O pedagogo estará responsável pelo ensino infantil, desde o primeiro ano ao quinto ano do ensino fundamental. É preciso ter licenciatura ou pós-graduação na área de pedagogia.

Arquiteto e Urbanista: O profissional responsável por essa vaga trabalhará nas obras de construções governamentais. É necessário ter cursado o ensino superior na área de arquitetura.

Agrônomo: O engenheiro agrônomo deverá trabalhar na área da assessoria rural e pesquisas sustentáveis. É indispensável possuir ensino superior em agronomia.

Outras vagas também estão disponíveis, como: Segurança do trabalho, químico, engenheiro civil, engenheiro da computação, geografo, entre outras profissões.

Os munícipios de atuação são: São Paulo, Campinas, Bauru e Ribeirão Preto. De forma geral, cerca de 40 vagas estão sendo oferecidas pelo Estado de São Paulo.

A carga horaria é de 40 horas semanais e a remuneração pode chegar a 11.892 mil reais. Além disso, o funcionário público tem direito ao auxílio transporte, plano de saúde, auxilio cesta-básica, entre outros benefícios.

Os interessados de todo o país deverão se inscrever até o dia 19 de maio, pelo site da Vunesp. A taxa de matrícula será de R$160, independente da profissão escolhida.

Segundo o edital do concurso, as provas – tanto dissertativas quanto objetivas – serão realizadas no dia 3 de Julho desse ano, em Campinas, Bauru e Ribeirão Preto. A avaliação terá tempo máximo de 4 horas.

O conteúdo da avalição será sobre conhecimentos gerais e língua portuguesa, que deve incluir: leitura e interpretação de textos, gramática e ortografia.

As grandes vantagens de ser funcionário público:

Ser funcionário público é o sonho de muitos brasileiros, já que a profissão conta com grandes benefícios, como estabilidade, excelente remuneração e férias adicionais. Vale ressaltar que é preciso muito empenho e dedicação para preencher os requisitos. Candidate-se e boa sorte!

Por Wendel George Peripato

Concurso MP-SP 2016 abre vagas para Oficial de Promotoria I

Certame recebe inscrições até o dia 18 de dezembro.

O Ministério Público do Estado de São Paulo está com inscrições abertas para o cargo de Oficial de Promotoria I. Para concorrer, é preciso ter nível médio.

O Órgão conta com 32 vagas para a cidade São Paulo, 3 para Araçatuba, 3 para Bauru, 6 para Campinas, 2 para Franca, 4 para Piracicaba, 3 para Presidente Prudente, 5 para Ribeirão Preto, 3 para Santos, 2 para São José do Rio Preto, 5 para Sorocaba, 3 para Taubaté e 2 para Vale do Ribeira.

As inscrições terminam no dia 18 de dezembro e o valor da taxa é de R$ 80,00.

A remuneração inicial do cargo é de R$ 5.044,80. Os candidatos serão avaliados por provas objetivas que estão previstas para serem aplicadas no dia 31 de janeiro. Além disso, haverá também prova de digitação.

Que tal começar a planejar os seus estudos para o Ministério Público de São Paulo? A prova objetiva vai contemplar as seguintes disciplinas: português, noções de direito, matemática e raciocínio lógico e atualidades.

A organizadora do concurso é a Vunesp e o edital pode ser acessado por meio deste link: www.vunesp.com.br/concursos.html. O certame tem a validade de dois anos, mas pode ser prorrogado pelo mesmo prazo, a critério do Órgão.

Dicas de estudo para o MP-SP:

A prova vai contemplar 35 questões de Português, 20 de Direito, 15 de Raciocínio Lógico e 10 de Atualidades. Dedique um tempo maior no seu planejamento para língua portuguesa. O conteúdo é o responsável pela eliminação da maioria dos candidatos.

Como falta pouco tempo para a prova, estude de uma maneira focada. Faça revisões dos conteúdos, mas também resolva muitos exercícios, principalmente da VUNESP que é a organizadora do concurso.

Mantenha a calma e a tranquilidade durante os estudos e também no dia da prova. Não adianta apenas estudar, mas saber como resolver uma prova.

Confie no seu potencial para alcançar o sucesso e boa sorte.

Por Babi

Concurso CNMP 2015 tem 87 vagas abertas

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) abriu o primeiro edital ao concurso público a partir de segunda-feira, dia 8 de dezembro de 2014. Serão oferecidas 87 vagas para os níveis de escolaridade do ensino médio e de nível superior; sendo estas vagas nos cargos de Técnico e Analista, respectivamente. O salário inicial de Técnico será R$ 5.007,82 e inicial de Analista R$ 8.178,67. A Fundação Carlos Chagas (FCC), organizará o concurso. A seleção para os cargos se manifestará através de provas objetivas e discursivas e avaliação médica antes da posse do candidato.

Este órgão foi instalado há oitos anos e realizará seu primeiro concurso público; criado pela Emenda Constitucional de nº 45/2004 e localizado em Brasília, Capital Federal. Seu papel Constitucional é de controle administrativo, disciplina e financeiro do Ministério Público; englobando as demais responsabilidades acerca da contribuição no intuito de garantir autonomia e continuidade no efetivo do órgão em defesa dos Direitos Democráticos da cidadania brasileira.

A Estrutura Organizacional do Conselho é composta pelo Plenário, Presidência, Comissões, Corregedoria Nacional, Ouvidoria Nacional, assessoria de Comunicação Social, Auditoria Interna e Secretaria Geral. A Secretaria Geral é formada por 5 Secretarias, sendo elas: Administração, Gestão Estratégica, Planejamento Orçamentário, Processual e Tecnologia da Informação. A principal missão do Órgão é de integração e desenvolvimento do Ministério Público.

Os cargos oferecidos estão distribuídos nas áreas de Administração e Segurança Institucional para Técnicos. Nas áreas dos setores de Arquivos, Comunicação Social, Contabilidade, Controle Interno, Desenvolvimento de Sistemas, Direito, Engenharia Civil, Estatística, Gestão Pública e Suporte e Infraestrutura. Os candidatos poderão acompanhar o concurso e tirar dúvidas pelo edital que está previsto para segunda-feira, dia 8 de dezembro de 2014. É importante a leitura do edital para que o candidato tenha uma visão ampla do certame e aprimoramento de suas convicções acerca das vagas oferecidas e as demais determinações inerentes aos cargos. 

Por Railson Tomás de Araújo Lopes

Concurso MPU 2014 abre 69 vagas

Mais uma nova oportunidade de emprego foi aberta recentemente pelo Ministério Público da União. A novidade trata-se do 28° Concurso Público. O certame em questão é regido pelo edital de n° 27/2014 e tem como principal finalidade promover a contratação de um total de 69 profissionais que estejam aptos para a ocupação do cargo de Procurador da República.

É importante lembrar, conforme informa o edital, que o número de vagas oferecido nesse certame pode estar sujeito a alterações. Isso, devido ao fato de que poderão haver nomeações de candidatos que foram aprovados em concurso anteriores ou por outras causas.

Como participar:

Os profissionais que se enquadrarem nos requisitos de participação exigidos para a função poderão se inscrever no período situado entre os dias 17 de novembro de 2014 e 16 de dezembro de 2014. O formulário de inscrição está sendo disponibilizado via internet por meio do endereço eletrônico www.pgr.mpf.mp.br.

Para efetuar a validação da candidatura o concursando deverá pagar uma taxa no valor de R$2 10. Posteriormente, ele ainda deverá se dirigir para alguma das Procuradorias da República que estão discriminadas no edital para que o processo de inscrição possa ser finalizado (ver link no final da notícia).

Em relação à seleção dos candidatos participantes, a informação é de que a mesma será constituída de aplicação de prova preliminar, subjetiva, definitiva e também oral.

A partir da data do dia 22/12/2014 é que será divulgado o edital no site da PGR, bem como nos locais da inscrição contendo a relação daqueles que tiverem as candidaturas aceitas.

As inscrições definitivas deverão ser anunciadas (caso daquelas que forem aceitas) e também a convocação para a participação da prova oral a partir do dia 02/09/2015.

A posse dos profissionais aprovados em todas as etapas está prevista para a data do dia 16/11/2015.

Seguem alguns dos estados que irão receber os profissionais nomeados no presente concurso: Tocantins, Sergipe, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais, Alagoas e Bahia.

Para conferir maiores informações e acompanhar novidades a respeito do certame, clique aqui.

Por Denisson Soares

Concurso MP-GO 2014 tem vagas de trabalho abertas

O Ministério Público do Estado de Goiás realizará um concurso público para o cargo de nível superior em Bacharelado em Direito.

A todo, o certame oferece 25 vagas para o cargo de Promotor de Justiça Substituto. Exige-se que os candidatos tenham no mínimo 3 anos de experiência de atividade jurídica. Será admitido como comprovação de experiência profissional curso de pós-graduação em Direito ministrado pelo MPE-GO, magistério superior na área de Direito, entre outros. Há duas vagas reservadas para candidatos portadores de necessidades especiais.

Os interessados que desejarem concorrer a uma das 25 vagas poderão efetuar suas inscrições provisórias entre os dias 24/09/2014 e 23/10/2014 pelo endereço eletrônico www.mpgo.mp.br. A taxa de inscrição é de R$ 231,28. Há isenção da taxa de inscrição para os candidatos inscritos no cadastro único para programas sociais do governo federal (CadÚnico) e membro de família de baixa renda.

Os inscritos serão submetidos ao exame de Provas Preambulares Objetivas previstas para acontecer no dia 14/12/2014. Três Provas Subjetivas Discursivas de respostas fundamentadas previstas para ocorrer entre os dias 23/01/2015 e 25/01/2015. Os gabaritos dessas fases serão divulgados no dia 16/12/2014. Os candidatos aprovados na etapa anterior farão a inscrição definitiva entre os dias 16/04/2015 a 27/04/2015 e passarão por Avaliação Psicológica, entre os dias 18/05/2015 e 20/05/2015. Provas Orais entre os dias 29/06/2015 e 01/07/2015.

A Prova de Tribuna terá duração de no mínimo 15 minutos e o máximo de 30 minutos e será realizada nos dias 22/07/2015 a 24/07/2015. A Prova de Títulos será entre os dias 04/08/2015 e 10/08/2015. Haverá uma sindicância da vida pregressa dos candidatos aprovados, realizada pela Corregedoria Geral do Ministério Publico do Estado de Goiás.

Todas as fases provavelmente ocorrerão na cidade de Goiânia – GO. O Resultado final do concurso será publicado no Diário Oficial do Ministério Publico do Estado de Goiás – DOMP e no site do MPE no dia 26/08/2015.

O subsídio será de R$ 21.657,46. A jornada de trabalho é de 40h semanais.

Para mais informações sobre o certame, acesse aqui o edital.

Por Alexandre de Sá

Concurso MP-ES 2014 tem vagas de trabalho abertas

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo informa que está com as inscrições abertas para um Processo Seletivo Público para os cargos de nível médio incompleto e superior incompleto.

Ao todo, o Processo Seletivo oferece 11 vagas para os centro de Apoio Operacional da Defesa dos Direitos do Consumidor, Promotoria de Justiça Cível de Vila Velha, Promotoria de Justiça de São Gabriel da Palha e Promotoria de Justiça de Jerônimo Monteiro. Os endereços das promotorias encontram-se no artigo 1º do edital. Candidatos portadores de necessidades especiais poderão participar do Processo Seletivo. O grau de escolaridade exigido é curso superior em Direito e Telecomunicações.

As inscrições podem ser realizadas entre as 9h do dia 17/09/2014 as 18h do dia 01/10/2014. Para isso os candidatos devem acessar a página eletrônica do MPES em www.mpes.mp.br, preencher e imprimir o formulário de inscrição e se dirigir munidos das documentações exigidas, conforme artigo 2 º do edital, ao serviço de protocolo situado na sede da Procuradoria Geral de Justiça , localizada à Rua Procurador Antônio Benedict Amâncio Pereira, 121, Santa Helena, Vitória – ES. Não será cobrada taxa de inscrição para esse Processo Seletivo em virtude de ser trabalho voluntário.

Os inscritos serão avaliados pelo setor de Recursos Humanos através da análise da documentação apresentada, bem como haverá uma entrevista Presencial com o representante da unidade organizacional. O resultado do Processo Seletivo será publicado no diário oficial do Estado do Espírito Santo e no site do MPES. As informações sobre data, local, horário das avaliações dos documentos, Entrevista Presencial, convocações, e demais assuntos estarão disponíveis no site do MPES do Espírito Santo (www.mpes.mp.br).

A duração do voluntariado é de 6 meses a 12 meses. A jornada de trabalho é de 4h e 5h diárias de segunda a sexta-feira. O serviço voluntário é uma atividade prestada, de forma espontânea, sem recebimento de remuneração e não há vínculo empregatício.

Para mais informações sobre o Processo Seletivo, Acesse o edital

Por Alexandre de Sá