Novo Concurso do Ministério da Justiça 2015 oferece 44 Vagas

Seleção oferece oportunidades para profissionais de nível superior e as inscrições podem ser realizadas até o dia 26 de julho.

O Ministério da Justiça publicou edital de processo seletivo visando ao preenchimento de 44 vagas para cargos de nível superior. Os salários mudam de acordo com o cargo e podem chegar até R$ 8.300,00. O certame será organizado pela FUNCAB e os aprovados irão atuar na Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, que está situada em Brasília.

As inscrições permanecem abertas somente até o dia 26 deste mês e a taxa é de R$ 50,00 ou R$ 70,00, dependendo do cargo escolhido pelo candidato. As provas objetivas estão previstas para serem aplicadas no dia 24 de agosto e o processo seletivo tem a validade de um ano, que pode ser prorrogado pelo mesmo prazo.

Os cargos abrangidos pelo concurso são: técnico especializado de complexidade gerencial nível V, técnico especializado de complexidade intelectual nível IV e técnico especializado de suporte nível III. Cada cargo exige determinadas graduações na área. Para acessar o edital do certame e fazer a sua inscrição é só clicar neste link: www.funcab.org.

Como manter a motivação diária de estudo?

Estudar para concurso público exige empenho e muita determinação, porque não é fácil permanecer na rotina, sobretudo quando não se consegue a aprovação no primeiro certame. Por isso, procure manter o foco nos motivos pelos quais está se dedicando para ir bem na prova.

Lembre-se de que o concurso público vai melhorar a sua situação atual. Uma boa dica é você montar um mural de fotos e colocar em um local próximo do seu ambiente de estudo. Para isso, pegue uma cartolina e pregue nela fotos do que almeja após a aprovação: casamento, viagens, carro, entre outros objetivos que tiver. Desta forma, quando o cansaço bater, basta olhar para o seu mural de fotos e recuperar as suas forças novamente.

Além disso, procure equilibrar a rotina com exercícios físicos e separe uma parte do fim de semana para descansar.

Por Babi

Concurso do Ministério da Justiça terá a Funcab como banca organizadora

Foi contratada a banca organizadora do novo concurso público do Ministério da Justiça. O processo seletivo simplificado terá como objetivo a contratação de 14 novos servidores para integrar o quadro de funcionários do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisional e sobre Drogas, o Sinesp

Em julho de 2014, a realização do processo seletivo foi autorizada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPGO) e esta decisão foi publicada no Diário Oficial da União. 

A empresa que ficará a cargo do processo de seleção do Ministério da Justiça será a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt, conhecida como Funcab. As vagas que serão oferecidas são para cargos de nível superior de qualquer área do conhecimento. No entanto, para que o interessado possa se candidatar é necessário que ele possua experiência de no mínimo cinco anos no setor de Tecnologia de Informação, de Gestão de Projetos, titulação de mestre ou doutorado.  

A duração dos contratos será de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. Esta decisão de prorrogar ou não o tempo do contrato ficará por conta do Ministério da Justiça. Ainda não foram estipulados os salários que serão oferecidos aos novos profissionais contratados pelo órgão público. 

Os novos funcionários do Ministério deverão executar atividades inerentes ao projeto que visa desenvolver soluções tecnológicas para o Sistema Sinesp. Algumas das tarefas a serem executadas são acompanhar o desenvolvimento do software do sistema, acompanhar  o cumprimento de todas as etapas do processo assim como efetuar o acompanhamento das definições do negócio.  

O Sinesp funciona em parceria com outros órgãos governamentais. Ele é um portal voltado à entrega de informações operacionais, estatísticas e investigativas sobre drogas, sistema prisional, justiça pública, segurança pública. O Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e Sobre Drogas tem como meta informar à população sobre todos os pontos citados anteriormente e inclusive sobre políticas de segurança pública, informações de relevância sobre a situação a nível geral no país.  

Por Melina Menezes