Concurso ATA-MF 2017 – Vagas e Inscrições

Concurso contará com 400 vagas para todo o Brasil.

Um dos principais concursos voltados para nível médio no país terá realização ainda em 2017: o de Assistente Técnico-Administrativo do Ministério da Fazenda (ATA MF). Para que de fato o edital seja liberado, ainda falta aprovação do Ministério do Planejamento, que deverá ocorrer nos próximos meses, pois o orçamento para o processo seletivo já foi sancionado pelo governo federal. Nesse caso, devem ser abertas 400 vagas para todo o território nacional.

Cargo e funções

No concurso, o cargo de assistente técnico-administrativo é um dos mais importantes e disputados na hierarquia Ministério da Fazenda. Para concorrer a essa função é necessário ter certificado de conclusão do Ensino Médio, fornecido por instituição educacional reconhecida pelo MEC.

Dessa forma, os aprovados têm como papel realizar tarefas administrativas, técnicas, logísticas e de atendimento. Geralmente a carga horária para essa função é de 40 horas semanais, mas isso pode variar de acordo com a lotação.

Salário e benefícios

A remuneração inicial para esse cargo pode ser de até R$4.000. Os servidores têm, ainda, acesso a benefícios como: auxílio alimentação (R$458), auxílio saúde, auxílio creche e adicionais salariais (qualificação e capacitação).

Concorrência

O concurso é bastante disputado, tanto que nas duas últimas edições recebeu um alto número de inscritos. Em 2012, foram 463 vagas para 77.339 candidatos, sendo a maioria deles de Brasília/DF. Já em 2014, havia 1.026 funções disponíveis para 263.700 inscritos. Grande parte desse número eram de pessoas de Goiânia/GO. No entanto, o Ministério da Fazenda também convoca grande parte dos classificados, tanto que nas últimas edições todos foram chamados.

Alta demanda

A possibilidade de o concurso do Ministério da Fazenda ocorrer neste ano é muito alta também devido ao grande número de servidores públicos que estão se aposentando. Além disso, há uma enorme carência de funcionários em diversos setores do órgão, sendo a abertura do processo seletivo cada vez mais necessária.

Como estudar para o concurso

Para se preparar de maneira adequada para o concurso, é importante procurar provas e gabaritos de edições anteriores, conhecer suas tendências e refazê-las. Também é importante reunir materiais citados nos outros editais e realizar planejamento prévio de estudos, com maior enfoque em disciplinas de maior peso, como português, e as que tiver maior dificuldade em aprender. Assim, quando o edital sair, estará pronto para ser aprovado!

Camilla Silva

Concurso Previsto do Ministério da Fazenda em 2017

A previsão é de que a instituição abra vagas para o cargo de Assistente Administrativo.

O Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos da Receita Federal (Sindfazenda) anunciou que desde o mês de maio de 2016 foi feito pedido junto ao Ministério da Fazenda, um pedido de realização de concurso para o preenchimento de vagas para o cargo de assistente administrativo. Apesar das proibições dos concursos terem sido estendidas até este ano de 2017, a associação espera que um novo edital seja publicado ainda este ano.

Para o preenchimento do cargo será apenas que o candidato possua o nível médio completo. O salário é de R$ 3.756,82, além de uma ajuda de alimentação no valor de R$ 460,00. Esta é um boa oportunidade para quem procura um emprego na carreira pública e que ofereça uma certa estabilidade, já que o regime de contratação é o estatutário.

Segundo as informações liberadas pela Receita Federal, o órgão está passando por um processo de reestruturação, o que prevê o remanejamento de funcionários que estejam desempenhando funções que não sejam pertinentes ao cargo que ele ocupa. Além disto, segundo uma pesquisa feita em quase todas as unidades do país, o órgão apresentou uma carência de cerca de 5.000 servidores. Este é exatamente o número solicitado pelo sindicato. Atualmente, existem mais de 8.000 servidores no ministério da Fazenda. Destes, cerca de quase 6.000, estão desempenhando funções dentro da Receita. Além disto, muitos funcionários estão se aposentando gradualmente ao longo dos últimos anos, o que contribui ainda mais para agravar o quadro.

Para quem quer tentar uma vaga no órgão, sempre é bom ir logo se preparando e não esperar para encarar uma rotina de estudos somente quando o edital for publicado. O último concurso foi feito em 2014 e contou com um total de mais de 260 mil inscritos para um pouco mais de 1.000 vagas ofertadas. A avaliação foi feita através de provas objetivas e as disciplinas exigidas foram Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemática. Além disto, foram exigidos conhecimentos específicos em Informática, Princípios gerais da administração pública, o que engloba a gestão no atendimento de pessoas, Ética no Serviço público e o Regimento Único dos servidores públicos aplicado em todo o território nacional.

Por Emmanoel Gomes

Novo Concurso do Ministério da Fazenda 2016 – Edital em Breve

Seleção deverá oferecer cerca de 9.289 vagas de nível médio e superior. Oportunidades serão divididas por diversas localidades do país.

Está estudando para ingressar na carreira pública? O Ministério da Fazenda deve publicar um novo edital em 2016, que tal aproveitar essa chance? A autorização para a realização do certame já foi feita para o Ministério Público do Orçamento e Gestão (MPOG). A expectativa é que o documento seja publicado no próximo ano e vai contar com 9.289 vagas, que serão distribuídas entre nível médio e superior, por diversas localidades do País.

A remuneração inicial para nível médio é de R$ 3.671,82 e para nível superior, dependendo da função, este valor passa a ser de R$ 4.884,02. Para nível médio, a expectativa é que o edital tenha, em média, 3 mil vagas. Além disso, segundo o Órgão há uma necessidade urgente da contratação de novos servidores, por isso a tendência é que haja muitas convocações durante a validade do certame.

Além do nível médio, estão previstas em torno de 500 vagas para a função de analista técnico-administrativo. Para concorrer é necessário ter nível superior e a remuneração inicial é de R$ 4.884,02. Os aprovados são contratados pelo regime estatutário. Que tal antecipar os seus estudos para o Ministério da Fazenda?

Devido à crise, muitas pessoas estão optando pela carreira pública, que tem estabilidade, bons salários, além de um bom ambiente profissional. A pessoa deve buscar estudar com estratégia e determinação, visando alcançar um estudo produtivo e eficiente.

Por isso, é essencial que o estudante programe e faça um planejamento com as disciplinas do cargo que almeja. Ele deve saber aproveitar o tempo de forma produtiva, com metas específicas e manter a motivação como combustível para combater os momentos de tristeza e desânimo, que são comuns durante o período.

Além do Ministério da Fazenda, os interessados podem buscar fazer outras provas que tenham conteúdos parecidos e quem sabe garantir a aprovação em outro concurso. A aprovação é possível para as pessoas que se esforçam e dedicam.

Por Babi