Concurso do Instituto Sócrates Guanaes tem Edital Retificado

Certame oferece oportunidades para diversos cargos na área de Saúde. Inscrições vão até o dia 25 de agosto de 2016.

No Estado de Goiás, o Instituto Sócrates Guanaes (ISG), através da Secretaria de Saúde do Estado, retificou alguns itens do edital de abertura do atual concurso público, incluindo a data de inscrição.

O Instituto visa a formação de cadastro reserva para candidatos de nível médio, técnico e superior, para ocupação de diversas áreas da saúde.

As inscrições serão gratuitas, realizadas exclusivamente de maneira presencial, no Auditório da Escola de Saúde Pública Cândido Santiago, localizado na Rua 26, nº 521, no Bairro Santo Antônio, Goiânia – GO, CEP 74.853-070. O atendimento será realizado a partir do dia 22 de agosto, até o dia 25 de agosto de 2016, sempre das 8h às 13h. Após o horário estabelecido, os portões serão fechados e somente os candidatos dentro do prédio serão atendidos.

O candidato portador de necessidades especiais que precisar de auxílio diferenciado deverá solicitar tal atendimento no ato da inscrição e deverá comprovar sua condição por meio de laudo médico.

Para se inscrever os candidatos deverão comparecer ao local portando o formulário de inscrição já preenchido, munidos de comprovante de identidade oficial com foto, laudo médico, comprovante dos requisitos exigidos no edital e comprovante dos cursos e experiências.

Os salários vão de R$ 946,57 até R$ 7.827,70. A carga horária semanal varia entre 20 horas e 44 horas.

Os candidatos inscritos serão selecionados por meio de Análise Curricular (Classificatória e Eliminatória) e Entrevista por Competências (Classificatória).

A classificação dos candidatos será realizada através das pontuações adquiridas, do maior para o menor. Depois que o resultado da primeira fase (Análise Curricular) for disponibilizado, os selecionados serão convocados para a segunda fase do concurso (Entrevista por Competências). Os candidatos serão convocados de acordo com sua classificação e os que não aparecerem no local e prazo determinado estarão desclassificados e de acordo com o edital, não poderão entrar com recurso nem justificativa.

O profissional portador de deficiência aprovado em todas as fases, quando convocado para contratação, deverá realizar novo exame médico no prazo de 5 dias, a fim de averiguar se é apto para atuar nas funções exigidas.

Os candidatos que, comprovadamente, fraudarem os termos do concurso, serão desclassificados imediatamente ou terão seu contrato trabalhista anulado.

Todas as fases do atual concurso, informações oficiais e editais, estão disponíveis na página oficial da organizadora (www.isgsaude.org).

Por Fábio G. Santos