Concurso PM-DF 2017 – Banca Organizadora é Desclassificada

Desclassificação do Idecan se deve a incompatibilidade com as condições exigidas na licitação.

Será necessário um pouco mais de paciência para os que pretendem realizar o novo concurso público da PM – DF (Polícia Militar do Distrito Federal). Isso se deve ao fato de a instituição ter anunciado, na última terça-feira, dia 14, através de publicação, que a banca organizadora determinada foi desclassificada. A empresa era o Idecan (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistência Nacional) e acabou tendo incompatibilidade nas condições exigidas pelo edital de licitação. A decisão é passível de recurso e, se não for acatado, a instituição contratante iniciará um novo processo de licitação.

O certame já é esperado desde o dia 12 de agosto, ao ser anunciado pelo Rodrigo Rollemberg, o governador do DF. Entretanto, só foi oficializado no dia 16 de janeiro.

Serão ofertadas 2.024 vagas, onde 2 mil será para soldados, 18 para soldado especialista corneteiro e outras seis para soldado especialista músico.

Para o cargo de soldado, o certame contratará 500 servidores para início imediato, para ingressar a partir do mês de outubro. As outras 1.500 são destinadas ao cadastro reserva, com a finalidade de suprir a necessidade de profissionais nas áreas operacionais e administrativas, conforme as necessidades do órgão.

Para pleitear a um dos cargos é preciso ter diploma de nível superior em uma área de formação qualquer, ter idade entre 18 e 30 anos até o último dia de permissão para realização da inscrição e também, para homens, uma altura mínima de 1,65 m e para mulheres 1,60m.

A remuneração a princípio, do último certame, que foi realizado no ano de 2012, era no valor de R$ 3.972,51 ao decorrer do curso de praças, que inclui salário de R$ 3.322,51 e R$ 650 de auxílio alimentação. Depois de ingressar, o salário inicial foi para R$ 4.956,79, com salário base de R$ 4.306,79 e outros benefícios. Para este novo processo de seleção o valor inicial deverá ser mais alto, visto que a publicação informa um salário inicial de R$ 4.069,06 ao realizar o curso de praças.

Conforme o edital para licitação, a taxa de inscrição deverá ser de R$ 93,18, no máximo.

O órgão prevê que o certame tenha um 28 mil inscritos no total.

FILIPE R SILVA

Concurso Bombeiros RN 2017 – Vagas para Soldado

Inscrições podem ser feitas até o dia 6 de abril de 2017.

Para aqueles que estão sem emprego, moram no estado do Rio Grande do Norte e procuram bons salários aliados a estabilidade na carreira, temos uma excelente notícia. O Corpo de Bombeiros do estado está com inscrições abertas a partir dessa sexta-feira (24) para o preenchimento de 70 vagas para o seu quadro de efetivos.

As vagas são para a função de Soldado e a banca examinadora do certame é o Instituto de Desenvolvimento Educacional Cultural e Assistência Nacional (IDECAN).

O prazo das inscrições se estende até às 17 horas do dia 06 de abril de 2017, sendo o valor da taxa de R$ 80,00, podendo ser paga até o dia 07 de abril em qualquer banco credenciado.

Os pré-requisitos são ensino médio completo, ter idade entre 19 e 30 anos, altura mínima de 1,65 para homens e 1,60 para mulheres, estar em dia com as obrigações militares, civis e eleitorais, possuir carteira de habilitação na categoria B e não ter tido passagem pela polícia.

O salário inicial será de R$ 2.904,00, podendo alcançar, depois das promoções internas da corporação, a R$ 9.472,65, o que corresponde ao salário de Subtenente do Corpo de Bombeiros. Os benefícios oferecidos serão convênio médico e odontológico para os filhos e cônjuges. A jornada de trabalho será de dedicação exclusiva ao Corpo de Bombeiros e em tempo integral, além das atividades que poderão ser feitas no período do dia e da noite, inclusive aos finais de semana e feriados, dependendo da escala de trabalho.

O concurso do Corpo de Bombeiros será feito em seis etapas, sendo a primeira de todas prova escrita e objetiva, avaliação médica e odontológica, avaliação psicológica e de condicionamento físico, investigação social e de antecedentes criminais do candidato e curso de formação específico na área. A prova escrita será realizada nas cidades de Natal, Mossoró e Caiacó, no dia 21 de maio de 2017 e vai ter a duração de 5 horas, ou seja, das 13 até às 18 horas. Os locais das realizações das provas estarão disponíveis nos sites www.cbm.rn.gov.br ou www.idecan.org.br, no dia 15 de maio de 2017. O IDECAN ainda disponibiliza o telefone 0800 033 2810 ou o e-mail para contato atendimento@idecan.org.br. O horário de atendimento é das 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

Boa sorte a todos nesse concurso.

Rodrigo Souza de Jesus

Concurso Ministério da Saúde 2017 – Administrador, Contador e Analista

Certame conta com 102 vagas de nível superior. Salários chegam a R$ 5 mil.

O ano começou e a boa notícia é que com ele vêm novas oportunidades, principalmente para quem almeja um cargo público.

O Ministério da Saúde, o órgão do Poder Executivo Federal responsável por elaborar planos e políticas publicas para a prevenção à saúde, divulgou no dia 25 de novembro o edital de abertura do concurso do Ministério da Saúde.

No total são 102 vagas, que serão ofertadas para os seguintes cargos: analista técnico de políticas sociais, administrador, contador, todos os cargos exigem ensino superior.

As vagas serão distribuídas em DSEI’s. As DSEI’s (Distritos Sanitários Especiais Indígenas) são unidades de responsabilidade sanitária correspondente a uma ou mais terras indígenas. Os cargos serão destinados para 34 DSEI’s. Para que você possa filtrar o máximo de informações sobre o concurso, separamos por tópicos todos os detalhes do concurso do Ministério da Saúde. Acompanhe!

Número de vagas ofertadas:

Serão ofertadas no total 102 vagas, divididas da seguinte forma:

  • 34 vagas – Administrador
  • 34 vagas – Analista Técnico de Políticas Sociais
  • 34 vagas – Contador

Localidade dos postos de trabalho:

Os aprovados serão lotados para os seguintes estados:

  • Alagoas: Maceió.
  • Pará: Belém, Altamira, Redenção e Itaituba.
  • Acre: Cruzeiro do Sul e Rio Branco.
  • Amazonas: Tabatinga, Manaus, Lábrea,Tefé, Parintins e Atalaia do Norte.
  • Amapá: Macapá.
  • Mato Grosso: São Félix do Araguaia, Cuiabá, Colíder, Barra de Garças e Canarama.
  • Bahia: Salvador.
  • Maranhão: São Luiz.
  • Ceará: Fortaleza.
  • Santa Catarina: Florianópolis.
  • Roraima: Boa Vista.
  • Rondônia: Cacoal e Porto Velho.
  • Paraná: Curitiba.
  • Minas Gerais: Governador Valadares.
  • Pernambuco: Recife.
  • Paraíba: João Pessoa.
  • Tocantins: Palmas.
  • Mato Grosso do Sul: Campo Grande.

Remuneração de cada cargo:

Remuneração Inicial: R$ 4.784,27 – Administrador, Contador e R$ 5.744,88 – Analista Técnico de Políticas Sociais.

Valor do Auxílio Alimentação para todos os cargos: R$ 458,00.

Jornada de trabalho: 40 horas semanais

Dia que será realizado a prova:

Estão previstas para o dia 19 de fevereiro de 2017, serão realizadas nas 27 capitais.

Como serão as provas:

A prova será objetiva de múltipla escolha. Haverá ainda exame discursivo e avaliação de títulos para a função de analista.

A prova objetiva será dividida da seguinte maneira:

  • Língua Portuguesa – 5 Questões
  • Raciocínio Lógico – 5 Questões
  • Conhecimentos Gerais – 15 Questões
  • Conhecimentos Específicos – 25 Questões

Para ser aprovado será necessário acertar 50% da prova e acertar no mínimo uma questão de cada disciplina.

Banca Organizadora: IDECAN (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional)

As inscrições ocorreram de 5 de dezembro a 5 de janeiro.

Valor da taxa de Inscrição: R$ 67,00.

Boa Prova!

Gisele Alves de Brito