Concurso Defensoria Pública do Mato Grosso 2016 – Defensor Público Substituto

Seleção irá oferecer 20 vagas com salários de mais de R$ 19 mil.

A Defensoria Pública de Mato Grosso (DPE-MT) vai lançar um edital para o cargo de Defensor Público Substituto. A organizadora já está definida, ela será a Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT). O concurso visa ao preenchimento de 20 vagas efetivas e também a formação do cadastro reserva. Os interessados devem ter nível superior em direito e inscrição na Ordem dos Advogados do País (OAB). A remuneração inicial é de R$ 19.992,09.

O último concurso realizado pelo Órgão ocorreu em 2009 e foi organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC). Na ocasião, foram um total de 3.047 candidatos, sendo 121 para cada vaga. Na época, a remuneração foi de R$ 8.923,74. A primeira fase do concurso contou com prova escrita objetiva, que foi composta por direito processual penal, direito processual civil, direito civil, direito constitucional, direito administrativo, organização da defensoria pública, direitos humanos, português, história e geografia do estado do Mato Grosso. Já a segunda etapa do concurso foi formada por prova escrita e a terceira por prova oral.

A expectativa é que o edital seja publicado ainda no primeiro semestre, por isso, os interessados devem manter o foco e a regularidade, para garantir uma preparação de qualidade.

Como estudar para o concurso da Defensoria?

Este é um dos concursos mais cobiçados pelos bacharéis em direito. Portanto, os interessados devem fazer um planejamento de estudo priorizando a primeira fase, que é a prova objetiva. Desta forma, os candidatos podem fazer uma programação com as disciplinas do cargo e estuda-las diariamente no tempo disponível.

No cronograma, também deve ser estipulado um tempo para o estudo da prova escrita. Assim, procure ler as jurisprudências e ficar por dentro das alterações das legislações.

O estudo deve fazer parte da rotina do candidato, até que se torne hábito. É necessário que a pessoa tenha uma postura positiva, saiba o que quer e mantenha a confiança em si mesmo.

Além de estudar por bons materiais, o candidato deve fazer cursos online ou presencial para consolidar o conhecimento. No mercado, existem vários livros, apostilas e cursos específicos, mas é preciso conhecê-los antes de investir.

Apesar da concorrência, a maioria dos participantes não estudam. Portanto, crie a sua rotina e agarre a oportunidade. Boa sorte e muito sucesso!

Por Babi

Concurso Defensoria Pública do Pará 2015 abre 18 vagas

O salário inicial é de R$ 15.663,55 e as inscrições vão até o dia 02 de abril de 2015

Se você reside no estado do Pará e está em busca de oportunidades através da prestação de concurso público, saiba que a Defensoria Pública do Estado do Pará está com certame em andamento. O certame em questão é regido pelo edital nº 01/2015 que é referente ao IV concurso público destinado ao cargo de Defensor Público Substituto. Confira mais detalhes sobre este certame na continuação da matéria.

Como já foi citado, o certame aqui destacado tem por objetivo selecionar candidatos para o cargo de Defensor Público Substituto. Além disso, é importante destacar que, ao todo, o certame possui 18 vagas para preenchimento imediato, além de formação de cadastro de reserva.

Os pré-requisitos para disputar o cargo deste concurso público são: três anos de prática forense comprovado e possuir o título de bacharel em Direito. Os futuros contratados irão receber remuneração inicial de R$ 15.663,55, além de benefícios que compõem a remuneração final.

Caso esteja interessado em participar deste certame, saiba que o período de inscrições já se encontra aberto e terá o seu término em 02 de abril de 2015. O procedimento de inscrição deve ser realizado por meio exclusivo da internet. Dessa forma, o candidato deve acessar o site oficial FMP, Fundação Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul, que é a instituição responsável pela organização do certame: www.concursosfmp.com.br/concursos-em-andamento/82/defensor-publico-substituto-do-estado-do-para/.

A inscrição será devidamente efetuada, bem como confirmada, após o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 240,46.

O processo seletivo desse certame será composto por quatro fases: prova objetiva, avaliação prático-discursiva, exame oral e análise de títulos. A prova objetiva já possui data de aplicação: 16 de maio de 2015. Já as provas prático-discursivas devem ser aplicadas no dia 17 de maio de 2015 durante a manhã e a tarde na em Belém, capital do Pará.

Para outros detalhes, o candidato deverá ler atentamente o edital do certame.

Por Bruno Henrique