Concurso Funasa 2017 – Seleção aguarda Autorização

Saiba das informações sobre o concurso da Funasa.

Desde o final de 2016, está em fase de tramitação no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), uma solicitação de concurso público da Fundação Nacional da Saúde (FUNASA). Esse concurso já era esperado por milhares de concurseiros espalhados pelo Brasil, pois além dos salários atrativos, oferecem estabilidade profissional em meio essa recessão financeira que se instalou por aqui desde 2015 e ainda não dá sinais de melhoras. O número de cargos e vagas não foram divulgados, mas estima-se que seja por volta de 488 vagas entre nível médio e superior de ensino, de acordo com o pedido feito em 2015.

Para que esse aguardado concurso se realize, será necessário a autorização do ministro do planejamento e quando for assinada, o certame estará valendo para várias unidades do órgão público espalhadas pelo Brasil.

Das 448 vagas relativas ao último pedido, 251 era para o cargo de agente administrativo, 35 para contador, 35 para administrador, 4 para arquiteto, 11 para economista, 90 para engenheiro, 6 para geólogo, 2 para bioquímico e 14 para farmacêutico bioquímico.

De todos os cargos, a única profissão que exige ensino médio é a de agente administrativo, enquanto todas as outras demandam curso superior de ensino. A estimativa é que esse concurso seja autorizado em breve, pois a demanda de serviço é bem grande e os funcionários da ativa estão se aposentando, além de estarem muito sobrecarregados com a alta demanda de serviço.

A Funasa é um órgão público do governo pertencente ao Ministério da Saúde, que é responsável pela promoção da inclusão social da população carente por meio de programas de prevenção e controle da mais variadas doenças. Medidas de saneamento básico em locais menos privilegiados estão na pauta de trabalho do órgão, assim como a erradicação de inúmeras doenças provenientes da falta do mesmo, além da dimunição da taxa de mortalidade infantil nas grandes periferias.

Esse concurso promete e recomenda-se que o candidato comece a estudar bastante para não correr o risco de deixar para última hora, pois a concorrência será enorme, pois os salários oferecidos ficam entre 3 e 5 mil reais. Boa sorte no certame e em sua carreira profissional.

Rodrigo Souza de Jesus

Concurso TRE-CE 2017 – Nova Seleção deve Acontecer Esse Ano

Concurso deverá ofertar vagas para Analistas e Técnicos Judiciários.

Para os residentes do estado do Ceará que esperam por oportunidades de prestar concursos públicos, as novidades que chegam são favoráveis. Trata-se do anúncio de um novo concurso público do Tribunal Regional Eleitoral do estado. A previsão é de que a realização desse concurso que prevê vagas para compor o quadro de servidores do TER, aconteça ainda esse ano de 2017.

Mesmo sem a publicação de edital de abertura, as informações que chegam apontam que o certame oferecerá oportunidades para a funções de analistas e técnicos judiciários.

A confirmação da realização desse novo concurso é fundamentada em sua aprovação que já se encontra no Orçamento Federal deste ano. No documento que está registrado já existem algumas informações como os valores das inscrições, que vão de R$ 80,00 a R$ 100,00, a depender do cargo desejado.

Entre outras informações sabe-se que dentre os cargos dispostos para a concorrência, há oportunidades para pessoas com formação de ensino médio e para formação de nível superior.

A previsão é de que o número de inscrições para o certame do TRE/CE ultrapasse 35.000. Sendo esperadas aproximadamente 25.000 inscritos para o cargo de nível técnico e mais de 12.000 para o cargo de nível superior.

Podem concorrer ao cargo de técnico judiciário pessoas que possuam ensino médio completo, que tenha sido cursado em escola que possua reconhecimento do MEC, o Ministério da Educação. A remuneração inicial de um técnico é cerca de R$ 6.818,15 mensais.

Já para o cargo de analista podem entrar para a concorrência candidatos que possuam curso de nível superior nas áreas ainda a serem anunciadas. Um analista do TRE possui uma remuneração mensal de R$ 10.620,24.

O último concurso realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado do Ceará disponibilizou para a concorrência o total de 45 oportunidades, também para os cargos de técnico e analista.

A empresa organizadora do concurso foi a Fundação Carlos Chagas, que submeteu os inscritos a realização de provas objetivas e dissertativas.

Nesse sentido, se você se interessou pelo novo concurso do TRE/CE, já pode começar a se preparar para as provas, pois se tudo correr conforme o previsto, o concurso deve ser realizado no segundo semestre.

Sirlene Montes

Concurso PM-SP 2017 – Organizadora é Definida

Vunesp será a responsável pela organização do concurso. Seleção irá ofertar 74 vagas.

Recentemente a PM do Estado de São Paulo conseguiu definir a empresa responsável pela organização do próximo concurso público voltado a área da saúde. Dessa vez a instituição foi a Vunesp.

Agora basta que ambos, a Polícia Militar de São Paulo e Vunesp, acertem os detalhes burocráticos e assinem o contrato que permitem os próximos passos. O cronograma sobre o edital com as datas, o período para inscrições, local de aplicação de provas, regras e conteúdos propostos serão informados bem em breve.

Vale ressaltar a autorização que permite a realização do concurso aconteceu no dia 23 de dezembro do ano passado. Foram convocadas 74 vagas para as ocupações de 2º tenente médico PM, estagiário. As outras vagas serão anunciadas assim que o concurso for devidamente validado. Para as ocupações médicas, ainda há espera sobre o que deve ser anunciado.

Os requisitos básicos para os interessados em prestar o concurso são: ensino superior completo (e experiência na área, além de a formação ser na área escolhida) e ter até 35 anos de idade. As alturas mínimas para mulheres é de um metro e sessenta e para os homens um metro e sessenta e cinco.

Algumas informações sobre o último concurso da PM/SP para médico: no ano de 2010, 22 vagas foram disponibilizadas para a vaga acima relatada. Algumas das especialidades procuradas eram para estagiários de: médico generalista, ginecologia, psiquiatria, cardiologia, cirurgia plástica, hematologia, oftalmologia, endoscopia, anestesia, radiologia, cirurgia geral, pneumologia, urologia, fisiatria, ginecologia e obstetricia, otorrinolaringolista, cirurgia vascular, infectologia, endocrinologia, infectologia, medicina intensiva, traumatologia e neurologista.

Os requisitos para essa época era bem similares aos de agora. A idade continuava com a máxima de 35 anos, a altura era a mesma especificação. Porém, o salário inicial era de R$ 4.633,04.

O processo seletivo sob a resposabilidade da Vunesp era composta por investigação social, exames psicológicos, as rotineiras provas de condicionamento físico, as avaliações de escolaridade e conhecimentos práticos, além da prova oral e a análise de documentos requeridos. Todas as etapas eram e são classificatórias, obrigatórias e também eliminatórias.

Basta esperar a publicação do edital oficial para saber se existem mais mudanças sobre a natureza do concurso.

Yamí de Araújo Couto

Concurso Prefeitura Piracicaba (SP) 2017 – Seleção da Banca Organizadora

Seleção irá ofertar vagas na área de saúde.

Em Piracicaba, cidade no interior paulista, localizada a 164 quilômetros da capital, a Prefeitura anunciou a abertura do processo de licitação para escolher a banca organizadora do certame para preencher 9 vagas na área da saúde. Os cargos são de médicos em áreas diversas e também para terapia ocupacional.

Para fazer o concurso, o candidato deve obter formação superior específica. Os salários iniciais dos cargos variam entre R$3.765,04 e R$15.273,82, sendo as jornadas semanais de trabalho de 40 e 20 horas.

São 11 empresas disputando para ser banca organizadora do concurso: Oppus Concursos Públicos, Publiconsult, Fundatec, Consesp, Objetiva Concursos, GL Consultoria, RBO Serviços públicos, EP – Empresa Paranaense de Licitações, Instituto Nosso Rumo, Dédalus Concursos e Treinamentos e Instituto Consulpam. Uma vez que as propostas foram abertas, o documento necessário para o processo de licitação foi direcionado para que a Secretaria Municipal de Administração para análise.

As vagas para médicos são para o programa saúde da família, psiquiatra, médico do trabalho e ortopedista. São 8 vagas para médicos e uma para terapeuta ocupacional. A taxa de inscrição é de R$35,00 para todas as posições. Todas as posses serão consolidadas de acordo com o regime da Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), salvo a contratação de ortopedista, que acontecerá em caráter de estatutário.

Algumas informações sobre as provas:

O exame para terapeuta, por exemplo, será composto por 50 questões, 35 aplicando-se matérias de conhecimentos específicos e 15 sobre língua portuguesa. Já as provas para ortopedista e psiquiatra conterão 10 questões acerca de língua portuguesa, 15 acerca de políticas públicas, 5 de conhecimentos gerais e ainda 20 sobre conhecimentos específicos. Enquanto isso, as demais áreas terão a prova composta de 10 questões de língua portuguesa, 5 de conhecimento gerais, 15 sobre políticas públicas e 20 acerca de conhecimentos específicos.

Para os que se interessaram pelo processo seletivo e possuem a graduação necessária para inscrever-se, é importante ficar atento às futuras divulgações, tanto sobre a banca organizadora escolhida, quanto à informações a respeito do edital, datas de exame, entre outros.

Carolina B.

Concurso MPT 2017 – Nova Comissão é Formada

Vagas são para Procurador e edital deverá ser publicado em breve.

No dia 1º de fevereiro de 2017, foi recebida a autorização por parte do Conselho Superior, para ser realizado o 20º concurso público para quem se interessa pela carreira de procurador no Ministério Público do Trabalho (MPT). Dessa forma, a preparação segue de vento em popa.

Ficando com a responsabilidade para organizar todos os trâmites pertinentes, seguem os nomes envolvidos nos processo para o concurso, contando com dois advogados indicados pela OAB:

  • Maurício Godinho Delgado – tendo a função de ministro do Tribunal Superior do Trabalho (jurista);
  • Ronaldo Curado Fleury – com a função de procurador-geral do Trabalho;
  • Pedro Lino de Carvalho Junior – tendo a função de procurador do Trabalho;
  • Eneas Bazzo Torres – sendo o subprocurador-geral do Trabalho.

Os suplentes organizadores da comissão:

  • Lorena Vasconcelos Porto – sendo a procuradora do Trabalho;
  • Rodrigo de Lacerda Carelli – sendo o procurador do Trabalho (jurista);
  • Marcelo Freire Sampaio Costa – sendo o procurador do Trabalho;
  • Junia Bonfante Raymundo – sendo a procuradora regional do Trabalho.

Além disso, o Orçamento Federal já estipula que a realização do concurso ocorra ainda esse ano. Não existe o número oficial de vagas disponibilizadas no documento, porém, o valor da taxa de inscrição será de R$ 240 e estipula-se que o número de inscritos alcance mais de 7.500 pessoas.

Para a vaga de procurador, o requisito é bacharelado completo na área de direito, com o mínimo de 3 anos de experiência em área jurídica logo após a conclusão do término da faculdade. O salário base é de R$28.947,55.

As funções do procurador correspondem a promoção de ações correspondentes a Constituição Federal, além das leis trabalhistas. É representar a defesa dos que necessitam de representação, sendo em causas de menor tamanho, a indivíduos incapazes.

O último concurso promovido pelo MPT ocorreu em 2015, onde foram oferecidas 9 vagas, sendo distribuídas pelas cidades de Água Boa/MT, Pelotas/RS, Recife/PE, São Paulo/SP, Goiânia/GO, Brasília/DF, Corumbá/MS, Itaguaí/RJ, Vitória/ES e Pelotas/RS.

O processo seletivo se dividiu na época em teste subjetivo, prova objetiva e avaliação prática. O próprio MPT ficou responsável pela organização e realização do concurso.

O concurso do MPT é um dos mais aguardados do Brasil e onde existem um dos maiores números de concorrentes por vaga.

Yamí de Araújo Couto

Concurso Previsto da Câmara dos Deputados 2017

Câmara dos Deputados tem 523 cargos desocupados. O novo certame pretende oferecer 399 oportunidades para técnico legislativo e 124 chances na área de analista legislativo.

Em uma última auditoria realizada pela Câmara dos Deputados apontou que na Casa possuem 523 cargos desocupados. Ao todo, são 399 oportunidades para técnico legislativo e 124 chances na área de analista legislativo. A quantidade de cargos vagos representa um pouco mais de 14% do total de cargos do quadro de pessoal da Casa. Quadro este que é composto por 3.642 servidores distribuídos entre as áreas citadas. A função que mais necessita de funcionários é a de assistente administrativo, a qual possui 359 postos vagos. A mesma, amarga desde o ano de 2007 um jejum quando se trata de seleção. Na época 90 vagas foram disponibilizadas com remuneração mensal de R$ 3.252,22.

De acordo com informações da assessoria da Casa, existe uma autorização para que seja realizado o certame, porém ainda não há previsão quando se trata de data. Também há uma previsão deste processo de seleção no Projeto de Lei Orçamentária Federal para o ano de 2017. O Orçamento deste ano já se encontra em análise no Congresso Nacional.

O último processo de seleção realizado pela da Casa foi terminado no mês de agosto de 2015 e disponibilizou 113 oportunidades para as funções de analista legislativo e técnico. Do total de vagas, 53 oportunidades são para o cargo de analista e 60 chances para técnico. O processo de seleção naquele momento computou 51.789 inscritos, o que representava no momento uma concorrência de, cerca de 458 por vaga.

Aquela seletiva ofereceu dois dos mais altos salários do funcionalismo público, que eram: R$ 25.105,39 e R$ 12.286,61, para analistas (fiscalização financeira, consultor legislativo e consultor de orçamento) e para técnico legislativo (agente de polícia legislativa), respectivamente.

O processo público de seleção naquele ano teve fases de avaliações discursivas, objetivas, avaliação de títulos (somente para nível superior) e também avaliação de aptidão física (apenas para candidatos que concorreram ao cargo de agente de polícia). Todas as fases foram realizadas na cidade de Brasília no Distrito Federal. A banca organizadora foi a Universidade de Brasília (Cespe/UnB) por meio de seu Centro de Seleção e de Promoção de Eventos.

Por Filipe Silva

Concurso para Diplomata 2017 – Informações sobre a Carreira e Seleção

Confira aqui todas as informações sobre a carreira e concurso para Diplomata.

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil é órgão do Poder Executivo que está a cargo de prover a assessoria da presidência da república no que diz respeito as relações entre países, desempenho e formulação de aspectos nesse sentido. Uma das carreiras mais importantes desse ministério é a de diplomata.

Para se tornar um diplomada é necessário que o servidor faça um concurso público que é realizado pelo Instituto Rio Branco em uma ação conjunta com o Cebraspe. Qualquer brasileiro nato pode participar do concurso para a carreira. Mas é necessário também que esteja matriculado no Curso de Formação do Instituto Rio Branco.

Concurso Diplomata 2017

O ministério tem por hábito abrir um concurso sempre ao final do primeiro semestre do ano. Ou seja, a previsão é de que até o final de julho de 2017 uma nova seleção seja aberta.

Uma das principais vantagens para aqueles que querem concorrer para a carreira é a necessidade de contar apenas com formação de nível superior, não sendo necessária a formação específica em alguma área.

O salário inicial da função é de R$16 mil, mas o servidor pode chegar a receber R$27 mil.

Etapas do concurso para Diplomata

São três avaliações. Na primeira fase o inscrito passa por prova objetiva com questões sobre Direito Internacional, Economia, Inglês, Internacional, Geografia, História Mundial, Geografia, História do Brasil e Português.

Na segunda fase são aplicadas provas de redação.

A terceira é composta por seis avaliações que incluem espanhol e inglês.

Escolaridade

Diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior reconhecido pelo MEC. Quem tiver se formado em instituição de ensino estrangeira deverá revalidar o diploma conforme a lei brasileira dispõe.

Constam também como requisitos ser brasileiro nato, estar em dia com as obrigações do serviço militar (sexo masculino), em pleno gozo dos direitos políticos, em perfeito estado de aptidão física e mental, entre outros.

Vale lembrar que a carreira de diplomata é dividida em várias classes, sendo as seguintes: Ministro de Primeira Classe, Ministro de Segunda Classe, Conselheiro, Primeiro Secretário, Segundo Secretário e Terceiro Secretário.

A jornada de trabalho do diplomata é composta por 40 horas semanais. Além do salário esses servidores recebem ainda vale alimentação no valor de R$458. Quem tem filhos também receberá auxílio-creche.

Para maiores informações acesse http://www.itamaraty.gov.br/pt-BR/.

Por Denisson Soares

Polícia Militar deve realizar Vários Concursos em 2017

Quadro de policiais da maioria dos estados está bem abaixo do estipulado em lei.

O resultado de um estudo realizado recentemente apontou um grande problema na sociedade brasileira. É que segundo a pesquisa, muitos lugares do Brasil não possuem o número estimado de policiais militares.

Ao que pode observar, as Polícias Militares de alguns lugares do Brasil estão com menos policiais em seu efetivo, fato que vai contra as leis estaduais que determinam a quantidade de policiais que as corporações devem ter, baseando-se no número de habitantes das cidades e estados. O problema maior revelado pela pesquisa está no fato de que de 27 PMs, quase todas trabalham com o efetivo menor, o que se somam 25.

Existe uma lei que é estadual e que determina o número de militares que cada batalhão deve possuir.

De acordo com essa lei estadual que tem validade para todos os estados brasileiros, os batalhões da PM de cada estado deveriam possuir cada um o equivalente a 600 mil militares. Contudo, atualmente eles possuem em média 430 mil policiais. Além de estarem com esse número reduzido de militares, em onze estados brasileiros desde o ano de 2012, suas tropas vêm sofrendo uma diminuição gradativa.

A partir da soma dessa baixa de todos os batalhões, o déficit de policiais militares já ultrapassa a marca de 160 mil.

Percebe-se que essa redução de homens nos batalhões de todo o Brasil é uma deficiência que se encontra na lei, visto que não existem leis que especificamente determinem um número fixo de efetivos da PM.

Na realidade a Lei atual aponta para o número ideal e militares, mas não obriga a manutenção desses homens nas corporações, o que faz com que essa lei estadual seja vista apenas como o parâmetro de uma marca ideal e que passa longe de ser real.

A pesquisa revelou que dos 27 batalhões estaduais que participaram do estudo, somente os de Minas Gerais, Espírito Santo, Ceará e Minas Gerais possuem um pouco mais de 80% do número de militares apontado na lei, o restante trabalha com bem menos que isso.

Com um número menor de policiais militares a população fica desprotegida, pois cria-se buracos na segurança de toda a sociedade e inclusive dos próprios militares, que têm que se desdobrar em suas funções e mesmo assim não conseguem fazer o seu trabalho como deveriam.

Sirlene Montes

Concurso Polícia Civil MS 2017 – Edital em Breve

Seleção deverá ofertar vagas para Delegados, Investigadores e Escrivões.

Uma das entidades que mais realizam concursos públicos no Brasil é a Polícia. A instituição todos os anos abre editais para a contração de novos oficiais tanto para as categorias de civis, militares, federais, rodoviários, dentre outras. E dessa vez é a Polícia Civil do estado do Mato Grosso do Sul que vai realizar provas para contratar novos profissionais para este ano.

Segundo informações da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, a Sejusp, o concurso vai oferecer cerca de 300 vagas para diferentes cargos, sendo 100 para investigadores, 50 para delegados e 150 para escrivões. Para todas essas funções são oferecidos alguns benefícios como: plano de saúde e odontológico, que são estendidos aos dependentes do militar, plano de carreira, dentre outros, além é claro, da excelente remuneração, que varia de R$ 3.000,00 reais a R$14.000,00 reais, dependendo da função exercida.

Para os interessados em uma dessas vagas, existem alguns pré-requisitos como: para a ocupação de delegado, o interessado precisa ser formado em direito. Já para os ofícios de investigador e de escrivão é imprescindível que os interessados tenham concluído algum curso que esteja relacionado ao Ministério da Educação. Os pretendentes ao trabalho de investigador também é necessário possuir carteira de habilitação de automóvel, caminhão ou ônibus.

Segundo o órgão organizador do concurso, a Sejusp, o processo seletivo vai ser composto por prova oral, escrita, de títulos, de digitação, teste de saúde, exame de aptidão física, investigação social, testes psicológicos e um curso de formação primária de técnico profissional, lecionado por oficiais da Academia de Polícia Judiciária Civil, lembrando que todas as fases são eliminatórias e classificatórias. Ainda não foi informado o dia, horário e nem o local onde aconteceriam os exames. Mas a previsão é que o edital seja publicado no mês de março.

O último exame realizado pela Polícia Civil do Mato Grosso do Sul foi em 2013 e também contratou pessoas para os cargos descritos acima. A remuneração também girava em torno do valor estabelecido para este concurso, a carga horária era de 40 horas semanais e tinham-se escalas estabelecidas por militares superiores. É de grande valia conferir o edital do último exame, para isso acesse aqui.

Se você atende aos requisitos e tem interesse pela carreira de oficial, participe do concurso. Fique atento aos meios de comunicação, sites especializados em concursos e claro ao site da instituição, que pode ser acessado através deste endereço: http://www.pc.ms.gov.br/. E se você quer ter uma noção do que é este concurso, você pode estudar pelas provas anteriores, através deste link: https://www.pciconcursos.com.br/provas/policia-civil-ms/. Uma ótima preparação e boa sorte!

Isabela Castro.

Concurso TJ-AL 2017 – Comissão já está Preparando Edital

Certame deverá ofertar vagas para os cargos de Auxiliar, Técnico e Analista Judiciário.

O Tribunal de Justiça de Alagoas deverá lançar ainda este ano o edital do Concurso TJ AL com vagas sendo oferecidas para as carreiras de auxiliar judiciário, técnico e analista.

No último dia 22 de fevereiro aconteceu uma reunião da comissão do concurso alagoano para discutirem e definirem quais serão os critérios que deverão entrar no edital bem como analisar as necessidades apresentadas pelo Poder Judiciário.

A equipe foi oficialmente instituída pelo presidente do TJ de Alagoas, o desembargador Otávio Leão Praxedes.

Segundo comentários feitos pelo presidente da comissão, o desembargador Alcides Gusmão da Silva, até o momento não há uma previsão sobre quando o edital deverá ser publicado, porém, é bem possível que sejam ofertadas vagas para concursandos com formação em nível médio e superior.

Essa primeira reunião teve como principal objetivo fazer o levantamento dos dados necessários para que então fosse possível trabalhar na elaboração do edital. Gusmão diz que apesar de não se poder, ao menos no momento, saber com exatidão a quantidade de vagas que deverão ser oferecidas, os levantamentos preliminares apontam que há uma carência de cerca de 300 cargos.

A comissão que foi definida para a elaboração deste concurso público é composta pela presidente do Serjal, Raquel Faião Rodrigues, pelo servidor Alexandre de Caiado Castro Moraes, que será o secretário, do diretor-adjunto de Gestão de Pessoas do Tribunal, Klístenes Silva Lessa, pelo juiz Hélio Pinheiro e pelo diretor-geral do TJ/AL, Alexandre Sodré Arruda, além do desembargador supracitado.

Também será responsabilidade da comissão realizar o levantamento quantitativo em relação a quantidade de vagas que deverão ser preenchidas através do novo certame. Também será função do grupo definir a organizadora.

Cargos TJ Alagoas – Informações

– Analista Judiciário Especializado

A função requer diploma válido de conclusão de graduação no curso de bacharelado em Direito. O salário inicial é previsto em R$ 9 mil.

– Auxiliar Judiciário

Formação de nível médio completo, curso técnico ou profissionalizante equivalente. Salários de R$2.493,39.

– Técnico Judiciário

Formação de nível médio completo, curso técnico ou curso profissionalizante equivalente. A remuneração oferecidas é no valor de R$4.339,20.

O último concurso público realizado pelo Tribunal de Justiça de Alagoas contou com a aplicação de provas objetivas para todos os cargos, provas discursivas, avaliação psicológica, avaliação de títulos, exames físicos e mentais. Algumas etapas foram específicas para alguns cargos.

Para maiores informações acesse www.tjal.jus.br.

Por Denisson Soares

Concursos do Exército Previstos para 2017

Veja aqui quais são os concursos públicos do Exército previstos até julho deste ano.

Para quem estava procurando informações sobre os concursos públicos do Exército Brasileiro, elas acabam de chegar. Segundo essas informações, para o ano de 2017 estão previstos vários concursos, todos para serem lançados ainda neste semestre, mais precisamente entre os meses de abril e julho. Continue ledo este artigo e saiba mais.

Veja a listagem das seleções que já estão confirmadas para este ano:

– Escola Preparatória de Cadetes do Exército, EsPCEx: Combatentes e aviação;

– Escola de Sargento das Armas, EsSA : Aviação e Combatentes;

– Escola de Sargentos de Logística, EsSLog: Saúde e Música;

– Escola de Formação Complementar do Exército, EsFCEx: Instituto Militar de Engenharia, IME e Capelão;

– Escola de Saúde do Exército, EsSEx.

Segundo um cronograma, o primeiro concurso do Exército Brasileiro está previsto para o mês de abril, sendo ele o EsPCEx. Para o mês de maio deve sair o Concurso para o EsSa e EsSlog. Já para o mês de junho estão previstos o EsFCEx e o EsFCEx. E encerrando a temporada de concursos do Exército Brasileiro o último concurso será o da EsSEx, no mês de julho.

O Exército exige pré-requisitos diferentes para cada categoria de seus concursos públicos. Dessa forma os interessados devem aguardar a publicação de seus editais e assim verifica-los. Também é possível saber mais informações acessando editais de concursos já realizados.

Os concursos anunciados para acontecer este ano oferecem oportunidades para pessoas de ambos os sexos, com formação de ensino médio (até em curso), formação técnica em área de saúde, formação de nível superior, músicos, pastor/sacerdote com teologia, formação em medicina, odontologia e farmácia.

Como os editais ainda não foram publicados, não se pode afirmar com precisão o número de vagas a serem disponibilizadas para a concorrência nos concursos. Mas a partir de um levantamento dos concursos já realizados, as oportunidades para o ano de 2017 devem estar em torno de 1.000.

Se você possui interesse na realização de um desses concursos, verifique os conteúdos a serem estudados em editais de concursos passados e já comece a se preparar para as provas classificatórias.

Faça parte do Exército Brasileiro, escolha em que área você deseja atuar, informe-se e comece a se preparar.

Sirlene Montes

Concurso PRF 2017 – Edital para Policial Rodoviário em Breve

Seleção espera autorização do Ministro da Justiça e deverá ofertar mais de mil vagas.

Bem, se você está aguardando a realização do concurso público mais esperado do país, o da Polícia Rodoviária Federal (PRF), esteja ciente que tudo deve ser “agilizado” assim que houver a indicação do novo ministro da justiça, pelo presidente Michel Temer. A prioridade da seleção já foi um dos aspectos citados pelo mais novo diretor geral, Renato Dias. De acordo com as pautas oficiais, já existe uma solicitação para o concurso e a mesma já está sendo encaminhada para o Ministério da Justiça. O prazo é até o dia 31 de maio para o reencaminhamento do processo para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Houve algumas mudanças em relação ao pedido anterior, uma oferta de 1.300 vagas somente destinadas a carreira policial, número menos expressivo que o anterior, de 2016, sendo de 1.500.

Vale ressaltar que para acelerar o processo já existe uma minuta do edital preparada, tendo sido elaborada desde o final de 2016, com o intuito de que o concurso tenha a possibilidade de ser iniciado prontamente após a autorização do MPOG.

Os interessados em concorrer ao cargo para policial rodoviário devem possuir curso de ensino superior, sem restrição de área de formação. É necessário também carteira de habilitação na categoria “B”. Os selecionados contarão com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Vale ressaltar que houve aumento progressivo para os profissionais da área, podendo ser caracterizado como uma suposta “valorização” dos mesmos. Portanto, o salário inicial, que antes era de R$ 7.167,91, em janeiro passou para o valor de R$ 9.491,98, com adicionais inclusos.

Há ainda mais dois reajustes, que ocorrerão em janeiro de 2018 e janeiro de 2019. Os valores passarão e sofrerão modificações estimadas em R$ 9.931,57 e R$ 10.357,88.

As funções e atribuições do concursado são: desenvolvimento de atividades de ordem policial, incluindo: fiscalização, patrulhar e policiar, socorro a possíveis vítimas de acidentes em estradas e rodovias, além de todas as funções competentes com o setor operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

Um dos motivos para a espera aguardada e ansiosa do concurso é por conta da data de sua última realização, que ocorreu em 2013, tendo quase cento e dez mil inscritos para mil vagas.

Yamí de Araújo Couto

Concurso Sesi de Rondonópolis (MT) 2017 – Edital em breve

Certame ofertará 85 vagas para diversos cargos.

Para todos aqueles que procuram uma recolocação profissional mediante essa crise financeira que assola o Brasil de norte a sul, eis a boa notícia que pode acalmar os ânimos. O Serviço Social da Indústria (SESI) da cidade de Rondonópolis/MT está com previsão de concurso público para o preenchimento de 85 vagas para diversos cargos para a área administrativa.

Os níveis de escolaridade variam de ensino fundamental completo até formação superior, dependendo do cargo que o candidato escolher. Todas as informações sobre a esperada publicação do edital poderão ser vistas no link http://www.2017concursos.com/topico/vagas-sesi-rondonopolis-2017/ em que o candidato pode cadastrar seu e-mail para receber mais informações sobre o concurso.

Os salários variam muito e vai depender do grau de escolaridade do candidato, mas ficam entre R$ 967,00 até R$ 17.505,00, o que atrai muitos concurseiros até mesmo de outras regiões do país. Além dos atrativos salários, a instituição oferece vale-transporte, convênio médico e odontológico e descontos em alguns estabelecimentos comerciais.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais de segunda a sexta-feira.

Vale lembrar que nenhuma informação pessoal ou profissional do candidato deverá ser omitida, sob pena de eliminação do concurso, pois tudo será posteriormente checado e todos os documentos comprovatórios deverão ser entregues aos responsáveis pelo certame, caso o candidato seja aprovado.

O Sesi foi criado em 1946 e é o principal parceiro da indústria brasileira, além de oferecer vários programas de incentivo para melhorar a qualidade de vida das pessoas e de todos os trabalhadores. A instituição oferece alguns cursos profissionalizantes totalmente gratuitos para pessoas de baixa renda, além de ser totalmente voltada para a inclusão social dessas pessoas, seja no mercado de trabalho, seja na sociedade como um todo. Além disso, o Sesi está presente em vários municípios brasileiros em constante parceria com a indústria local. Não perca a chance de trabalhar em uma empresa sólida no mercado, ter estabilidade, além de ótimo salário e faça imediatamente a sua inscrição.

Fique atento a publicação do edital, que pode sair em breve, boa sorte no concurso e nessa nova etapa profissional.

Por Rodrigo Souza de Jesus

Concurso Correios 2017 – Seleção deve ofertar Vagas de Nível Médio

Certame deverá contar com vagas para Carteiro e Operador de Triagem e Transbordo

O concurso dos Correios tinha sido anunciado em 2012, mas até hoje tem sido um dos mais aguardados pelos brasileiros. Todos os anos sempre tem “algo” impedimento a abertura do certame. Porém, agora a expectativa é que o concurso realmente aconteça graças ao programa de demissão voluntária que deverá abrir o caminho para as novas seleções.

No de 2015, o órgão já havia organizado tudo para lançar um edital oferecendo cerca de 2.000 vagas. Seriam oportunidades para carteiro e operador de triagem e transbordo. Mas antes de isso acontecer o Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais ordenou que não fosse ampliado o quadro de pessoal. Um dos principais motivos apontados foi a forte crise financeira do país.

Ainda assim, ano após ano a categoria vem insistindo na realização de um concurso pela grande defasagem de pessoal. Fato este que tem prejudicado a prestação de serviços por parte do órgão.

Defasagem de Pessoal

Até o momento a informação é de que há uma carência de 20.000 servidores para o órgão. Esses dados foram confirmados pelos Correios, segundo informa a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect).

De acordo com Mauro Aparecido Ramos, diretor do Sintect/Cas, é preciso que seja realizado uma nova seleção o mais rápido possível. O sindicalista relembrou também que nos últimos anos houve demissões voluntárias, como ocorreu entre 2013 e 2014, quando 7.000 funcionário foram demitidos. Os postos vagos, segundo Mauro, ainda não foram preenchidos uma vez que o último concurso para o órgão aconteceu em 2011.

Em 2016 o órgão havia divulgado a previsão de 2.000 vagas efetivas. Seria formado também cadastro de reservas. As vagas estariam sendo distribuídas para 11 estados. O edital deveria trazer vagas para operador de triagem e transbordo e carteiro. Ambas as funções são de nível médio.

Para OTT a remuneração inicial era de R$ 1.284 (incluindo a gratificação). Para carteiro o salário seria de R$ 1.620,50. Também é oferecido aos contratados vale-alimentação/refeição podendo variar entre R$971,96 e R$1.092,48. Com o valor máximo das carreiras os salários podem chegar a R$ 2.376,48 para operador e de R$ 2.712,98 para carteiro.

Entre os benefícios oferecidos estão o vale-transporte, auxílio babá, auxílio-creche, adicionais e possibilidade de adesão ao Plano de Previdência Complementar.

Por Denisson Soares

Concurso TJ-AL 2017 – Nova Seleção deve Ocorrer Este Ano

Certame deverá ofertar vagas para Analista e Técnico Judiciário. Comissão responsável pelo concurso já foi definida.

Para quem reside no estado de Alagoas e está esperando a oportunidade de prestar um concurso público, essa chance está chegando. É que o desembargador e também presidente do Tribunal de Justiça do estado de Alagoas, o senhor Otávio Leão Praxedes, no último dia 16 do mês de fevereiro, nomeou uma comissão que se encarregará de todos os trâmites para a realização de um novo concurso público do Tribunal de Justiça do estado.

No documento que institui a nova comissão do concurso estão presentes os nomes de Alcides Gusmão da Silva, também desembargador, que será o presidente da comissão, além de outros integrantes como o juiz Hélio Pinheiro (que é o diretor geral do TJ), Alexandre Sodré Arruda (que é o diretor-adjunto do TJ), Klístenes Lessa, Alexandre de Castro Moraes (nomeado secretário comissão) e Raquel Faião Rodriges (que é a atual presidente do Sindicato dos Servidores, o Serial).

Embora o concurso público do TJ de Alagoas esteja ainda em sua fase inicial, a expectativa é de que sejam disponibilizadas para a concorrência oportunidades para os cargos de analista judiciário e de técnico.

Ao que se sabe, para a função de analista os interessados precisam possuir formação de nível superior em áreas diversas. Já para o cargo de técnico os interessados precisam possuir ensino médio completo.

Segundo informações do próprio TJ, um técnico possui uma remuneração inicial no valor de R$ 3.956,13 mensais. Por sua vez, um Analista do TJ deve receber inicialmente o valor de R$ 6.047,89 mensais. Além disso, além do salário mensal esses profissionais devem receber benefícios e gratificações.

Contudo, não existem informações ainda sobre o número de vagas a serem disponibilizadas para a concorrências e nem as especialidades. Porém, esses detalhes em breve devem ser anunciados, quando a empresa organizadora do certame for contratada e tomar a frente de todo o processo, que inclui um levantamento no quadro atual de servidores, a elaboração e divulgação do edital, abertura do período de inscrições e elaboração e aplicação das provas.

Ao que tudo indica, se tudo ocorrer como o planejado, o Concurso Público do Tribunal de Justiça do estado de Alagoas deve ocorrer ainda neste primeiro semestre de 2017.

Sirlene Montes

Concurso PM-SP 2017 – Novo Edital pode Oferecer 3.107 Vagas

Seleção irá ofertar vagas para o cargo de Soldado de 2ª Classe.

Para quem já vem se preparando e tentando ser aprovado ou deseja prestar pela primeira vez concurso público para a Polícia Militar de São Paulo, as notícias que acabam de chegar são favoráveis. É que um novo concurso já foi autorizado e as oportunidades são para pessoas que possuam ensino médio completo.

Como foi informado, a realização de mais um concurso para a PM do estado de São Paulo é para complementar o número de vagas de um processo de seleção que já havia se iniciado no ano passado. Dessa forma, para quem já havia tentado o certame do final de 2016, terá mais essa chance, já que o concurso é basicamente o mesmo, pois prevê a oferta de vagas para Soldado de 2ª classe, cujo remuneração inicial é no valor de R$ 2.929 mensais.

Segundo as primeiras informações, o novo concurso da PM de São Paulo deve acontecer, se tudo ocorrer como o planejado, ainda neste semestre, mas caso isso não seja possível, será no início do segundo semestre de 2017.

A autorização para a realização de mais esse concurso já foi dada pelo atual Governador do estado, Geraldo Alckmin, no mês de agosto do ano passado. Na ocasião a autorização foi para a disponibilidade de mais de 5 mil vagas para cargos de Soldados. Dessa forma, no ano passado o primeiro concurso ofertou quase 3 mil vagas. Sendo assim, o concurso desse ano deve disponibilizar para a concorrência o equivalente a 3.107 oportunidades para compor o quadro de soldados da Polícia Militar de São Paulo.

A concorrência é aberta para candidatos, homens e mulheres, que possuam ensino médio completo, que tenham de 17 a 30 anos de idade, altura mínima de 1,55 para mulheres e 1,60 para homens, além de carteira de motorista nas categorias “B’ e “E”.

Um soldado de 2ª classe da Polícia Militar recebe inicialmente uma remuneração no valor de R$ 2.357,76, acrescidos do adicional relacionado a insalubridade no valor de R$ 571,51.

Dessa forma, a recomendação é de que os interessados em realizar o concurso devem estar atentos, pois em breve deve ser publicado o edital e o prazo para inscrições.

Sirlene Montes

Concurso PM-AL 2017 – Edital deverá ser Divulgado em Março

Certame deve ofertar 1.040 vagas de nível médio.

É muito grande a expectativa para a abertura de um novo concurso público para a Polícia Militar do estado de Alagoas. Ao que tudo indica, a publicação do edital será em março de 2017. A previsão foi confirmada recentemente pelo Governador Renan Filho, por ocasião de uma entrevista coletiva à imprensa.

Até o presente momento não foi dada informações detalhadas sobre a quantidade de vagas que deverão ser contempladas pelo concurso. Mas é bem provável que o número oferecido seja mais ou menos igual ao apresentado pelo último processo seletivo que ofereceu aos concursandos 1.040 vagas.

Requisitos mínimos que serão exigidos:

De acordo com as informações divulgadas até agora, os candidatos que quiserem concorrer as vagas precisam contar com formação de nível médio completo. A idade mínima exigida é de 18 anos e a máxima de 30 anos. Além disso, a função requer que os profissionais tenham habilitação na categoria B. A altura mínima exigida é de 1,65m para homens e de 1,60m para mulheres.

O valor dos salários iniciais não foi divulgado.

Uma vez que a publicação do edital esta próxima, é bem provável que já nos próximos dias seja definida a banca organizadora do concurso.

O anúncio da próxima seleção para a Polícia Militar do estado foi feito no mês de outubro do ano passado, pelo próprio governo do estado. Na ocasião o governo havia destacado a situação financeira do estado. De acordo com ele, assim como diversos outros estado, Alagoas também se encontra em dificuldade. Mesmo assim, ele deu garantias de que irá promover uma nova seleção para a PM.

Recentemente foram chamados para a atividade 800 novos policiais. Segundo o governo, fazer isso é importante para deixar claro para a população que o objetivo é seguir em frente mesmo apesar das dificuldades.

Último concurso PM-AL

A última seleção para a polícia militar do estado ofereceu um total de 1.040 vagas para os cargos de soldado combatente e oficial. Na ocasião a organização do certame ficou a cargo do Cespe/UnB.

A triagem dos candidatos foi realizada por meio da aplicação de provas objetivas, testes discursivos, aptidão física, exames médicos, avaliação psicológica, comprovação de documentos e também investigação social.

Para obter maiores informações sobre está e outras oportunidades do estado de Alagoas acesse www.governo.al.gov.br.

Por Denisson Soares

Concurso PM-TO 2017 – Novo Edital em Breve

Seleção deverá ofertar 1.040 vagas para soldado e oficial.

O concurso da Polícia Militar do estado do Tocantins (PM/TO) vem sendo aguardado desde o ano passado e a expectativa é de que o edital seja publicado em breve. A previsão é de que sejam oferecidas aos concursandos um total de 1.040 vagas. O documento já está em fase de elaboração.

Em um primeiro momento este concurso público estava sendo previsto para ser lançado no mês de agosto, mais precisamente no dia 25, uma vez que é nessa data em que é comemorado o dia do soldado. Mas por algumas questões burocráticas ele acabou sendo adiado.

O concurso da polícia militar do Tocantins irá oferecer 1.000 oportunidades para o cargo de soldado e mais 40 para o cargo de oficial. De acordo com os setores ligados a esse concurso, a ideia é que com a realização desta seleção seja possível intensificar o combate à violência em especial na zona sul da capital do estado.

Saiba mais:

Tendo como base o último concurso público para a PM, a função de soldado pediu dos candidatos a formação de nível médio. A idade mínima exigida era de 18 anos e a máxima de 30 anos. Para candidatos do sexo masculino a altura exigida era de 1,63m e para candidatos do sexo feminino de 1,60m.

Também é fundamental que os interessados não tenham nenhuma pendência com relação aos deveres militares, eleitorais e civis.

É interessante observar que um outro requisito que deverá agora ser parte dos itens obrigatórios é a Carteira Nacional de Habilitação na categoria B.

Outra informação importante é que as oportunidades para a função de oficial serão destinadas para candidatos que tenham formação de nível superior.

Último concurso da PM/TO

No ano de 2013, a Polícia Militar de Tocantins realizou um concurso público que tinha como finalidade o preenchimento de 300 vagas para soldado. Na época a banca que ficou a cargo da organização técnica-administrativa foi a Consulplan.

Durante o período de formação a PM ofereceu aos participantes um auxílio financeiro no valor de R$ 800,00. Para quem foi aprovado no curso os salários oferecidos eram de R$ 3.057,77 mais o vale alimentação.

A seleção dos candidatos foi feita por meio de seis etapas. Foram aplicadas provas objetivas e discursivas, testes de capacidade física, avaliação psicológica, exames médicos e odontológicos, investigação social e curso de formação.

Por Denisson Soares

Concurso DER-SP 2017 – Novo Pedido de Seleção para 233 Vagas

Oportunidades devem ser para profissionais de nível médio e superior. Salários podem chegar a R$ 6 mil.

O Departamento de Estradas de Rodagem que pertence ao Estado de São Paulo está com algumas deficiências em seu quadro de pessoal. Na realidade, desde o ano de 2009 nenhum concurso público foi realizado para resolver esse problema.

Como mais uma tentativa, foi encaminhada pelo DER para a Secretaria Estadual de Gestão Pública mais uma solicitação de realização de um novo concurso.

Segundo o DER de São Paulo, se o governo estadual autorizar o concurso público, serão disponibilizados para a concorrência o equivalente a 233 oportunidades em seu quadro de servidores.

Dentre essas mais de 200 vagas, há oportunidades para pessoas com formação escolar diferente, sendo 178 postos de trabalho para pessoas que possuam ensino médio completo e os restantes (55 vagas) são para candidatos que possuam ensino de nível superior.

A remuneração desses cargos parte de R$ 1.216,00 até R$ 6mil, a depender da função pleiteada.

Embora o último concurso tenha ocorrido no ano de 2009, desde o ano de 2014 vem sendo solicitado ao governo a autorização para a realização de um novo concurso, que na ocasião previa a disponibilidade de mais de 800 vagas em várias funções no DER.

Contudo, em decorrência da intensa crise na economia que se instalou no Brasil e dura até os dias atuais, a realização do concurso não chegou a ser aprovado.

Dessa vez, para conter gastos e atender à necessidade no quadro de pessoal, a solicitação foi de um número reduzido de vagas.

Segundo informações cedidas pelo Departamento, a Secretaria De Gestão Pública de São Paulo já recebeu a solicitação e agora a sua autorização depende da assinatura do atual governador do estado, Geraldo Alckmin. A previsão é de que autorização aconteça ainda neste primeiro semestre do ano de 2017.

A intenção do DER é que assim que autorizada a realização do novo concurso, todos os procedimentos sejam agilizados de modo que as contratações dos aprovados comecem a acontecer no mês de outubro deste ano.

Diante da real necessidade de novos servidores para o DER, a expectativa é de que seja autorizado.

Dessa forma, se você deseja prestar concurso público ano de 2017, comece a se preparar pois se a solicitação do DER for atendida, em breve ele deve acontecer.

Sirlene Montes

Concurso MP-RN 2017 – Edital deverá ser Publicado em Breve

Seleção vai ofertar 37 vagas para diferentes níveis de formação.

Os concursos públicos atualmente são uma forma de estabilidade na carreira profissional. Pessoas dedicam horas e horas estudando para essas provas, pois sabem a garantia do que podem ter ao conseguir um cargo através desses testes. E um dos mais aguardados para este ano é o exame que o Ministério Público do Rio Grande do Norte vai realizar para contratar profissionais de diferentes níveis de formação.

O concurso vai disponibilizar 37 vagas, nas quais estão divididas da seguinte forma: 29 cargos para quem possui formação técnica, sendo oito para analistas de sistemas e 29 para auxiliares administrativos. Além de oito oportunidades para profissionais que são formados em cursos superiores, com uma vaga para psicólogo, uma para administrador, três cargos para contador, duas oportunidades para engenheiros civis e uma vaga para o setor de inteligência. A previsão é de que o edital seja divulgado ainda neste mês ou em março. Já a data para realização das provas não foi informada. Lembrando que todos os profissionais necessitam ter a formação necessária.

Os profissionais selecionados para atuarem no Ministério Público do Rio Grande do Norte terão direito a alguns benefícios como: vale-alimentação e plano de saúde. Já a remuneração é diferente para os níveis de escolaridade, os candidatos que possuem graduação o salário gira em torno de R$ 5.000,00 reais e para os técnicos é de R$ 4.000,00 reais. Além desses benefícios citados, os dirigentes do MP/RN se preocupam em manter um ambiente que favoreça o trabalho em grupo e o desenvolvimento de cada empregado e de cada setor.

As provas deverão ser idealizadas e aplicadas pela Comissão Permanente do Vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É de extrema importância que os candidatos estudem e testem seus conhecimentos através dos testes anteriores similares aos realizados pelo Ministério Público, você pode ter acesso a essas provas através deste endereço: https://jcconcursos.uol.com.br/vip/ProvasAnteriores.aspx. Outra forma de se preparar é fazer o simulado do MP, que pode ser acessado aqui, é preciso se cadastrar para fazer o teste. E se você se interessou em realizar este concurso, fique atento ao site do Ministério Público do Rio Grande do Norte: http://www.mprn.mp.br/portal/. Não deixe de acompanhar os endereços citados acima para se informar sobre o calendário que envolve esse concurso. Boa sorte!

Isabela Castro.