Concurso Previsto do TRE-RJ em 2017

Certame irá contemplar vagas para os cargos de Técnico e Analista Judiciário.

Já foi divulgado o texto da LOA de 2017 que dispõe sobre a realização do mais novo concurso público para o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro Concurso TRE RJ 2017. De acordo com as informações divulgadas até o presente momento as oportunidades que estarão sendo oferecidas serão direcionadas para os cargos de técnicos e analistas judiciários. A exigência principal para a participação é contar com formação de nível médio (para técnicos) e de nível superior (para analistas legislativos). Os novos profissionais irão desempenhar suas atividades em diversas áreas de atuação no órgão.

Ainda de acordo com a Lei Orçamentária Anual de 2017 há uma previsão de R$3,4 milhões referentes a taxas de participação. Esse valor pode ser justificado quando consideramos os dados do último concurso no qual foram mais de 43 mil inscritos concorrendo para apenas 19 vagas de preenchimento imediato.

Em 2012 o concurso teve a organização técnica-administrativa a cargo do Cespe/Cebraspe. Na época o cargo que obteve o maior número de candidatos inscritos foi de técnico para a área administrativa. Foram constatadas 30.742 inscrições para 9 vagas de caráter imediato. Para esta função, até o presente momento, já foram convocados pelo órgão mais de 140 servidores considerando o prazo de validade do certame. Para o cargo de analista, a função que teve um maior número de concorrentes também foi a área administrativa. Neste caso, foram 3.712 candidatos para pleitearem 3 vagas imediatas.

Sobre o valor dos salários oferecidos aos profissionais do TRE – RJ atualmente, a informação é de que eles são no valor de R$6.168,00 para técnicos (nível médio) e de R$10.119,92 para analista (nível superior). Para os dois casos a jornada de trabalho é composta por 40 horas semanais.

No dia 17 de outubro de 2016 o TRE RJ também havia publicado um novo edital. Por meio deste documento foram nomeados um total de 27 aprovados. Todos eles para o cadastro de reserva referente ao concurso do TRE RJ de 2012. Nesta publicação nove convocados foram direcionados para cargos técnicos na área administrativa, dez para analista judiciário e oito para analista administrativo.

Como há a dispensa de licitação o próprio órgão prevê que a publicação do edital para o concurso do TRE RJ 2017 aconteça ainda no primeiro semestre de 2017. Caso isso ocorra é bem provável que a aplicação das provas ocorram na segunda metade deste ano. A organizadora, novamente, deverá ser a Cebraspe (Cespe).

Se você ainda não começou seus estudos fique atento já que agora é uma questão de tempo para que o edital seja publicado.

O próprio TRE-RJ estima que para este concurso sejam inscritos cerca de 15.000 candidatos para os cargos de Analista e 35 mil candidatos para os cargos de Técnico. As taxas de participação devem ficar entre R$65 e R$80.

Para saber mais acesse www.tre-rj.jus.br.

Por Denisson Soares

Concurso CRO-RS 2017 – Edital em Breve

Fundação La Salle deverá divulgar o edital do novo concurso do CRO-RS nos próximos dias.

No estado do Rio Grande do Sul, já está confirmado a realização de um concurso público do Conselho Regional de Odontologia, o CRO/RS. O concurso oferecerá oportunidades para várias áreas. Algumas das vagas são para posse imediata, outras para o preenchimento de cadastro reserva, o CR.

Embora o edital ainda não tenha sido publicado, as informações são de que poderão concorrer às vagas disponíveis no certame pessoas com diferentes níveis de escolaridade. Da mesma forma ocorre com os cargos e número de vagas disponíveis, os salários também não foram divulgados.

Para a organização e realização do Concurso do Conselho de Odontologia Do Estado do Rio Grande do Sul foi contratada a empresa Fundação La Salle, que segundo informações dentro de poucas semanas deverá realizar a publicação do edital com todas as informações necessárias do certame e a abertura do período de inscrições.

O último concurso realizado pelo Conselho de Odontologia do Estado do Rio Grande do Sul aconteceu no ano de 2015. A banca organizadora desse concurso foi a mesma Fundação La Salle e o concurso disponibilizava vagas para profissionais com ensino de nível médio, técnico e de nível superior. Na ocasião, para os cargos da concorrência os salários partiam de R$ 975,40 até R$ 3.820,61, a depender do cargo escolhido.

Ainda sobre o concurso do ano de 2015, as pessoas com ensino médio completo ou ensino técnico podiam concorrer às funções de fiscal, agente administrativo, técnico em tecnologia da informação e telefonista.

Por sua vez, os profissionais que possuíam curso de nível superior podiam entrar na concorrência pelos cargos de Assessor jurídico, assessor de imprensa e secretário adjunto.

Todos os candidatos tiveram que realizar uma prova objetiva, com questões sobre diversos conteúdos como legislação, língua portuguesa, conhecimentos específicos das funções e raciocínio lógico. Todas as questões eram de múltipla escolha.

Dessa forma, a recomendação é de que os interessados em prestar o concurso público do Conselho Regional de Odontologia do Rio Grande do Sul devem estar atentos pois a previsão é de que a Fundação La Salle nas próximas semanas faça a publicação do edital, abrindo assim as inscrições. Nesse sentido, os candidatos já podem começar a se preparar para a prova.

Sirlene Montes

Concurso Previsto da ANTT em 2017

Previsão é de que as vagas sejam para os cargos de Técnico Administrativo, Técnico em Regulação de Serviços Terrestres, Analista Administrativo e Especialista em Regulação de Transportes Terrestres.

Para quem busca uma colocação no serviço publico, a boa notícia é que para este ano de 2017, a Agência Nacional de Transportes Terrestre (ANTT) foi um dos poucos órgãos que escaparam do corte na realização de concursos para este período que se inicia. Apesar de não ter a quantidade de vagas aprovadas pelo Ministério de Planejamento e Gestão para o ano passado (670 vagas), a previsão de nova seleção já foi contemplada para o orçamento atual.

Para quem quiser já iniciar os estudos, o que é recomendado pela maioria esmagadora dos especialistas, o candidato deverá voltar ao ano de 2013, ano em que o último concurso foi realizado. Vale relembrar para quem já esqueceu e para quem não sabe, apenas 135 vagas foram preenchidas para o órgão. A expectativa é que este número possa ser três vezes maior, visto que o órgão, assim como os demais, sofre com uma demanda crescente, além de grande parte de seu quadro de servidores estarem se aposentando nos últimos quatro anos.

Qual a expectativa dos cargos que poderão ser contemplados no novo concurso?

Segundo o órgão, as necessidades de vagas serão para Técnico Administrativo e Técnico em Regulação de Serviços Terrestres. Para estes cargos, será exigido apenas o nível médio concluído. Haverá oportunidades para cargos que exijam o nível superior completo. Serão para Analista Administrativo e Especialista em Regulação de Transportes Terrestres.

Outro aspecto que faz do concurso uma opção bastante atraente seria a remuneração. Para os aprovados de nível médio, a remuneração inicial deverá ser de R$ 5.500,00 e para o nível superior, ele poderá variar entre R$ 10.500, 00 para analista e R$ 11.500,00 para o cargo de especialista.

Para quem se interessou pelo concurso, outro pontoa observar será quais estados deverão ser contemplados com as vagas. No último processo de seleção de 2013, foram disponibilizadas vagas para os seguintes estados: Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

A previsão também é de que para o próximo concurso, as provas sejam elaboradas pela Cespe/UnB, a mesma banca que prepara as avaliações consideradas de peso como a da Polícia Federal e da Caixa Econômica. Portanto, para quem quiser chegar nas provas bem preparado, o importante é começar a estudar já. Para tanto, seria bom os candidatos lerem o edital do último concurso. Clique aqui (www.cespe.unb.br/concursos/antt_13/arquivos/edital_n___1_antt_2013.pdf) para ter acesso ao mesmo.

Por Emmanoel Gomes

Concurso CRA-AM 2017 – Edital em Breve

Realização do certame depende da aprovação do novo presidente do órgão.

O Conselho Regional de Administração do Amazonas, o CRA/AM, desde o ano passado havia anunciado um novo concurso público para 2017. Dessa forma, os interessados aguardavam a publicação do edital e liberação das inscrições. Porém, a publicação do edital só vai acontecer quando a nova administração do Conselho resolver dar continuidade ao processo do concurso.

É importante ressaltar que o concurso não foi cancelado pela nova diretoria do Conselho Regional de Administração do Amazonas, que foi empossada no dia 05 desse mês.

O RH do Conselho informou que a publicação do edital está dependente de uma aprovação do novo presidente empossado, Inácio Guedes Borges, fato que ainda não tem previsão de data para acontecer.

Apesar da falta de uma data prevista, o concurso deve acontecer ainda em 2017. De acordo com informações que foram adiantadas, serão disponibilizadas para a concorrência quatro vagas, além de outras oportunidades para o preenchimento de Cadastro Reserva. As vagas imediatas são:

– Administrador: 1 vaga imediata;

– Auxiliar administrativo: 2 vagas imediatas;

– Fiscal: 1 vaga imediata;

Para quem deseja prestar concurso para o cargo de auxiliar administrativo, é preciso possuir ensino médio Completo. Para esse cargo há o salário inicial de R$ 932,34.

Por sua vez, podem entrar para a concorrência das vagas de fiscal e administrador profissionais que possuam curso de nível superior. A remuneração inicial prevista para esses cargos é de R$ 1.972,26.

As quatro vagas disponíveis e as que não tiveram o número divulgado, mas que são para formação de Cadastro Reserva, serão para atuação no município de Manaus, capital de Amazonas.

A empresa organizadora do concurso é o Instituto Quadrix e as inscrições serão realizadas somente via internet, por um endereço eletrônico ainda a ser divulgado.

O Conselho Regional de Administração de Amazonas é um órgão de caráter disciplinador e também fiscalizador do profissional de administração.

Os interessados em disputar as vagas oferecidas no certame, apesar de não haver ainda uma data prevista para a realização do concurso, não devem desistir, pois o concurso será realizado. Diante disso, a recomendação é de que os pré- candidatos continuem se preparando e aguardando a publicação do edital.

Sirlene Montes

Concurso Previsto do TRF1 em 2017

Realização do certame foi autorizada em 13 de janeiro deste ano e a previsão é que abram vagas para analistas judiciários, substituto de juiz federal e técnicos do judiciário.

O ano de 2017 começou muito bem para os “concurseiros” de plantão. É isso aí, após a Marinha, o STF e outras instituições muito estimadas no cenário econômico e de emprego no Brasil anunciarem que estarão realizando novos processos seletivos, agora é a vez do TRF1. Para quem não sabe esse é um órgão do judiciário brasileiro que é responsável por cuidar das burocracias do Estado.

Esse processo seletivo é sempre muito esperado pois, além de oferecer novos postos de empregos em diferentes áreas, os salários são geralmente bastante altos.

O TRF 1 possui sua sede na cidade de Brasília mas se estende por outros treze estados federativos que também ganham novas oportunidades de emprego e até mesmo a chance de mudar e acelerar suas economias locais, há muito tempo estagnadas pela interferência da crise política que acometeu o país nos últimos anos.

Esses estados que podem abrigar novos trabalhadores, representantes da justiça são os seguintes: Tocantins, Acre, Maranhão, Piauí, Amapá, Goiás, Minas Gerais, Roraima, Amazonas, Rondônia, Pará e Mato Grosso.

A realização de tal concurso já foi aprovada pelo governo no dia 13 de janeiro e a previsão é que abram vagas para formados em analistas judiciários, substituto de juiz federal e, por fim, técnicos do judiciário.

É estimado aproximadamente 123.000 inscritos na área de analista. Já para a função de técnico , estimas cerca de quase 180.000 candidatos.

O preço das taxas de inscrição podem variar de acordo com cada área, dificuldade e concorrência, contudo o que se sabe é que o governo arrecada muito dinheiro com as inscrições.

Junto com a possibilidade de se ter o concurso, nasceu a Portaria Diges, uma comitiva responsável por cada passo da seleção dos candidatos. Tal comitiva é formada por cerca de seis membros e são imprescindíveis para finalizar o processo de criação de provas, escolha de candidatos entre outras burocracias exigidas para se preencher as vagas ofertadas.

Ainda não há relatos sobre o edital e a banca organizadora, todavia o que se sabe é que o processo seletivo consagrará aqueles que possuem formação tanto técnica quanto superior para os cargos de técnicos do judiciário bem como analistas. O total de vagas também não está disponível ainda. Contudo, o que mais se espera é a divulgação do salário que é estimado em cerca de aproximadamente quatorze mil reais.

Aos ansiosos para mais informações, resta apenas esperar.

Por Sirlene Montes

Concurso ABIN 2017 – Edital em Breve

Novo pedido de concurso deve ser feito nos próximos meses. Seleção deverá ofertar vagas de nível médio e superior.

Para quem sonha trabalhar numa carreira pública ligada ao compartilhamento de informações e ainda poder desfrutar de uma profissão que lhe garanta uma estabilidade, o próximo concurso a ser realizado para a Agência Brasileira de Informações (Abin) pode ser uma boa opção. O que está impedindo a realização da próxima seleção é justamente a demora em relação à autorização para a realização do mesmo.

Desde 2011 o órgão tem enviado sistematicamente os pedidos de autorização para a realização do concurso para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), que decidiu por não acatar o mesmo. Em 2013, um novo pedido foi feito e, mais um vez, a negativa foi ratificada. Uma nova solicitação foi feita em 2015, exatamente quando o pacote de medidas lançado pela então presidente Dilma Rousseff cancelou para 2016 a realização de novos concursos públicos.

A despeito da Receita Federal e da Polícia Federal, tudo indica que esta proibição deverá arrastar-se durante esse ano de 2017, sendo que uma possível realização de uma nova seleção deverá então ser incluída no orçamento de 2018, ainda a ser votado somente no final de 2017. O último concurso foi feito em 2010.

Com relação ao número de vagas, o planejamento entregue pela agência ao setor de orçamento do governo, solicitava um número de 650 vagas, bem diferente da previsão feita em 2015, que era algo em torno das 460 vagas.

Para o novo concurso, o órgão deverá selecionar candidatos para cargos que exijam tanto o ensino médio concluído quanto o ensino superior. Para o primeiro, os cargos serão para agente técnico de Inteligência quanto de agente de Inteligência, com remunerações iniciais de R$ 5.570,00 e R$ 6.140,00, respectivamente. Para estes, serão ofertada um total de 200 vagas.

Para o nível superior, deverão ser ofertados vagas para os cargos de oficial de inteligência, com 250 vagas e para oficial técnico de inteligência, com 200 vagas. Os salários poderão chegar a R$ 15.400,00 e 14.280,00, respectivamente. Vale salientar que estes valores são para quem está iniciando na carreira.

Se tudo for mantido como no último concurso em 2010, a seleção ficará a cargo da Cespe/UnB. Na ocasião foram ofertadas apenas 80 vagas para um total de inscritos, que chegou a ultrapassar a marca dos 49.000 candidatos.

Emmanoel Gomes

Concurso IBGE 2017 – Edital em Breve

Congresso já aprovou a realização do concurso. Seleção deverá ofertar vagas temporárias para Recenseador, Agente Censitário, Supervisor do Censo, Agente do Censo e Analista Censitário.

Para os próximos meses, quem já havia se preparado para o último concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que acabou não acontecendo pois o último censo agropecuário do país acabou sendo cancelado, deve agora retomar os estudos. Segundo os especialistas, a coleta de informações é de grande importância para o governo e, por isto, a realização do certame já consta do orçamento aprovado pelo congresso para este ano.

A expectativa é que além de poder contar com uma atualização de dados sobre o programa da reforma agrária no país, o que é vital para balizar as ações do governo junto ao homem do campo, a realização do concurso neste ano poderá funcionar como uma forma de aliviar as altas taxas de desemprego brasileiras que dão sinais de que não vão recuar tão fácil em 2017. Tudo ainda reflexo da crise econômica deflagrada desde 2015.

As vagas que deverão ser preenchidas através do concurso deverão ser de caráter provisório, que o próprio governo considera como relevantes, diante da grande extensão territorial do país. Deverão se ofertadas cerca de 82.000 vagas que deverão ser distribuídas nos seguintes cargos: recenseador com cerca de 62.000 vagas do total, agente censitário da área de informática (174), supervisor do censo (em torno de 12.000) e o restante deverá ser distribuído entre as cargos de agentes do censo a nível regional, municipal, administrativo e de analista censitário.

Para quem possui curso superior em qualquer área, serão destinadas as vagas para o cargo de analista. Para os demais, será exigido apenas o nível médio completo e somente no caso dos recenseadores deverá ter nível fundamental concluído.

As provas deverão ter caráter objetivo e quanto ao valor da remuneração dos respectivos cargos, ainda não existe uma definição por parte do órgão. Todos este detalhes deverão ser esclarecidos com a publicação do edital, que deverá ocorrer nos próximos meses.

No último concurso feito pelo órgão foi em 2013 para o preenchimento de vagas para as mesmas funções, foram ofertadas cerca de 7.600 colocações. Segundo as informações do último edital publicado, a responsável pela seleção foi a Cesgranrio. Espera-se que a mesma seja mantida para o próximo também.

Emmanoel Gomes

Polícia Federal – Concurso Previsto para 2017

Certame tem previsão de oferecer 558 vagas em cargos de Nível Superior e Médio de ensino.

Para quem está se preparando para a maratona de concursos federais em 2017 e que não constam no rol dos que foram vetados, os cargos a serem oferecidos pela Polícia Federal se mostram como uma opção que não pode ser desperdiçada.

A exemplo de 2013, ano que foi realizada a última seleção, a PF deverá realizar uma nova seleção aguardada para este ano de 2017 e que deverá fazer parte de muitos concurseiros que sonham com a tão cobiçada estabilidade no emprego e um bom salário.

Para este concurso, o valor da remuneração inicial poderá ser em torno de R$ 19.000,00 para alguns de seus cargos que poderão ser ofertados. A expectativa é que segundo anos anteriores sejam abertas vagas para os seguintes cargos: Escrivão, Agente, Analista, Perito Criminal, Auditor, Delegado e Papiloscopista.

Para alguns cargos deverão ser exigidos do candidato o nível superior completo e para outro, bastará ter o nível médio concluído na época da seleção. Para delegado, o candidato deverá ter cursado Direito e pelo menos, três anos de experiência jurídica. Quem for concorrer ao cargo de perito, o candidato deverá prestar atenção se a sua formação superior é compatível com as áreas de seleção para a vaga. Para todos os cargos, é exigido também que todos possuam carteira de habilitação do tipo B.

A previsão é de que sejam abertas 558 vagas na instituição, conforme solicitação feita ao Ministério do Planejamento ainda em junho do ano passado. Além da remuneração básica inicial de cada categoria, o candidato aprovado terá direito a um auxílio alimentação no valor inicial de R$ 458,00.

Além das provas escritas, os candidatos deverão ser submetidos a testes tanto de avaliação psicológica quanto de aptidão física para algumas funções.

Segundo a instituição, ainda não há previsão de quando o edital do concurso deverá publicado. Sabe-se que sua divulgação deverá se dar a partir do momento em que o mesmo constar da publicação no Diário Oficial da União (DOU). A expectativa é que quando for divulgado, a realização da seleção deverá ser feita através da mesma instituição dos concursos anteriores, a Cespe.

Por Emmanoel Gomes

Concurso Previsto da Receita Federal em 2017 – Previsão de 400 vagas abertas

Certame irá contratar profissionais para os cargos de Analista e Assistente Técnico-Administrativo.

Para os concurseiros que sonham em ingressar num carreira pública na Receita Federal, este ano de 2017 promete ser de boas novidades. Apesar da imposição feita pelo governo quanto à restrição de concursos públicos, a seleção que poderá ser feita neste ano para o órgão não deverá ser afetada pela decisão do governo.

Em resolução tomada desde o ano passado, a instituição decidiu enviar ao ministério do Planejamento um quantitativo de vagas destinadas ao preenchimento de cargos dentro do órgão com a finalidade de atender as demandas que crescem a cada dia. Para tanto, a proposta foi incluída no plano orçamentário de 2017, enviado ao Congresso Nacional ainda no ano passado para ser analisado, votado e aprovado. Para tal, o pedido inclui a realização de concurso público para o preenchimento de cerca de 400 vagas, tanto para nível superior quanto para nível médio.

Um dos cargos mais cobiçados pelos candidatos e que, por isto, requer uma preparação mais rigorosa será o de auditor. Para concorrer a tal posto, o candidato deverá ter obrigatoriamente o nível superior completo. Além destes, incluiu-se no pedido vagas para o cargo de analista, que também requer nível superior e de assistente técnico-administrativo, que exige o nível médio concluído.

Para o cargo de auditor, segundo os dados liberados pela própria Receita Federal, a remuneração inicial será de R$ 16.000,00, mas caso seja, aprovado um projeto de Lei que tramita na Câmara, esta remuneração poderá chegar a mais de R$ 21.000,00 ainda neste ano. Talvez, este seria um dos empregos dos sonhos da maioria dos candidatos que, além de contar com um salário considerável, poderão desfrutar da tão sonhada estabilidade no emprego, livrando-se, portanto, do pesadelo de uma demissão inesperada.

De acordo com a instituição, a organizadora do concurso deverá ser a ESAF, já conhecida da maioria dos candidatos que já estão na estrada há algum tempo e bastante famosa por dificultar a vida de todos, principalmente, de quem está se candidatando a um cargo de tão alto nível.

Para que está pensando em encarar este desafio, recomenda-se ler o último edital do concurso que foi realizado em 2014 (Para acessá-lo, clique aqui – www.esaf.fazenda.gov.br/assuntos/concursos_publicos/em-andamento-1/afrfb-2014/edital-18-aber.pdf). Para os mais experientes, a dica, é já ter começado a preparação. Alguns especialistas afirmam que para este tipo de seleção, a preparação requer de dois a três anos de estudo e sem perder o foco. Para quiser ter acessar

Os candidatos mais dispostos já podem ir tomando notas das disciplinas que são ‘cadeira cativa’ nas provas. São elas: Língua portuguesa, uma língua estrangeira, geralmente inglês ou espanhol, princípios da Administração pública e Direito Constitucional e Administrativo. Além disto, existem as disciplinas que constituem o foco principal para quem quer disputar os cargos mais concorridos. São elas: Legislação aduaneira e Comercio internacional, Contabilidade geral e avançada, Direito Tributário e Auditoria.

Por Emmanoel Gomes

Concurso Público TST 2017 – Edital em Breve

Seleção deverá ofertar vagas para analista e técnico. Ainda não há data para divulgação do edital.

Apesar da crise econômica que assombra todo o cenário brasileiro desde 2016, o ano de 2017 teve início com novas perspectivas de empregos. O TST informou nas primeiras semanas de janeiro que realizará um concurso público para preencher a demanda de empregos da instituição que fica no Distrito Federal.

Durante o fim de 2016, o órgão já avisava ter planos de modificar sua programação ao longo de 2017, com novas oportunidades de emprego, principalmente nas funções de técnico e analista nas diversas áreas da instituição. Na época, levantou-se sobre a pressa em que as coisas tomavam seus rumos. Contudo, esse ano acaba o prazo daqueles selecionados anteriormente.

Estão aptos a concorrerem pelo cargo de técnico aqueles que possuem o diploma de conclusão do Ensino Médio emitido pelo próprio MEC ou em algumas áreas é necessário um comprovante do curso técnico. O salário inicial pode variar, mas geralmente gira em torno de R$ 8.600,00.

Por outro lado, o cargo de analista requer que o candidato tenha obrigatoriamente o diploma de nível superior. Caso tenha alguma especialização ou outros cursos no diploma, o salário poderá variar, todavia estima-se que chegue a aproximadamente R$ 13.400,00.

No momento, o concurso do TST espera pela confirmação do governo e logo após isso acontecer, é preciso que os idealizadores da seleção escolham a banca que elaborará as provas.

Há um projeto de lei da câmara que quer que o TST crie aproximadamente 300 novos postos de emprego.

A maioria das vagas disponíveis no PLC são dedicadas à carreira de analista judiciário e devem obrigatoriamente ser ocupadas através de concursos

No ano de 2012, o TST teve cerca de 100.000 inscritos em seu concurso público. Contudo, eram oferecidas apenas 37 vagas. A banca elaboradora da prova foi a Fundação Carlos Chagas.

Nesse concurso, no nível mediano houve disputa de concorrentes nos cargos de administração e programação.

Para aqueles que possuem o diploma de nível superior a concorrência foi nos cargos de analista nas demais áreas de administração, contabilidade, programação e análise na área da saúde.

A banca elaboradora decidiu formar a prova com questões objetivas para todos os inscritos. Todavia, foi aplicada uma redação para aqueles que candidataram-se as vagas de analista e por fim, os programadores tiveram que analisar diferentes casos durante a aplicação da prova.

Sirlene Montes

Procon-DF – Concurso Previsto para 2017

Certame irá ofertar 39 vagas de emprego para as carreiras de Analista, Fiscal e Técnico.

A previsão é que o processo público de seleção para o Procon, o Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal, conte com 39 oportunidades que estão distribuídas nas carreiras de analista, fiscal e técnico.

O Instituto de Defesa do Consumidor, o Procon do Distrito Federal provavelmente realizará um novo processo de seleção no ano de 2017. Isso se deve pelo fato das diretrizes orçamentárias para o ano de 2017 visar ao preenchimento de 39 oportunidades efetivas e até agora a instituição não conta com nenhuma seleção vigente.

De todas as vagas, 6 delas são destinadas para a função de técnico de defesa do consumidor, 18 são para o cargo de fiscal de defesa do consumidor e as outras 15 voltadas para analista de defesa do consumidor.

A vaga para técnico exige formação em nível médio ou em curso técnico, conforme a área a ser preenchida pelo candidato. Enquanto as outras carreiras são destinadas para profissionais que possuem nível superior em várias áreas de formação.

As remunerações iniciais pagas pelo órgão são de R$ 3.919,13 para os cargos de técnico e de R$ 5.293,30 para fiscais e analistas.

As atribuições dos fiscais do Procon:

Aos fiscais de defesa do consumidor do Procon/DF é requerido coordenar, planejar, avaliar, executar e supervisionar atividades de fiscalização relacionadas às normas referentes a defesa do consumidor, executar atividades variadas de interesse do setor e participar de programas que visam o desenvolvimento e que envolvam conteúdos relacionados à área de atuação.

Último concurso público realizado pelo Procon do Distrito Federal:

No Distrito Federal, o Instituto de Defesa do Consumidor realizou no ano de 2011 um concurso público ofertando 200 vagas, além de formação de cadastro reserva de servidores para analista, fiscal e técnico. Naquele momento, a empresa organizadora foi o Iades, o Instituto Americano de Desenvolvimento.

A seletiva teve em sua composição uma avaliação objetiva para todos os inscritos. Além de análise de títulos para fiscal e analista e avaliações discursivas. O teste objetivo teve 60 questões, onde 30 delas eram de voltados aos conhecimentos básicos e as outras 30 voltadas aos conhecimentos específicos.

Por Filipe Silva

Ibama – Concurso Previsto para 2017

Finalidade do novo certame será para preencher 680 vagas de emprego na instituição.

Com a entrada do ano de 2017, aumenta ainda mais a expectativa de ser realizado um concurso do para o IBAMA, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. E os concorrentes podem ficar ainda mais animados, visto que o MMA, Ministério do Meio Ambiente irá enviar em breve uma solicitação nova para realização de concurso público com a finalidade de preencher 680 vagas na instituição.

Segundo informações do órgão, a seletiva pública pode sair muito em breve caso a proposta seja incluída na Lei Orçamentária para o ano de 2018. De acordo com o Ministério ainda, a quantidade de oportunidades não irá cria uma estrutura nova, será somente para compor o quadro de servidores que está desfalcado pelas aposentadorias e exonerações.

Pedido de Concurso Público para IBAMA 2017:

A última vez que foi realizada uma solicitação de seletiva para o IBAMA foi para preencher 680 vagas, nas carreiras de Analista Administrativo com 180 e Analista Ambiental com 500. Nos dois cargos eram exigida formação em nível superior e com remunerações fixadas em R$ 7.675,45 e ainda um valor de R$ 458, referente ao auxílio-alimentação. É esperado que o Instituto de mais força ao pedido para as mesmas vagas e para a mesma quantidade de vagas.

Para se candidatar a carreira de Analista Administrativo é necessário ter diploma de nível superior devidamente registrado, emitido por instituição reconhecida pelo MEC, além de ser registrado no órgão especifico de sua classe, se for o caso.

Já as exigências para concorrer a carreira de Analista Ambiental é o diploma de nível superior registrado, o qual deve ter sido emitido por instituição reconhecida pelo MEC, sendo necessário também o registro no órgão especifico de classe, caso seja necessário.

De acordo com o último extrato de edital que foi publicado pelo órgão, as oportunidades do processo público de seleção do IBAMA estavam disponíveis para o Alagoas, Acre, Amapá, Ceará, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Piauí, Roraima, Rondônia, São Paulo, Tocantins e Santa Catarina.

Por Filipe Silva

Concurso Previsto do Ministério da Fazenda em 2017

A previsão é de que a instituição abra vagas para o cargo de Assistente Administrativo.

O Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos da Receita Federal (Sindfazenda) anunciou que desde o mês de maio de 2016 foi feito pedido junto ao Ministério da Fazenda, um pedido de realização de concurso para o preenchimento de vagas para o cargo de assistente administrativo. Apesar das proibições dos concursos terem sido estendidas até este ano de 2017, a associação espera que um novo edital seja publicado ainda este ano.

Para o preenchimento do cargo será apenas que o candidato possua o nível médio completo. O salário é de R$ 3.756,82, além de uma ajuda de alimentação no valor de R$ 460,00. Esta é um boa oportunidade para quem procura um emprego na carreira pública e que ofereça uma certa estabilidade, já que o regime de contratação é o estatutário.

Segundo as informações liberadas pela Receita Federal, o órgão está passando por um processo de reestruturação, o que prevê o remanejamento de funcionários que estejam desempenhando funções que não sejam pertinentes ao cargo que ele ocupa. Além disto, segundo uma pesquisa feita em quase todas as unidades do país, o órgão apresentou uma carência de cerca de 5.000 servidores. Este é exatamente o número solicitado pelo sindicato. Atualmente, existem mais de 8.000 servidores no ministério da Fazenda. Destes, cerca de quase 6.000, estão desempenhando funções dentro da Receita. Além disto, muitos funcionários estão se aposentando gradualmente ao longo dos últimos anos, o que contribui ainda mais para agravar o quadro.

Para quem quer tentar uma vaga no órgão, sempre é bom ir logo se preparando e não esperar para encarar uma rotina de estudos somente quando o edital for publicado. O último concurso foi feito em 2014 e contou com um total de mais de 260 mil inscritos para um pouco mais de 1.000 vagas ofertadas. A avaliação foi feita através de provas objetivas e as disciplinas exigidas foram Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemática. Além disto, foram exigidos conhecimentos específicos em Informática, Princípios gerais da administração pública, o que engloba a gestão no atendimento de pessoas, Ética no Serviço público e o Regimento Único dos servidores públicos aplicado em todo o território nacional.

Por Emmanoel Gomes

Concurso Previsto do Correios em 2017

A expectativa é de que sejam abertas aproximadamente 2.000 vagas neste novo certame.

Em julho de 2016, durante entrevista à Rádio CBN, o diretor-presidente dos Correios, Guilherme Campos, afirmou que naquele ano, a instituição não faria um concurso. Dessa forma, são grandes as chances para que ocorra um concurso da Empresa em âmbito nacional para o ano de 2017.

O último exame dos Correios foi realizado em 2011 e distribuiu mais de 9.000 vagas em 12 áreas diferentes, para trabalhos dentro e fora das agências. Esta prova foi a nível nacional e a remuneração variava entre R$ 1.000,00 a quase R$ 3.300,00. A instituição ainda oferecia benefícios, como: plano de saúde; vale transporte; providência – postais; reembolso creche; reembolso babá; adicional de atividades; adicionais em trabalhos durante o final semana; valorização no mercado; horas extras; anuênios; adicional noturno e auxílio especial.

É provável que o concurso se realize devido ao alto número de demissões voluntárias, com isso o quadro de funcionários foi prejudicado e para que os consumidores não sejam afetados tão diretamente, um novo exame tem que ser realizado. A expectativa é que serão abertas cerca de 2.000 vagas, já que hoje a instituição também possui um alto número de funcionários que estão se aposentando. Os trabalhos oferecidos serão de: operador de triagem, carteiro e operador de transbordo. O único pré-requisito é que o candidato tenha nível médio completo.

Caso se confirme a realização do Concurso, os novos empregados vão receber a faixa de salário já mencionada e também os benefícios. É importante que o candidato se prepare, já que esse exame tem como tradição um número alto de inscritos. Lembrando também que o concurso é divido em duas etapas, a primeira uma prova eliminatória e depois um teste de aptidões.

Os exames dos Correios, geralmente, são preparadas pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos, o CESP/UNB. E caso se mantenha no mesmo padrão, serão 120 questões divididas em 70 perguntas de conhecimento específico e 50 de conhecimentos básicos (informática, língua portuguesa, administração pública e língua estrangeira – inglês). Todas as questões são de caráter objetivo.

Como a data ainda não foi divulgada é importante que o candidato se mantenha atento aos veículos de comunicação e sites específicos sobre concursos, pois estas publicações vão informar tudo acerca do processo. Mas, enquanto isso é aconselhável que o interessado em uma dessas vagas estude edições passadas do processo seletivo dos Correios, e para isso ele pode consultar o site do CESP/UNB para verificar. Para acessar o site da banca do concurso, acesse este endereço: www.cespe.unb.br/concursos/CORREIOSAGENTE2011/.

Boa sorte!

Por Isabela Castro

Concurso Previsto da Caixa Econômica Federal em 2017

Certame está previsto para ter o Edital lançado até o final do primeiro semestre deste ano.

A Caixa Econômica Federal é uma Instituição Financeira administrada pelo Governo Federal. Fundada em 1861 por Dom Pedro II, o banco era chamado de Caixa Econômica da Corte, que surgiu com o objetivo de incentivar as pessoas a pouparem o seu dinheiro em uma conta que pudesse render juros. Hoje a Caixa é o Banco que possui o maior número de Contas Poupança.

A Caixa possui a sua matriz em Brasília e conta com filiais em todo o território nacional. A Instituição atua em todos os setores bancários como Conta Corrente, Poupança, Jurídica, Empréstimos, Seguros, Habitacional, Penhor, entre outros, que fazem com que a Caixa seja um Banco completo.

Concurso 2017:

Por se tratar de uma empresa de grande porte, muitas pessoas buscam uma oportunidade de trabalho na Caixa Econômica Federal, que além de oferecer estabilidade profissional, onde o seu processo seletivo é através de concurso público, a Caixa também conta com uma história de sucesso em seu segmento.

O Concurso Caixa é um dos mais aguardados dos últimos tempos, onde o mesmo teve data prevista confirmada para 2017.

Inscrições: Ainda não foi divulgada a data exata para a publicação do Edital do concurso público da Caixa, porém a estimativa é que o concurso seja lançado até o final do primeiro semestre. O Edital será disponibilizado no site da banca organizadora do concurso, onde será cobrado uma taxa para a realização das provas, porém também haverá possibilidades de isenção da taxa, caso o candidato se enquadre no perfil de isenções.

Vagas disponíveis: Ainda não foi divulgado o número de vagas, porém o concurso está sendo bastante esperado. A expectativa é que sejam disponibilizadas vagas para inicio imediato, além de vagas para o cadastro de reserva. As vagas são destinadas para pessoas que possuem Ensino Médio completo e Nível Superior.

Pré-requisitos: Os candidatos devem ter acima de 18 anos, onde poderão se candidatar para as vagas de Técnico Bancário quem tiver Ensino Médio completo. Para quem possui graduação e já exerce a função de Advogado, Médico, Engenheiro e Arquiteto, poderão se candidatar as vagas para Ensino Superior.

Conteúdo: O concurso é composto de provas objetivas para as vagas destinadas ao Ensino Médio e objetivas e discursivas para as vagas de Ensino Superior. O conteúdo é composto de questões de português, matemática, raciocínio lógico, atualidades, ética e conhecimentos bancários.

Remuneração: Para as vagas de Ensino Médio são estimados ganhos iniciais entre R$ 2.025,00 até R$ 5.922,00 (salário e benefícios). Para as vagas destinadas ao Ensino Superior os ganhos são estimados entre R$ 6.031,00 até R$ 18.925,00 (salário, benefícios e bonificações).

A carga horária é de 30 horas semanais para todas as vagas, por isso se concentre nos estudos, pois o Concurso será bastante concorrido.

Boa sorte!

Por Diego Jose Laureano

Concurso Previsto do Ministério do Trabalho em 2017

A expectativa é de que sejam disponibilizadas mais de 840 vagas de emprego neste novo concurso público.

Para quem sonha com a carreira na administração pública, o ano de 2017 começa com esperanças renovadas. Além de um emprego, as notícia são boas para quem quer tentar um vaga para a tão sonhada vaga de auditor do Ministério do Trabalho.

Segundo as informações dos principais sites de concursos, as preparações para o processo seletivo já estão em andamento e para quem quer ser aprovado, o conselho é ir logo se preparando e não deixar para depois que o edital for publicado.

A principal dúvida para quem quer se preparar para o concurso é quando será realizado as provas. Esta é uma questão ainda sem resposta. Sabe-se que, desde o ano passado, o próprio Ministério do Trabalho (MTE) já havia enviado ao ministério do Planejamento um pedido de vagas tanto para cargo de auditor quanto para outros cargos da área administrativa. Este pedido ganhou o reforço do deputado Paulo Paim (PT-RS), que declarou ainda no ano passado que o número atual de servidores do ministério era insuficiente para cobrir a demanda atual em crescimento. O último concurso realizado foi em 2013 para o cargo de auditor. Segundo o parlamentar, para um universo de cerca de mais de 90 milhões de trabalhadores brasileiros, existe pouco mais de 2.700 auditores com a missão de fiscalizar as condições e se os direitos destes empregados estão sendo cumpridos por parte das empresas.

Para o próximo concurso, a expectativa é que hajam mais de 840 vagas a serem disputadas para o cargo de auditor, com um salário inicial de R$ 16.000,00, além de auxílio alimentação no valor de R$ 450,00. O cargo requer nível superior em qualquer área. Elas deverão ser espalhadas por todo o país. Além disto, mais de 1.150 vagas destinadas ao cargo de agente administrativo, com salário inicial de R$ R4 3.500,00. Para este cargo, a exigência é que possua o nível médio completo.

Os candidatos que quiserem antecipar a sua própria preparação, é bom lembrar que a banca organizadora do último concurso foi a Cespe/UnB. O conteúdo exigido versou sobre matérias básicas como Língua Portuguesa Raciocínio lógico, questões de Direitos humanos e sobre a Administração pública, Economia, Legislação relativa à Previdência atual, Direito do Trabalho, Legislação e Segurança do Trabalhador e Contabilidade geral.

Por Emmanoel Gomes

Concurso TRE-TO 2017 – Edital em Breve

Concurso Público deverá ofertar vagas para técnicos e analistas.

Para quem está na expectativa de novos concursos, fique atento, pois um novo concurso está por vir, a novidade é que será lançado nos próximos dias o edital do concurso do Tribunal Regional Eleitoral do estado do Tocantins (TER/TO). O certame foi autorizado no dia 11 de novembro de 2016, porém, para ser publicado alguns passos devem ser ajustados, como o número de vagas e a especialidade de cada cargo. A banca organizadora ainda não foi definida e será um dos principais fatores a ser decidido.

As vagas serão para os cargos de técnico e analista judiciário. Para a vaga de técnico judiciário a exigências é apenas o ensino médio. Entre as várias atividades executadas pelo técnico do TRE, estão funções como: realização de abertura e encerramento de audiências, execução de tarefas judiciárias, entre outras atividades que colaboram para o desenvolvimento das atividades dos Tribunais Regionais Eleitorais. Já o cargo de Analista Judiciário está dividido em três áreas: área judiciária, área de Oficial de Justiça Avaliador Federal, além da área administrativa. Na área judiciária o analista executa atividades de organização, elaboração de laudos, pareceres de informação, entre outros serviços, sendo assim, é necessário um alto grau de conhecimento. Já a área de Oficial de Justiça avaliador Federal realiza atividades externas para o cumprimento de ordens judiciais, executando mandatos, prisões e citações. E por fim, o cargo analista judiciário – áreas administrativas são responsáveis pelos serviços de recursos humanos e licitações. Prestando assim apoio administrativo, colaborando para o andamento dos serviços.

A remuneração inicial para o cargo de técnico judiciário é de R$7.044,75. Já para o cargo de Analista é de R$10.992,07. A boa notícia é que esses valores sofreram reajustes de 41,47% previstos pela lei 13.317, sancionada pelo presidente Michel Temer.

É uma ótima oportunidade para quem deseja estabilidade financeira. Sendo assim, para que você possa se organizar e conquistar essa vaga, a dica importante é que você seja realista na organização do seu plano de estudo, outra dica é que você separe as disciplinas e classifique por níveis de aprendizado, ou seja, como “fáceis”, “médias” e “difíceis”, sendo assim você passará por todos os níveis tendo um maior rendimento. Não perca essa oportunidade e preste atenção no lançamento do edital.

Bom estudo!

Gisele Alves de Brito

Concurso SEFAZ-CE 2017 – Edital em Breve

Edital do novo certame deverá ser divulgado até o fim de 2017. Oportunidades serão para os cargos de Auditor Fiscal e Analista.

Para quem sempre sonhou com um cargo de auditor fiscal na sua própria cidade, o ano de 2017 promete ser de grande oportunidade para estes candidatos. E para quem mora no Ceará, principalmente, pois a Secretaria da Fazenda do Estado já sinalizou com a possibilidade da realização de concurso público para o preenchimento de vagas que deverão surgir para o cargo.

Além de auditor, o órgão já declarou que deverá ser realizado também uma seleção para outros cargos como analista do setor de tecnologia, analista jurídico e da área financeira contábil. Assim como o de auditor, estes demais cargos exigirão formação de nível superior. Segundo a própria Secretaria, o último concurso foi realizado no ano de 2007 e agora, a necessidade da criação de novas vagas se faz necessário com o objetivo de se melhorar e aperfeiçoar a arrecadação estadual e para suprir os funcionários que irão se aposentando naturalmente.

Já aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, para a realização do certame deverão ser gastos cerca de R$ 100 mil reais, que já constam do orçamento estadual que já foi votado e aprovado pela casa.

Segundo dados divulgados pela Secretaria da Fazenda (Sefaz), no último concurso foram ofertadas um total de mais de 250 vagas, destas, cerca de 150 foram destinadas ao cargo de auditor e o restante distribuídas entre os demais cargos de analistas.

Na realização do concurso previsto, os candidatos deverão ser submetidos a provas escritas sobre conhecimentos gerais e sobre assuntos específicos para cada cargo. As provas deverão ser elaboradas em regime de múltipla escolha.

Para o cargo de auditor, caso seja aprovado, o candidato deverá desempenhar as funções inerentes ao cargo como o levantamento de informações de dados econômicos de contribuintes e sua análise junto ao órgão, assim como participar de diligências e ações de fiscalização a fim de garantir o correto recolhimento dos tributos estaduais de acordo com o regime de tributação de cada empresa ou pessoa física. Além disto, ele pode participar da elaboração de relatórios econômicos-fiscais que podem servir de base para a o diagnóstico da arrecadação fiscal estadual junto ao governo do estado e para fins criminais contra as possíveis sonegações de impostos junto ao próprio fisco.

Emmanoel Gomes

Concursos Públicos 2017 – Previsões e Perspectivas para o Ano

Confira aqui uma perspectiva de como deve ser o setor de concursos públicos neste ano de 2017.

Nos últimos tempos o Brasil passa por uma enorme crise política e financeira, muitos são os setores que estão sentindo o efeito dessa crise, em especial o setor de concursos públicos.

Todos os anos milhares de concurseiros se preparam para a tão sonhada vaga no setor público. Porém, nos últimos anos esse sonho vem sendo prejudicado com a inconstância das informações. Segundo o Ministério do Planejamento, em nota publicada em junho de 2016, o então ministro interino do planejamento, desenvolvimento e gestão, Diogo Oliveira, reafirmou em uma coletiva de imprensa que a realização de novos concursos no âmbito federal estaria suspensa permanecendo essa situação no ano de 2017.

A boa notícia para os concurseiros é que os concursos em andamento e autorizados anteriormente irão se realizar, obedecendo ao que é determinado por lei, sendo assim as nomeações ocorreram dentro das vagas previstas nos editais e o prazo obedecera ao período determinado no certame, afirma o ministro. Segundo o Ministério do Planejamento, os setores previstos são para as áreas administrativas como:

– Polícia Federal

É um dos principais órgãos de segurança pública. A Polícia Federal tem previsão para os cargos de delegado e perito, ambos as vagas necessitam do curso superior. O último concurso da PF ocorreu em 2015 e a banca organizadora do certame foi a CESPE/UNB (Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília). A Cespe é uma das mais respeitadas bancas do país, o modelo de prova adotado pela CESPE é “uma errada anula uma certa”, o que torna a banca temida por muitos candidatos.

Remuneração inicial Polícia Federal – R$7.514,33

– Receita Federal

A Receita Federal é responsável pela administração dos tributos federais e o controle aduaneiro é o órgão responsável pela fiscalização de contrabando e tráfico de drogas, entre outros serviços. Com previsão de concurso para 2017, terá vagas para os cargos de assistente técnico administrativo, analista administrativo, auditor-fiscal e analista-tributário.

O último concurso foi realizado para auditor-fiscal em 2014, o número de vagas ofertadas foi de 278. A banca realizadora foi a ESAF (Escola de Administração Fazendaria), sua provas possuem um alto grau de dificuldade e a questões são de múltipla escolha.

Remuneração inicial Receita Federal – R$9.710,42

Independente das previsões, o certo é focar no projeto de estudo, com foco e organização. Sendo assim, você verá seu objetivo, de ser um servidor público, concretizado. Fique firme nos estudos!

Gisele Alves de Brito

Concurso para Procurador de Campo Grande (MS) 2017 tem Organizadora Definida

Seleção pública para procurador de Campo Grande (MS) terá a Fapec como sua organizadora.

A Fapec, Fundação de Apoio à Pesquisa ao Ensino e à Cultura, foi definida como a instituição organizadora do próximo processo público de seleção que irá acontecer na cidade de Campo Grande, no estado de Mato Grosso do Sul, e tem como objetivo preencher a vaga para procurador municipal. O extrato do contrato realizado entre o poder executivo do município e a empresa organizadora do concurso público foi divulgado por meio do Diogrande, o Diário Oficial do município de Campo Grande, na última quinta-feira, dia 29 de dezembro de 2016.

De acordo com o documento publicado, o valor que será pago pela prestação de tais serviços será a quantidade total que for arrecadada por meio das taxas de inscrições, pagas pelos próprios concorrentes a vaga, que foi estipulada, para o cargo de ensino superior, o valor de R$ 180. A Fundação de Apoio à Pesquisa ao Ensino e à Cultura irá destinar, do valor total arrecadado, 10% para a prefeitura. Já com relação as inscrições que forem isentas de taxa, irão ser cobertas pela própria empresa organizadora do processo público de seleção.

Também de acordo com as informações presentes no contrato divulgado, o período de validade do mesmo será igual o de vigência do próprio concurso público.

Foi publicado pela própria prefeitura do município de Campo Grande (MS), no dia primeiro de dezembro de 2016, o decreto que autoriza a realização da seletiva pública. Esta mesma autorização aconteceu ao considerar uma Recomendação da 30ª Promotoria de Justiça do município de Campo Grande.

Conforme a prefeitura divulgou, o período de inscrições, bem como a quantidade de vagas oferecidas, a data e local da realização das avaliações referentes ao concurso público ainda não foram definidos, mas acontecerá em breve e assim que forem determinadas tais variáveis a prefeitura fará a publicação em seu site. Também ocorrerá a divulgação na página eletrônica da banca organizadora da seletiva.

O concurso vem sendo bem esperado no município e por isso, provavelmente contará com bastante inscritos, tendo uma grande concorrência.

FILIPE R SILVA