Concurso BNDES será realizado em 2015

Já imaginou trabalhar em um Banco? E se esse cargo lhe proporcionar vários benefícios, além de uma excelente remuneração? É isso mesmo que você leu. Estou falando do concurso do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) previsto para ocorrer no primeiro semestre do próximo ano. Estima-se que o certame acontecerá no início do ano.

A banca examinadora ainda não foi definida, mas os candidatos já podem ficar atentos, pois certamente iremos seguir os mesmos padrões do último concurso. Os participantes que possuem nível médio poderão concorrer ao cargo de Técnico Administrativo. Já aqueles que possuem nível superior, poderão concorrer com as seguintes funções: Administração, Análise de Sistemas – Desenvolvimento, Análise de Sistemas – Suporte, Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Contabilidade, Comunicação Social, Direito, Economia, Engenharia e Psicologia.

Um dos principais atrativos para fazer parte do grupo de servidores do BNDES está na remuneração, uma vez que os salários são de R$ 4.148,82 para Técnico Administrativo e de R$ 10.405,04 para profissional básico, com auxílio alimentação de R$ 399,08 e auxílio refeição de R$ 823,95. Os futuros servidores deverão cumprir uma jornada de trabalho de 35 horas por semana. O último certame foi elaborado pela Cesgranrio e os candidatos tiveram de passar por duas etapas, sendo a primeira com provas objetivas e teste de redação, e prova dissertativa para profissional básico na segunda.

Se você ainda tem dúvida sobre o que começar a estudar inicie pelas matérias básicas. Com o tempo vá incluindo as outras disciplinas em seu cronograma. As principais matérias cobradas no concurso do BNDES é língua portuguesa, matemática, língua estrangeira, conhecimentos específicos do próprio BNDES e conhecimentos gerais. No entanto, o candidato precisa ter também condições de realizar uma boa redação a fim de garantir uma boa nota. Por isso, treine escrever antes de ir fazer a prova. Isso certamente será um diferencial para você que almeja se tornar um servidor público.

Por Luciana Viturino

Concurso BNDES está previsto para ser realizado em 2015

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deve publicar edital no próximo ano. A previsão de acordo com o Recursos Humanos é que o documento se torne público no segundo semestre. Assim, os candidatos dispõem de mais tempo para estudar e fazer um planejamento intensivo para aproveitar a oportunidade.

Ainda não se sabe os cargos que serão oferecidos no novo certame, mas a tendência é que sejam mantidas as mesmas funções do último concurso feito pelo BNDES. No último certame teve oportunidades para o cargo de Técnico Administrativo, que exige nível médio, e também a área de profissional básico que contempla oportunidades nas áreas de Administração, Análise de Sistemas – Desenvolvimento, Análise de Sistemas – Suporte, Arquitetura, Arquivologia, Biblioteconomia, Comunicação Social, Contabilidade, Direito, Economia, Engenharia e Psicologia. Para concorrer, é preciso ter nível superior.

As remunerações mudam conforme o cargo do candidato sendo de R$ 3.906,86 para o cargo de Técnico de Arquivo e R$ 4.148,82 para Técnico Administrativo. O profissional de nível básico tem a remuneração inicial de R$ 10.405,04.

Está interessado em estudar para o próximo concurso do BNDES? Então comece a se programar baseando o seu estudo no último edital do certame. No concurso anterior, que foi realizado em 2012, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, que englobavam 70 questões, que foram distribuídas entre português, matemática, língua estrangeira, conhecimento específico sobre o BNDES e conhecimentos gerais.

O candidato pode começar a fazer o planejamento de estudos com antecedência, uma vez que o edital só será publicado em 2015. Consequentemente, o candidato tem um tempo maior de estudo e de preparação.

Uma boa ideia é fazer um quadro de estudo com as disciplinas básicas e específicas de acordo com o cargo almejado. Nos fins de semana e feriado, o candidato deve aproveitar o tempo para aumentar o ritmo de estudo, fazer exercícios e revisão.  

Por Babi