Concurso da Assembleia Legislativa do Tocantins é Suspenso

Órgão não realizou licitação para escolha da empresa que aplicará a prova do concurso.

Na última sexta-feira, dia 22, a Ordem dos Advogados de Tocantins decidiu protocolar uma representação junto a Assembleia Legislativa do estado solicitando por meio da mesma que o concurso público que vinha sendo realizado para o Legislativo fosse suspenso e que seu edital ainda passasse por uma retificação. Ainda conforme a representação, a sugestão é de que somente depois de atendidas essas etapas é que o certame fosse retomado.

De acordo com as informações divulgadas até agora, o principal motivo que levou a ação é o fato de que o referido concurso público prevê vagas para a função de procurador jurídico da Assembleia Legislativa. Porém, a Ordem não participou da elaboração do edital. Isso, por sinal, está previsto na Constituição Federal e também na Constituição Estadual quando se trata de carreiras jurídicas.

E de fato, ontem, dia 27/10, o concurso da Assembleia Legislativa foi suspenso. Ao menos de forma provisória e não em definitivo. A decisão foi tomada pelo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Alberto Sevilha. Agora outro motivo ainda surgiu além do apontado anteriormente: Não houve licitação para que fosse contratada a empresa que ficaria a cargo da execução do certame. De qualquer forma, o caso ainda será julgado pelo tribunal.

A decisão foi oficializada após a publicação da mesma no Diário Oficial do TCE da última quarta-feira. De acordo com as informações constantes no documento, se por acaso existir um contrato já assinado com a Funrio, que deveria ser responsável pela organização do concurso, qualquer compromisso existente deve ser suspenso pela Assembleia. O documento ainda ressalta que essa suspensão deve ser aplicada em especial a aspectos fundamentais como os pagamentos e julgamento das matérias finais do certame. Caso a Assembleia não cumpra o que foi determinado, poderá pagar multa.

Há bem pouco tempo, no dia 20 de outubro, este mesmo concurso tinha sido suspenso pelos deputados por um período de 15 dias. Além de terem suspendido o concurso por esse período, os parlamentares ainda optaram por criar uma comissão para analisar as possíveis alteração que deverão ocorrer no edital.

Este concurso público estava oferecendo um total de 91 vagas para início imediato, além de outras 74 para a formação de cadastro de reservas. O maior salário pago para procurador era de R$ 25.406.

Por Denisson Soares

Novo Concurso Público da Assembleia Legislativa de MS 2016

Certame oferece vagas para profissionais de nível médio e superior. Inscrições podem ser feitas até o dia 15 de agosto.

Foi aberto nesta quarta-feira, dia 20 de julho de 2016, as inscrições para o concurso público da Assembléia Legislativa do Estado do Mato Grosso do Sul (ALMS). Neste, buscam ser preenchidas oitenta oportunidades para candidatos com formação em nível médio ou nível superior.

A organizadora da prova é a Fundação Carlos Chagas (FCC) e as inscrições vão até o horário das 13h do dia 15 de agosto de 2016. Essas podem ser feitas pelo portal www.concursosfcc.com.br. Para efetivação, é obrigatório o pagamento de uma taxa no valor de R$ 85 para ensino médio e R$ 105 para nível superior. O edital completo pode ser acessado no site http://www.concursosfcc.com.br/concursos/alems116/index.html.

Os cargos para nível médio são: agente de polícia legislativo, agente de apoio legislativo, assistente legislativo, programador visual, auxiliar de enfermagem, tradutor de libras e técnico de informática.

Já para as oportunidades em nível superior, estas contemplam as seguintes colocações: consultor de processo legislativo, contador, arquiteto, assistente jurídico, assistente social, biblioteconomista, cerimonialista, analista em recursos humanos, economista, engenheiro civil, jornalista, publicitário, médico, redator e revisor de debates.

A aplicação das provas será na cidade de Campo Grande e a previsão da data destas é dia 25 de setembro. A divisão para os níveis de formação ficará da seguinte forma: de manhã serão aplicados os exames somente para vagas em nível médio e à tarde serão realizadas as provas para nível superior.

A homologação do resultado do concurso acontecerá até no máximo o mês de dezembro. Já a posse dos aprovados tem previsão para acontecer já no início do próximo ano legislativo de 2017.

Ainda, a validade do concurso é de um ano. Porém, caso haja a necessidade, este poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

A Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul teve sua origem na instalação da Assembléia Estadual Constituinte, com o intuito de elaborar a primeira Constituição do então recém criado Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Lei Complementar nº 31. Na ocasião, o Presidente da República era o General Ernesto Geisel. Responsável por representar o poder legislativo por meio dos deputados estaduais do Estado, sua sede está dentro do Parque dos Poderes, em Campo Grande, nomeado de Palácio Guaicurus.

Kellen Kunz

Assembleia Legislativa do Paraná prepara Novo Concurso Público

Seleção deverá oferecer 100 vagas para cargos de nível médio e superior. Salários deverão chegar a R$ 9 mil.

A Assembleia Legislativa do Paraná deve publicar um edital este ano com oportunidades para nível médio e superior. Segundo o Presidente do Órgão, Ademar Traiano, o certame deve ocorrer no primeiro semestre. A expectativa é que a seleção contemple 100 vagas e a remuneração inicial, dependendo do cargo, é de R$ 9.000,00.

Para o nível médio, a oportunidade será para a função de técnico administrativo e para superior a expectativa é que tenha vagas para administrador, advogado, biblioteconomista, contador, desenvolvedor de sistema, economista, jornalista, procurador, entre outras. A comissão para o concurso já foi instituída.

Como conseguir ser aprovado em um concurso público?

Defina uma meta e tenha uma estratégia. Apesar da concorrência forte em cada prova, poucos candidatos estudam de maneira efetiva. Por isso, procure tentar entender o conteúdo, absorver o que está lendo e estudar por bons materiais, o que faz a diferença na hora da prova.

Tenha um foco, pois não adianta sair atirando para todos os lados ao mesmo tempo. Procure fazer provas que tenham matérias parecidas. Assim você consegue treinar o seu emocional e racional. Não adianta apenas ter conhecimento, é necessário ter equilíbrio, para evitar ansiedade e nervosismo. Estes sentimentos podem colocar tudo a perder.

Durante a prova, procure se concentrar apenas no que está fazendo. Saiba controlar os seus pensamentos e ações, porque o medo pode paralisar e provocar inércia, além da auto sabotagem. Antes de entregar a prova para o examinador, faça uma revisão atenta de cada detalhe. Verifique se realmente marcou a alternativa correta e não tenha pressa. Aproveite todo o tempo a seu favor.

Encare a rotina de estudo com determinação, ousadia e coragem. Lembre-se de que é necessário lutar pelos nossos objetivos e pagar o preço que for para alcançar a aprovação. Mas é fundamental assumir o compromisso da nossa aprovação, dar o nosso melhor e ter confiança na nossa própria capacidade para fazer a diferença.

Comece fazendo um planejamento com as disciplinas do cargo e faça um quadro de horário, para organizar a sua rotina. Coloque os seus compromissos pessoais, lazer e atividade física. Depois, mexa-se para conquistar a sua aprovação e o seu sonho. Sorte e sucesso na caminhada! Compartilhe a dica com os seus amigos.

Por Babi