ANTT pode realizar Novo Concurso Público em 2017

Órgão deverá realizar novo concurso com mais de 700 vagas.

Assim como vários outros órgãos de cunho federal, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) possui uma grande necessidade de abertura de um concurso público para entrada de mais pessoal. Mas isso depende de autorização do Ministério do Planejamento,Orçamento e Gestão (MPOG) para iniciar o processo seletivo.

Apenas 3 certames foram feitos na trajetória da agência que foram nos anos de 2004, 2008, 2013, mas nenhum deles contemplou os cargos suficientes para atender o necessário. A instituição hoje possui 40% de mão-de-obra disponível para ser coberta, além de que boa parte dos funcionários também são terceirizados e 125 (de 925 funcionários públicos) já estão em fase de aposentadoria

Em dezembro do ano passado a ANTT encaminhou um pedido para a abertura de 701 vagas onde 49 são de técnico administrativo,44 para analista administrativo, 296 para técnico em regulação de serviços de transporte terrestre e 391 vagas de especialista em regulação de serviços de transporte público. O número de vagas abertas para esse processo segundo a própria assessoria da ANTT é o máximo que se poderia requerer, já que o número máximo de cargos ocupados que podem ter é de 1705 pessoas, segundo o que é previsto em lei .

No ano de 2014 haviam sido requeridas 670 chances onde se constavam 45 para técnico administrativo, 41 para analista administrativo, 281 de técnico em regulação de serviços de transporte terrestre e 303 em especialista em regulação de serviços de transporte terrestre. A capacitação solicitada para cada cargo varia, onde técnico em regulação e técnico administrativo necessitam apenas de ensino médio completo em escola reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura).

Outras ocupações como analista e especialista em regulação o concorrente que deseja essa vaga precisa de ensino superior, logo que vários cursos são aceitos para esse cargo. Os salários são de R$ 5.503,25 (técnico administrativo), R$ 5.759,25 (técnico em regulação), R$ 10.543,90 (analista) e R$ 11.488,90 (especialista). Aliado a isso há também vale-alimentação de R$ 458.

No concurso anterior, de 2008, foram oferecidas 355 cargos e a organizadora foi a NCE. Já em 2013 tivemos 135 chances e o processo foi organizado pela Cespe/UnB. Os dois processos seletivos constaram de provas objetivas, teste discursivo, contagem por ponto de título e curso de formação, sendo que apenas em 2008 tivemos aplicação de redação.

Por Denisson Soares

Concurso Previsto da ANTT em 2017

Previsão é de que as vagas sejam para os cargos de Técnico Administrativo, Técnico em Regulação de Serviços Terrestres, Analista Administrativo e Especialista em Regulação de Transportes Terrestres.

Para quem busca uma colocação no serviço publico, a boa notícia é que para este ano de 2017, a Agência Nacional de Transportes Terrestre (ANTT) foi um dos poucos órgãos que escaparam do corte na realização de concursos para este período que se inicia. Apesar de não ter a quantidade de vagas aprovadas pelo Ministério de Planejamento e Gestão para o ano passado (670 vagas), a previsão de nova seleção já foi contemplada para o orçamento atual.

Para quem quiser já iniciar os estudos, o que é recomendado pela maioria esmagadora dos especialistas, o candidato deverá voltar ao ano de 2013, ano em que o último concurso foi realizado. Vale relembrar para quem já esqueceu e para quem não sabe, apenas 135 vagas foram preenchidas para o órgão. A expectativa é que este número possa ser três vezes maior, visto que o órgão, assim como os demais, sofre com uma demanda crescente, além de grande parte de seu quadro de servidores estarem se aposentando nos últimos quatro anos.

Qual a expectativa dos cargos que poderão ser contemplados no novo concurso?

Segundo o órgão, as necessidades de vagas serão para Técnico Administrativo e Técnico em Regulação de Serviços Terrestres. Para estes cargos, será exigido apenas o nível médio concluído. Haverá oportunidades para cargos que exijam o nível superior completo. Serão para Analista Administrativo e Especialista em Regulação de Transportes Terrestres.

Outro aspecto que faz do concurso uma opção bastante atraente seria a remuneração. Para os aprovados de nível médio, a remuneração inicial deverá ser de R$ 5.500,00 e para o nível superior, ele poderá variar entre R$ 10.500, 00 para analista e R$ 11.500,00 para o cargo de especialista.

Para quem se interessou pelo concurso, outro pontoa observar será quais estados deverão ser contemplados com as vagas. No último processo de seleção de 2013, foram disponibilizadas vagas para os seguintes estados: Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

A previsão também é de que para o próximo concurso, as provas sejam elaboradas pela Cespe/UnB, a mesma banca que prepara as avaliações consideradas de peso como a da Polícia Federal e da Caixa Econômica. Portanto, para quem quiser chegar nas provas bem preparado, o importante é começar a estudar já. Para tanto, seria bom os candidatos lerem o edital do último concurso. Clique aqui (www.cespe.unb.br/concursos/antt_13/arquivos/edital_n___1_antt_2013.pdf) para ter acesso ao mesmo.

Por Emmanoel Gomes

Concurso ANTT poderá ser realizado em 2015

Há algum tempo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) havia feito uma solicitação ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para realizar um novo concurso público. Devido ao prazo de trâmites processuais, a ANTT estava aguardando o andamento do pedido desde o dia 10 de junho de 2014. A boa notícia é de que no dia 4 de fevereiro deste ano de 2015, o pedido teve um progresso, onde foi encaminhado para o Departamento de Modelos Organizacionais e Força de Trabalho nos Setores de Infraestrutura e de Articulação Governamental (Desig/Segep).

A previsão é de que sejam disponibilizadas 670 oportunidades destinadas às seguintes funções: 41 vagas para Analista Administrativo, 303 oportunidades para Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres, 45 vagas para Técnico Administrativo e 281 oportunidades para Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres.

Para se inscrever e concorrer a uma das vagas nos cargos Técnico em Regulação e Técnico Administrativo o requisito era de que o candidato tivesse nível médio de escolaridade. Para ter direito a concorrer às profissões de Especialista em Regulação e Analista, o requisito era ter nível superior de escolaridade.

Os rendimentos mensais oferecidos no momento são no valor de R$ 5.418,25 na área de Técnico Administrativo, R$ 10.543,90 na função de Analista, R$ 5.674,25 na profissão de Técnico em Regulação e R$ 11.403,90 na área de Especialista. Além do salário os funcionários também recebem o benefício no valor de R$ 373 referente ao vale-alimentação.

Nos concursos anteriores, os candidatos foram selecionados através de testes objetivos, redação e uma avaliação discursiva. No processo seletivo que sucedeu no ano de 2008, foram oferecidas oportunidades nas diversas regiões do país, como Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Amazonas, Piauí, Alagoas, Paraná, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Espírito Santo, Sergipe, Amapá, dentre outras localidades. 

Por Felipe Couto de Oliveira