Concursos Públicos – Quais são os tipos de provas aplicadas?


  

As mais conhecidas dos concurseiros são a prova objetiva e a discursiva, mas também encontramos testes como oral, prático, psicológico e físico.

Muitas pessoas que sonham com uma vaga efetiva em um órgão público reclamam da falta de opção na hora de fazer o processo seletivo de diversos concursos, pois a maioria é composto por prova objetiva de múltipla escolha.

Os que os candidatos relatam que através desse tipo de avaliação não é possível constatar quais são os melhores profissionais para as vagas, logo, que muitos podem chutar e acertar algumas questões.  

Devido a isso, uma pergunta que fica na mente de todos é: “Existem concursos públicos sem questões de múltipla escolha?”.

Saiba que existem diversas formas de fazer a seleção dos novos profissionais que vão preencher as vagas de um concurso, e isso varia de acordo com a área de atuação, grau de escolaridade, empresa que vai realizar escolher as pessoas, entre outras coisas relacionadas.

Alguns modelos de provas que as empresas usam no processo seletivo são:

Prova objetiva: É a prova de múltipla escolha, a que vem sido reclamado. Nessa prova os candidatos precisam sempre escolher a opção correta, onde será computado o número de acertos e de erros.

Prova discursiva: Os candidatos precisam elaborar uma dissertação sobre a resposta que acreditam estar correta.

Prova Oral: É necessário passar por uma bancada de professores ou especialistas, que farão perguntas para analisar o conhecimento de cada um.




Prova prática: Esse é o tipo de avaliação que vai avaliar se o profissional sabe realmente exercer a função de interesse. Professores por exemplo, deverão ter que criar um modelo de aula.

Prova Psicológica: Aqui ocandidato passa por provas de raciocínio logico, de atenção e controle emocional.  

Prova física: Nesse caso os profissionais terão que passar por avaliações que devem analisar o seu condicionamento físico. Algumas vagas que exigem essa etapa são para a função de professor de educação física, carteiro, policial e etc.   

Vale destacar que a grande maioria das pessoas que procura fazer concurso público sonham com a estabilidade, salario atrativo, possibilidade de crescimento e realização de carreira.

Como são propostas cada vez mais atrativas, existe a tendência de que o número de concorrentes aumente a cada dia, por isso, algumas pessoas acham que o processo de seleção precisa ser mais rigoroso e com mais etapas.

E você o que acha? Qual o melhor tipo de avaliação para os concursos públicos?

Yasmin Fernandes Robles



Compre aqui apostila para este concurso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *