Concurso SMF/SP 2015 tem 73 vagas autorizadas

As oportunidades são direcionadas para candidatos com nível superior em contabilidade

Foi autorizado na última sexta-feira, dia 17, pelo prefeito Fernando Haddad, a realização do concurso para a SMF/SP – Secretaria Municipal de Finanças de São Paulo. Ao todo, serão oferecidas 73 vagas e todas elas serão para as funções de Especialista em Administração, Orçamento e Finanças Públicas, Analista de Planejamento e Desenvolvimento Organizacional no setor de contabilidade.

Entre os requisitos para se inscrever no concurso SMPF/SP 2015, está a exigência de ter curso de nível superior em contabilidade e já estar devidamente registrado no conselho de classe.

Com a autorização do prefeito Haddad, inicia-se agora a preparação juntamente com a SEMPLA – Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão – banca responsável pela organização do concurso que, pelo fato de ter sua autorização concedida há poucos dias, não tem os preparativos inicializados, somente após a reunião com o SEMPLA é que serão definidos todos os detalhes, para a confecção do edital e sua divulgação para início das inscrições, que poderão ser feitas também pelo site: www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/planejamento

Mas já se sabe que os candidatos aprovados no concurso SMF/SP receberão um salário de R$ 5.392,96, que é o salário atual da função. No entanto, a partir do próximo ano, a classe receberá um aumento salário, passando a ter uma remuneração mensal de R$ 6.106,33. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O último concurso realizado foi no ano passado, onde foram disponibilizadas 100 vagas e a organizadora foi a Centro Consultoria. Na ocasião, foi aplicada uma prova objetiva de 80 questões, divididas em 40 questões de conhecimentos gerais e as outras 40 questões eram sobre conhecimentos específicos.

As questões sobre conhecimentos gerais trouxeram perguntas sobre Língua Portuguesa, Matemática financeira, Informática e Administração Pública.

Os candidatos aprovados neste concurso terão que elaborar balancetes, planos de contas, balanços e também prepararem demonstrações financeiras e contábeis, além de orientar e supervisionar. Também serão responsáveis por auditorias contábeis em todos os processos de despesas, quotas, ações, convênios, etc.

Por Russel