Dicas de estudo para conquistar a aprovação em Concursos

Estudar para Concursos Públicos requer muita disciplina, organização e rotina bem estruturada.

Estudar pode parecer uma palavra simples, mas a verdade é que muitas pessoas estudam de maneira equivocada e não conseguem absorver o conteúdo de forma eficaz e permanente.

Os estudos precisam ser bem administrados para que apresentem resultados satisfatórios. Estudar requer organização, disciplina e, ao contrário do que muita gente acredita, o estudo deve ser tratado como uma rotina. Com naturalidade e boa disposição os ganhos são muito melhores.

Confira abaixo 8 dicas que irão te auxiliar na conquista da  tão sonhada aprovação em um cargo público:

1 – Tenha um cronograma de estudos:

Ter um cronograma é essencial para garantir sua aprovação, ele permite que todo o conteúdo seja estudado sem deixar lacunas ou alguma matéria para trás. Monte um cronograma diário de estudos incluindo os dias para revisões e exercícios. O cronograma pode ser feito à mão ou em uma simples tabela no Excel ou no Word, o que realmente importa é que ele seja cumprido.

2 – Faça revisões e resumos:

Revisões são cruciais para memorização, elas ajudam o cérebro a fixar as informações vistas. Diversos professores já demonstraram que quanto mais um assunto é trabalhado mais o aluno passa a dominá-lo.

3 – Não estude por muitas horas seguidas, faça pausas:

Pesquisas comandadas por Robert Bjork, do departamento de Psicologia da University of California, Los Angeles (UCLA), nos Estados Unidos, mostram que fazer pausas durante os momentos de estudo ajudam na memorização do conteúdo.

4 – Resolva questões:

Resolver questões é uma forma de saber se o estudo está sendo realmente eficiente, resolva o maior número possível de exercícios, isso diminui a chance de “surpresas” na hora da prova além de ser um excelente medidor de aproveitamento.

5 – Alimente-se e durma bem:

A boa alimentação e o sono em dias são condições indispensáveis para qualquer momento de estudo, quando o nosso corpo está com suas necessidades satisfeitas, ele funciona com foco em nosso objetivo, estudar com fome e muito cansado pode ser pouco produtivo além de gerar estresse e muito desgaste físico.

6 – Faça mapas mentais:

Os mapas mentais nada mais são do que desenhos esquematizados desenvolvidos pelo aluno que ajudam muito na memorização. Não há necessidade de ser um desenhista ou possuir uma técnica profissional, o importante é que o aluno entenda o que desenhou, muitos concurseiros e vestibulandos utilizam essa técnica e garantem bons resultados.

7 – Use métodos mnemônicos:

Os métodos mnemônicos existem para facilitar algo que pode vir a ser mais complicado, um exemplo bastante legal é um utilizado em Direito Constitucional que trata a respeito dos Direitos Individuais previstos na Constituição Federal – os VILPS – direito à vida, igualdade, liberdade, propriedade e segurança.

8 – Participe de grupos, fóruns e discussões:

Existem diversos grupos no Facebook, fóruns e chats onde dezenas de questões são postadas diariamente, além de estudar, o aluno acompanha depoimentos, dúvidas, encontra pessoas que estão na mesma situação que ele e o mais importante de tudo, encontra motivação para não desistir de seus sonhos.

Manter uma rotina de estudos requer muita força de vontade e disciplina, é um desafio diário, mas que quando cumprido trará os resultados almejados. Estudar nunca é desperdício de tempo, portanto, corra atrás e comece agora mesmo.

Por Beatriz 

Dicas de memorização para os estudos

Quem está estudando para Concursos Públicos pode utilizar algumas técnicas de memorização para auxiliar nos estudos.

Você tem dificuldades em memorizar conteúdo? Precisa ler duas ou três vezes o mesmo parágrafo? A memorização é fundamental para conseguir a aprovação no concurso público. Cada prova é composta por imensas disciplinas cheias de prazos e detalhes importantes.

Que tal ficar por dentro de algumas técnicas de memorização?

Você vai começar a rotina de estudo? É preciso estar bem fisicamente e emocionalmente. Desta forma, o aprendizado vai fluir, sobretudo a concentração. Portanto, a regra é deixar as preocupações de lado e concentrar-se ao máximo. Para auxiliar na tarefa, uma alimentação adequada e equilibrada é imprescindível.

Atividades aeróbias auxiliam na concentração e dão energia para aguentar o ritmo de estudo. Por isso, procure fazer uma caminhada ou uma corrida, pelo menos, três vezes por semana. Além de ser atividades gratuitas, o estudante vai sentir a diferença no desempenho dos estudos em pouco tempo.

Antes de iniciar os estudos, feche os olhos e concentre-se na sua respiração por alguns minutos. Este exercício simples, vai ajudar a manter o foco na disciplina e a desligar-se um pouco dos seus problemas pessoais. Além disso, você vai conseguir a concentração de forma imediata.

Sabia que o cérebro aprende por repetição? Por isso, procure ler de forma atenta e grife os pontos mais importantes de cada matéria. No momento da revisão, você pode voltar somente nas partes grifadas e repeti-las. Conteúdos como, por exemplo, direito constitucional devem ser memorizados e os artigos devem ser lidos diariamente, principalmente, se a banca organizadora tem o hábito de cobrar lei seca,

Já pensou em fazer associações? Por exemplo, você pode associar palavras a outras, ou a fatos importantes. Outra dica é fazer resumo os mapas mentais e carregá-los sempre com você. Desta forma, pode ler as disciplinas em qualquer lugar e momento que desejar.

Que tal estudar em grupo? Você pode ensinar um conteúdo que domina ou aprender com um amigo. Assim, ambos memorizam detalhes da disciplina.

Qual técnica de memorização, você acha mais eficaz?  

Por Babi