Vale a pena largar tudo para estudar para concursos?

Ter uma reserva de dinheiro e encarar os estudos como um emprego são algumas atitudes necessárias

Sonhando com a estabilidade, muitos candidatos abrem mão do emprego, lazer e abdicam de tudo em busca da aprovação. Por outro lado, outros estudantes conseguem conciliar o trabalho com o estudo e também conseguem a estabilidade. Mas, será que vale a pena largar tudo para estudar para concurso público?

– Vantagens e desvantagens de “só” estudar

Antes de largar tudo para estudar para concurso público, é preciso avaliar: você tem como se sustentar? Os seus pais ou outro familiar vai te ajudar? Você tem uma boa poupança? Ou seja, como você vai sobreviver neste período? Como vai pagar as suas contas?

Além disso, estabeleça um prazo, ou seja, um período para ficar estudando. Por exemplo, você pode estabelecer um a dois anos. Caso não consiga a aprovação, é preciso voltar para o mercado de trabalho.

Você decidiu que vai “só” estudar? Então, encare o estudo como um emprego. Tenha horário para começar e terminar, mantenha a disciplina, foque e busque dar o melhor de você para a prova. Nesse período, tenha cuidado com as pressões externas, como os familiares e os amigos, e com as pressões internas.

Mas, se você avaliou e decidiu que vai manter o trabalho, estabeleça uma rotina diária com metas de estudo. Lembre-se de que você vai ter que abdicar de alguns momentos com os seus familiares e amigos por um período de tempo. Aproveite bem os fins de semana para intensificar, rever um conteúdo e fazer muitos exercícios.

A vantagem de manter o trabalho é que você vai continuar tendo o dinheiro para investir nos seus estudos e você estará mais tranquilo. Mas, por outro lado, a sua quantidade de tempo é menor, por isso, durante os estudos procure manter a concentração, para que o aprendizado seja produtivo.

Os candidatos que podem abdicar tudo por conta dos estudos, contam com uma quantidade de tempo maior, mas é preciso saber aproveitar este recurso, porque muitas pessoas acabam enrolando e não estudam como deveriam.

Por Babi

Concursos públicos em alta entre estudantes e recém-formados

Crise econômica faz com que os jovens busquem estabilidade financeira

Os jovens estudantes recém-formados estão cada vez mais voltados a seguir carreira pública, pois, com a oferta de empregos em baixa e a concorrência cada vez maior, sabem que conquistando um cargo público terão maior estabilidade profissional. A crise econômica do Brasil tem levado cada vez mais jovens a fazer essa escolha.

Isso não significa que os jovens estão abandonando os seus sonhos profissionais, muito pelo contrário, esta é uma forma que estão encontrando de conseguirem levar o seu projeto adiante, mesmo que, para isso, seja preciso adiá-lo um pouco mais.

Muitos jovens querem ter o seu próprio negócio, outros querem trabalhar nas grandes empresas, continuarem os estudos após a faculdade, mas o mercado não está nada favorável para esses projetos.

Assim, ao conquistar uma das vagas no concurso público, o jovem sabe que contará com um emprego fixo, que lhe dará uma remuneração capaz de continuar fazendo seu planejamento enquanto trabalha em um órgão público.

Na carreira pública, o que mais atrai os jovens recém formados, são os bons salários, a estabilidade oferecida, jornada de trabalho reduzida e aposentadoria integral. É como se o jovem conquistasse a garantia de que seu futuro profissional está garantido, pelo menos financeiramente, e, com o tempo que ele tiver de sobra, poderá investir em seus sonhos particulares.

Claro que buscar um sonho estando já em um cargo público é muito mais fácil, pois o jovem não terá aquela pressão de que precisa dar certo de qualquer jeito, pois sabe que tem seu emprego, sua remuneração já garantida, além dos muitos benefícios que um cargo público oferece.

O número de jovens com idade entre 17 e 25 anos inscritos nos concursos públicos vem crescendo a cada ano, e para 2015 espera-se um número recorde, já que a situação econômica do país é complicada, as empresas estão cortando funcionários e os investimentos estão cada vez mais escassos.

Mas os jovens sabem que a carreira pública não será nada fácil, pois é sempre grande a concorrência e os candidatos estão se apresentando cada vez mais preparados para as provas. Por isso é que esses jovens estão determinados a passarem muitas horas do dia estudando, sacrificando muitas vezes os finais de semana com os amigos, tudo por uma ótima causa.

Por Russel