Concurso TRT da 23ª Região 2015 tem vagas abertas





Certame oferece vagas para o cargo de Juiz do Trabalho Substituto.

O Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região (TRT 23), no estado de Mato Grosso, abriu edital para realização de seleção pública. O concurso visa ao preenchimento de 6 vagas mais formação de cadastro de reserva para Juiz do Trabalho Substituto. A remuneração inicial chega a R$ 27.500,17. A organização do concurso será da Fundação Carlos Chagas, responsável pelas etapas que compõem a seleção. Lembrando que 5% das vagas são reservadas aos candidatos portadores de necessidades especiais.

Para concorrer a uma das vagas, os interessados deverão ter diploma de bacharel em Direito, há pelo menos 3 anos de atividade, além 3 anos de atividade jurídica comprovada. Vale ressaltar que o diploma deve ser expedido por instituição conveniada ao Ministério da Educação.

Interessados poderão se inscrever somente pela internet, no site www.concursosfcc.com.br até o dia 21 de julho de 2015. Aos inscritos será cobrada uma taxa de participação no valor de R$ 275,00, paga em qualquer agência bancária até o vencimento do boleto.





A seleção será composta de provas de conhecimentos (prova objetiva), provas discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Ainda haverá a sindicância da vida dos candidatos, investigação social, além de avaliações físicas e sanidade mental. Por fim os candidatos ainda serão submetidos a exame oral e prova de títulos.

A prova objetiva está agendada para acontecer no dia 23 de agosto de 2015, sendo ela formada por 100 questões. Locais, horários e salas em que serão realizadas poderão ser verificados no site das inscrições em tempo hábil a realização da prova. O gabarito preliminar será disponibilizado até o dia 26 de agosto de 2015. As demais provas serão realizadas em datas e locais a serem informados com antecedência pela Fundação Carlos Chagas.

Segundo o edital, o certame será válido por 2 anos, os quais valerão a partir da data de homologação dos resultados. Este prazo pode ser prorrogado por mais 2 anos, segundo SOS critérios do  TRT 23.

Por Ana Rosa Martins Rocha



Compre aqui apostila para este concurso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *