Concurso para Auditor do MAPA 2017 – Edital em Breve


  

Certame deve abrir mais de 200 vagas para o cargo.

Para este ano de 2017, caso o Ministério do Planejamento e Orçamento sinalize com seu aval, os concurseiros deverão ter uma boa notícia. Será, enfim, autorizado o concurso para o preenchimento de vagas para o cargo de auditor do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Caso isto aconteça, mais de 200 vagas deverão ser criadas para o cargo. A previsão é de que ainda em março deste ano, as datas do concurso possam ser divulgadas, o que atenderia uma antiga reinvindicação do sindicato da classe que sempre esteve lutando por mais vagas, tendo em vista que o ramo do chamado agronegócio se expandiu numa velocidade muito superior ao número de funcionários que fazem parte dos órgãos que regulamentam e fiscalizam esta atividade no Brasil.

Quem pretende se preparar para ao cargo, logo de saída, além da tão sonhada estabilidade financeira, a remuneração paga para o cargo está em torno de R$ 14.000,00 para quem está iniciando na carreira. Um salário até considerável para que busca garantir também uma boa estabilidade econômica. A carga horária exigida é de 40 horas semanais.

Onde atua o auditor do MAPA?

Quem prestar concurso para o cargo, caso seja aprovado, deverá trabalhar diretamente na fiscalização de todos os produtos fabricados pelos setores da agricultura e pecuária, além de atuar na área de vigilância de produtos oriundos do exterior. Além de atuar no controle de produtos, o auditor trabalha também na fiscalização de rações, vacinas, produtos fertilizantes e agrotóxicos utilizados para controle de pragas na agricultura.

Quem pode concorrer ao cargo de auditor do MAPA ?




O concurso em vias de aprovação exige dos candidatos o nível superior completo, sem nenhum tipo de restrição de área aparentemente. Segundo o sindicato da classe, os mais de 2.500 funcionários que atuam na área são formados por veterinários, zootecnistas, engenheiros agrônomos, farmacêuticos e químicos. A entidade reclama pela seleção para se preencher um déficit de aproximadamente 1.300 profissionais.

A expectativa é que com a realização do concurso, os novos servidores poderão aumentar o seu contingente que já atua nas agroindústrias, nas fazendas produtoras de leite e de gado de corte, nos laboratórios e centros de pesquisa ligadas à agricultura, nos aeroportos e nas relações comerciais com outros países no que diz respeito à parcerias comerciais relacionadas a produtos do setor rural.

Emmanoel Gomes



Compre aqui apostila para este concurso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *