Compre aqui apostila para este concurso!

Concurso Depen 2015 tem 258 vagas autorizadas


  

O concurso público do Departamento Penitenciário Nacional (Depenfinalmente foi aprovado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Serão disponibilizadas 258 vagas para serem preenchidas nos seguintes cargos: agente penitenciário federal com 240 vagas disponíveis, especialista em assistência penitenciária com 8 vagas e técnico em apoio à assistência penitenciária com 10 vagas.

Foi determinado um tempo de 6 meses para que o Depen divulgue o edital do processo seletivo, podendo acontecer até o mês de agosto de 2015.

Para se inscrever no exame seletivo na função de agente e técnico, o requisito é ter nível médio de escolaridade. No cargo de agente também é essencial que os candidatos possuam Carteira Nacional de Habilitação, acima da categoria B. No posto de especialista é necessário ter nível superior de escolaridade.

Os salários previstos são nos valores de: R$ 4.874,60 na profissão de especialista, R$ 5.092,58 na função de agente e R$ 3.301,24 no cargo de técnico. A carga horária será de 40 horas por semana.

No último concurso em 2013, a seleção consistiu em testes objetivos, com 120 perguntas referentes a conhecimentos gerais e também específicos. Os candidatos também foram avaliados com prova discursiva, avaliação de capacidade física, curso de formação, exame médico e psicológico, e verificação social.




Na profissão de agente e técnico, as questões de conhecimentos básicos incluíram os assuntos de informática, raciocínio lógico, língua portuguesa e ética no serviço público.

De maneira específica, foram aplicadas questões sobre conhecimentos atuais, direito constitucional, direito penal, direito constitucional, direito processual penal, direito administrativo e direito humanos para o cargo de agente.

Na profissão de técnico foram avaliadas questões específicas de direito administrativo, técnicas de enfermagem e direitos humanos. Para a função de especialista, os candidatos foram avaliados com questões sobre direito constitucional, direitos humanos, língua portuguesa, informática e direito administrativo.

Na parte do exame específico da função de especialista, foram aplicados conteúdos conforme a área de trabalho. 

Por Felipe Couto de Oliveira



Compre aqui apostila para este concurso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *