Concurso ANS 2017 – Edital deverá ser divugado este Ano





Seleçao aguarda autorização do MPOG (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão).

Aumenta a expectativa para os que esperam o novo concurso público que tem como objetivo preencher o quadro de pessoal da ANS, a Agência Nacional de Saúde Suplementar. A única coisa que impede no momento para abrir o edital da seleção é a autorização por parte do MPOG, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Pelo que apresenta o Orçamento Federal, o qual já foi sancionado pelo Michel Temer, o concurso público ofertará 231 oportunidades, as quais são distribuídas entre as funções de especialista em regulação e analista administrativo. Os salários iniciais oscilam entre R$ 11.529,29 para o cargo de analista e R$ 12.432,49 para especialistas, nestas remunerações já foi incluído o vale-alimentação no valor de R$ 458.

Tanto o cargo de especialista quanto a de analista destinam-se aos profissionais que possuem diploma de nível superior em alguma área do conhecimento, desde que o documento seja emitido por instituição reconhecida pelo MEC.

Outra informação apontada no Orçamento trata do valor de taxa estimado e a quantidade prevista de inscritos. Acredita-se que o valor da taxa será de R$ 100 e espera-se um número de 57.750 inscritos, o que totaliza uma relação de 250 candidatos para cada vaga.





É válido lembrar que as vagas poderão ter lotação na sede do órgão, na cidade do Rio de Janeiro ou em alguns de seus núcleos, que ficam localizados nos municípios de Ribeirão Preto (SP), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Salvador (BA), Cuiabá (MT), Recife (PE), Belém (PA), Brasília (DF) e Fortaleza (CE).

Último concurso da ANS

O último processo de seleção do órgão, que aconteceu em 2013, contou com vagas para os cargos de nível superior. Na época, 81 vagas foram abertas entre as chances de técnico em regulação de saúde suplementar, especialista em regulação de saúde suplementar, analista administrativo e também técnico administrativo.

O certame foi organizado pela Cespe/UnB e todos os candidatos foram submetidos a uma prova objetiva, além de análise de título e teste discursivo para analista e especialista.

As oportunidades foram distribuídas entre Ribeirão Preto (SP), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Cuiabá (MT) e Salvador (BA).

FILIPE R SILVA



Compre aqui apostila para este concurso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *