Compre aqui apostila para este concurso!

A crise atingirá os concursos públicos?


  

Continuar estudando pode ser o diferencial de muitos candidatos

Os concurseiros de plantão podem estar preocupados com os rumores de falta de concursos públicos para o ano de 2015, por causa do corte da planilha de orçamentos da união. O primeiro sinal de que as contas estavam sendo “enxugadas” foi o atraso na divulgação de alguns editais previstos para o começo do ano. Esses atrasos vem tirando o sono de muitos concurseiros e começaram pelo atraso na votação para o orçamento da união, ainda em processo final de análise no congresso.

Mas o cenário não é tão pessimista. Segundo Gladstone Felippo, professor do Universo do Concurso (RJ), os concursos públicos continuarão a acontecer ao longo do ano de 2015, mas a previsão é uma diminuição ao longo do primeiro semestre de 2015, dimiuição esta, que deve diminuir já no começo do segundo semestre do ano.

Outros especialistas já apostam em um cenário otimista no segundo trimestre do ano, onde as verbas destinadas para os concursos deverão ser liberadas. A boa notícia é que os concursos já autorizados, ou em andamento, não serão atingidos de forma alguma e continuarão seus processos até o final.




A necessidade de realização de concursos em algumas áreas é grande, e mesmo com a redução ou corte no orçamento, as provas deverão ser realizadas em breve, porém com um número menor de vagas.

Por isso, a dica é não parar de estudar e manter o ritmo dos estudos, para que a chamada para um edital não venha como surpresa negativa.

Ter foco e traçar uma boa rotina de estudos, mesmo em meio à crise, pode ser o diferencial entre a aprovação  e a reprovação. Talvez esse cenário pessimista seja o diferencial para alguns candidatos, que continuarão se preparando mesmo em meio aos piores rumores. Esses rumores devem ser encarados como uma excelente oportunidade para se aprofundar nos estudos e passar a frente de seus concorrentes.

Por Patrícia Generoso



Compre aqui apostila para este concurso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *